Central da Ad Astra Per Aspera

Últimos Artigos

1. SCP-5471 escrito por L200


avaliação: +5+x

Ao longo do inicio dos anos 2040, a Terra é abandonada.

Seguindo um contínuo aumento no número e severidade dos Eventos Lethe, a Fundação evacua o que resta da população da Terra e a leva para colônias pelo sistema solar. Esta não é a primeira incursão da humanidade no vazio, no entanto. Desde a década de 2020, a humanidade está deixando seu berço, fazendo reivindicações ao redor do sol com a assistência do anômalo. Primeiro contato após primeiro contato chegou e se foi. Os extraterrestres não são mais ficção científica — são mundanidades.

Fora do olhar público a Fundação ainda mantem seus segredos. Além do território de colonização permitido, a Divisão de Atividades Extra-solares tem lançado frotas de naves FTL para longe do sistema solar, passando de Netuno para o infinito do espaço interestelar. Reinos alienigenas e guerras e horrores diferentes de tudo aquilo que poderíamos imaginar. Uma galáxia inteira de maravilhas, a uma distância de um braço.

Com a normalidade não mais sendo uma necessidade a Fundação evolui para sobreviver ao cosmos: implacável, expansiva e mais voltada para o avanço científico e corporativo do que nunca.

Com a Terra longe de vista o mundo renasce.

Não tem uma máscara, não tem uma casa.

Apenas as estrelas acima.

Bem-vindo ao futuro.



banner_orbit.png

1980-2019

Os primeiros passos


No final da Corrida Espacial a Fundação se interessa mais nas estrelas. Anomalias extraterrestres deixam claro que a Terra não é o único mundo afetado pelo anômalo, e conforme a exploração espacial humana continua a necessidade por pesquisa cresce. Começando com empreendimentos conjuntos de agências espaciais, a Fundação estabelece lentamente uma rede para monitorar o sistema solar, enquanto explora a paratecnologia e outras anomalias para estabelecer uma presença física além da Terra.

Vindo os anos 2000. Forças Tarefa Orbitais, estações de contenção, áreas lunares e postos avançados em outros planetas se formam e se expandem. Progresso é lento, o espaço ainda é um desafio para atravessar, mas não importa — os primeiros passos pra fora do berço foram feitos.


  • SCP-2821 - Um Verdadeiro Vácuo Lunar — "Como demoram 1.3 segundos para a luz viajar da Terra até a lua e vice versa, tanto a lua como a Terra seriam destruídos antes que a Fundação pudesse tomar ação." Escrito por NatVoltaicNatVoltaic, traduzido por L200L200
  • SCP-3484 - Partes FaltantesED-K Lethe — "Sob condições de teste, D-51174 demonstrou as técnicas para D-43922. Com prática, D-43922 provou ser capaz de separação de partes do corpo, apesar de nunca ter visto SCP-3484." Escrito por WrongJohnSilverWrongJohnSilver, traduzido por L200L200
  • SCP-3070 - Tentativas Altamente Incomuns de Conquista Solar — As vezes a melhor maneira de colonizar um local é se misturar com seu ambiente. Só não leve as coisas ao pé da letra enquanto o faz. Escrito por NatVoltaicNatVoltaic, traduzido por L200L200
  • SCP-3848 - História Existe para os MemoráveisED-K Lethe — "Conhecimento de um conceito, objeto, ou entidade será expurgado através de meios anômalos da memória de humanos afetados." Escrito por Cyantreuse, traduzido por L200L200

banner_mars.png

2020-2029

A Descoberta


Em 2020 o mundo muda. A Fundação decide que manter a Máscara não pode mais ser uma prioridade, e que ficar em um planeta facilmente suscetível a eventos Classe-K vai inevitavelmente levar à extinção. Esforços de colonizar o sistema solar começam. Marte se torna habitável, habitats espaciais são construídos, e incentivos econômicos são oferecidos para todos os que estão dispostos a embarcar nesses empreendimentos. Os olhos das pessoas se voltam para os céus.

Ao mesmo tempo cresce o interesse pelo que está além do sistema solar. A Divisão de Atividades Extra-solares é estabelecida. O objetivo: determinar os perigos que uma humanidade interestelar enfrentaria. A Unidade de Distorção Lang, o primeiro motor FTL, é desenvolvido. O que segue é exploração em massa de estrelas vizinhas e o estabelecimento de postos extra-solares, um processo mantido oculto do público.

É uma era de ouro da exploração espacial e a Fundação está na vanguarda.


  • Divindade da Órbita Baixa da Terra — "Era uma missão de recuperação. Enviar a sonda para interceptar uma estátua de ouro e prata de algum deus das leis de cura dos agricultores do Oriente Médio, e puxá-la para contenção." Escrito por mlistermlister, traduzido por L200L200
  • SCP-4790 - Não seja gentil nessa boa noite. — "Em uma população estudada de 2.700 pesquisadores civis e da Fundação ligados à observação de Toliman, 83% deram positivo para infecção por risco cognitivo e expressaram desconforto em relação a suas descobertas." Escrito por Lt FlopsLt Flops, traduzido por L200L200
  • SCP-4774 - O Nono Planeta [citação necessária] — "A atual teoria entre a equipe de pesquisa é que os efeitos de SCP-4774 representam uma hipótese anômala memética disfarçando o estado do planeta, ou uma anomalia ontológica envolvendo sua potencial existência." Escrito por MaliceAforethoughtMaliceAforethought, traduzido por ???
  • SCP-4313 - Mares tempestuosos na Via Láctea — Sempre limpe os corpos de suas presas. Nunca se sabe quem, ou o que, pode encontrá-los. Escrito por NatVoltaicNatVoltaic, traduzido por L200L200
  • Empurrando PapéisED-K Lethe — "A Fundação não pune seus operativos por existirem como indivíduos únicos com éticas e convicções pessoais, mas ao invés disso faz dessas crenças e comportamentos pessoais obsoletos. Escrito por Cyantreuse, traduzido por L200L200

banner_station.png

2030-2039

Expansão, Estagnação


O progresso da última década se estende para a nova. Colonias crescem, estações ascendem, naves sobem. Porém, a Fundação tem alguns problemas: As Unidades de Distorção Lang são propensas a falhas. Forçar-las a passar de suas acelerações padrões quebra a realidade de formas imprevisíveis, limitando a extensão das viagens extra-solares da Fundação. No sistema solar, civis começam a estabelecer os seus próprios assentamentos interplanetários, agindo independentes da Fundação.

Na Terra, as condições se deterioram. Os Eventos Lethe aumentam em gravidade e causam estragos a taxas mais rápidas do que jamais poderia ter sido previsto. Agentes da Fundação fazem estoques de quaisquer equipamentos disponíveis, contando com os aparelhos Schulman para reparar as mentes dos civis enquanto a alta administração os utiliza para alterar os funcionários. Altera-los para melhor ética de trabalho, melhor gerenciamento — melhor obediência.

A questão não é como a civilização vai colapsar. Mas quando


  • Dor de CabeçaED-K Lethe — "Era o fim da porra do mundo e a FTM-Sigma-66 estava fazendo o que eles sempre faziam: morrendo." Escrito por RimpleRimple, traduzido por L200L200
  • Oceanus, Pai para TodosED-K Lethe — "Nosso número de ajuda tem cinco linhas diferentes agora. Os estatísticos do Sítio-42 dizem que o número de chamadas dobrou nas últimas duas semanas." Escrito por Cyantreuse, traduzido por L200L200
  • SCP-3841 - Morte & Renascimento — "SCP-3841 designa os remanescentes de um evento Classe-K parado que ocorreu no exoplaneta Luyten b em um momento desconhecido no passado recente." Escrito por NatVoltaicNatVoltaic, traduzido por L200L200
  • SCP-4547 - Exterminans — "Exploração interstelar deve evitar SCP-4547." Escrito por stormbreathstormbreath, traduzido por L200L200
  • SCP-4475 - Até Mais, e Obrigado por Todo o Leite — "Cuidado com a mãe que dá, cuidado com as crianças que tomam. Hathor deu e deu até que seu calor se deteriorou. Grande escuridão sem estrelas deixada no útero." Escrito por KindlyTurtleClem e Lt FlopsLt Flops, traduzido por L200L200
  • SCP-5811 - Como está o meu verão?(Ele Curou Sua Mente?)Pensando o Porque,porque(Oh Doce estática{Estática{ESTÁTICA}) - Quando você for embora eu não quero ser deixado para trás, eu não quero ser deixado para trás, eu não quero ser deixado sozinho, por favor me leve contigo. Escrito por NatVoltaicNatVoltaic, traduzido por L200L200
  • SCP-002-EX - Perdeu Tudo — "Havia sido hipotetizado que as instâncias SCP-002-EX fossem os componentes de uma megaestrutura esférica em escala interestelar, envolvendo a nuvem de Oort e o sistema solar." Escrito por NatVoltaicNatVoltaic, traduzido por L200L200

banner_nebula.png

2040-2140

Fora do Berço


2041 é quando partimos de casa.

São realizadas evacuações maiores do que qualquer outra realizada na história da humanidade, a Fundação e todos os grupos disponíveis empenham todos os recursos possíveis para tirar o maior número de pessoas do mundo o mais rápido possível. Nem todos conseguem escapar. Metade da humanidade é deixada para trás, deixada para as garras de SCP-3848. Para eles, eles jamais se lembrarão do que perderam. Para os evacuados, eles para sempre se lembrarão do dia em que eles entraram no céu noturno.

Daqui o mundo evolui. As corporações se posicionam no cenário interplanetário. A chave para a viagem FTL na forma de Motores Bifrost é destravada. Nações ascendem, caem, e vão à guerra. Alienígenas migram de longe. Grupos seguem em frente após a perda da Terra, reconstruindo ou sendo substituídos pelo novo. Os planetas não estão mais simplesmente dentro de alcance — eles estão em nossas mãos.

Bem-vindo ao futuro.


  • Autonomia — Conforme a influência e o poder da Fundação crescem para além dos limites de uma obrigação de proteger a humanidade na Terra para o reino da expansão corporativa interestelar, as linhas do que é ético e do que é moral se borram. Funcionários da Terra estão ofendidos pelos motivos de uma Fundação diferente daquela que eles deixaram para trás.

Escrito por Cyantreuse e WrongJohnSilverWrongJohnSilver.
* Informação Relacionada:
* SCP-4069 - Fora de Alcance, traduzido por cauazinlindaum
* Componente Xyreaux-Schulman de Extensão, traduzido por L200
* Prólogo: Diretiva A-42, traduzido por L200
* Autonomia, Parte I, traduzido por L200
* Autonomia, Parte II, traduzido por L200
* Autonomia, Parte III, traduzido por L200
* Autonomia, Parte IV, traduzido por L200
* Autonomia, Parte V, traduzido por L200
* Continua

  • Estilhaços para o Céu — Terzan 2: casa para incontáveis espécies alienígenas, território de uma das maiores seitas Ortothan, e o local de uma guerra interestelar. O porquê da humanidade precisar explorar o aglomerado é desconhecido. O Motor Bifrost, o mais novo e melhor em viagem FTL, é redigido até os infernos. O porquê da guerra ter sequer começado é pouco claro. A equipe que a Fundação enviar tem que descobrir isto por conta própria. Escrito por NatVoltaicNatVoltaic
  • 25/12/2047 — Entre os feriados e a mineração de asteroides, pode ser difícil se esquecer de casa. Escrito por NatVoltaicNatVoltaic, traduzido por L200L200
  • O Prometheus Pós-moderno — "Você talvez experiencie de desconforto moderado a extremo durante a desmontagem, mas isso deve diminuir à medida que você se acostuma com os seus recursos anatômicos restantes." Escrito por MaliceAforethoughtMaliceAforethought, traduzido por L200L200
  • SCP-4887 - Floresça! — Ah, verão. Os homem flores estão maduros e se contorcendo, e os aromas de sangue e larvas pairam doce e doentiamente no ar. Algum lugar muito acima, uma mãe orbita. Escrito por MaliceAforethoughtMaliceAforethought, traduzido por L200L200
  • Um Buraco em Marte — "A única razão pela qual consideram isto uma cratera, em vez de algum tipo de buraco demente, é o objeto não identificado que abriu uma trilha ofuscante no céu e explodiu sobre os mercados do centro da cidade à meia-noite. Exatamente um minuto depois todas as comunicações da cidade foram cortadas." Escrito por NatVoltaicNatVoltaic, traduzido por L200L200
  • Acrofobia — Quando você está preso em um teleférico a milhas de distância da superfície com uma arma apontada para sua cabeça, às vezes o único curso de ação disponível é abrir caminho no soco — deixando de lado o risco de cair. Escrito por NatVoltaicNatVoltaic, traduzido por L200L200



GUIA DO ESCRITOR

AD ASTRA PER ASPERA é uma opera espacial ambientada no futuro não tão distante do Fundaçãoverso. Forçada pela ameaça de cenários Classe-K na Terra, a Fundação decide transferir a humanidade para fora do mundo, espalhando o homem pelo sistema solar enquanto, em segredo, explora as estrelas para encontrar outros mundos que poderiam se tornar casas. A ambientação é uma mistura de ficção científica e fantasia urbana, onde o anômalo é mundano, a paratecnologia é simplesmente tecnologia, e os alienígenas já não são mais um conceito alienígena.

Não é como o mundo que foi deixado para trás.

Ele está apenas se elevando daqui em diante.




INFORMAÇÃO

Essas próximas abas são uma visão aprofundada da história da Ad Astra Per Aspera, destinada a informar escritores e viciados em história sobre o que o cânone tem a oferecer.

Tenha em mente que nada disto é necessário ler para o cânone. Se você quer apenas casualmente ler o cânone você pode ignorar esta seção (A aba Misc. pode ser útil as vezes, porém), amenos que você queira dar uma olhada mais próxima no mundo do cânone.

As próximas abas são sobre:

Aba Descrição
O Sistema Solar Visão geral do sistema solar e localidades estabelecidas.
Espaço extra-solar Visão geral do que está além das fronteiras do Sistema Solar.
Viagem FTL As mecânicas da viagem mais-rápida-que-a-luz (FTL) e os aparelhos utilizados.
Grupos Todos os grupos de alienígenas ativos no cosmos anômalo.
Misc. Informação que não se encaixa em nenhuma das abas acima, tais como definições de termos e tecnologias comuns.
Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License