Chamado Para a Construção da Ponte Que Nunca Acaba
avaliação: +3+x
blank.png

A maré infinita sobe e mais um dia se encerra na ponte cuja construção nunca acaba.

Nossas almas são uma com o concreto e nós agora somos um com a ponte.

Não tenha medo minha criança, junte-se a nós na construção eterna da ponte que nunca acaba.

Fazem mais de 45 anos desde que fomos fundidos com a ponte, nós nos tornamos um com a ponte, nossa fúria se tornou uma com a ponte.

Desde que nosso incidente foi censurado pelo governo militar nós declaramos guerra ao governo militar, nós continuaremos nosso trabalho de construir a ponte que tanto queriam, mas em troca eles deverão pagar. Não com dinheiro, mas com a vida.

Peguem seus martelos! Suas betoneiras! Suas pás! Seus sacos de cimento! Tudo! Nós estamos construindo a mais perfeita ponte! A inabalável! A inacabável! Venha ao final do infinito e ajude a expandir o infinito com os esforços de construção da ponte que nunca acaba!

Irmãos e irmãs! Unam-se aos seus irmãos trabalhadores e ajudem a construir a ponte cuja construção nunca acaba! Nosso cimento cai formando mais um segmento perfeito de ponte e sua fumaça se ergue em uma densa neblina para que os olhos mortais jamais vejam as mãos mortais por trás da ponte maravilhosa! Pensem os mortais que a ponte foi feita por mãos divinas! Pensem os mortais que a ponte infinita não acaba!

Para os todos os nossos irmãos e irmãs! Unam-se aos seus irmãos trabalhadores! Eu imploro a vós! Façam isso por vontade própria, ou façam isso à força!

Soldados, generais, sapateiros, nós não discriminamos! Unam-se a nós nos nossos esforços de construir a ponte perfeita enquanto damos glórias e louvores à pátria amada Brasil e cuspimos diante do regime terrível!

Nossos dias são sem fim! Assim como nossa ponte! (Sim!)

Nossos mares são sem fim! Assim como nossa ponte! (Sim!)

Nossos prazeres são sem fim! Assim como nossa ponte! (Sim!)

Trabalhadores imortais e feitos do mais puro concreto constroem nossa magnífica ponte enquanto vós glorificas ao regime militar! Não glorifiqueis ao terrível regime mas ao Todo-Poderoso que une nossas almas à ponte e nos permite continuar trabalhando na mais perfeita pérola já vista por olhos mortais!

Ao trabalho irmãos e irmãs! Aqui os trabalhadores não tem direitos e a terra da justiça nunca está próxima o suficiente! Nós damos maldições ao regime militar que nos torturou e censurou nossos nomes dos livros de história!

Sofrimento eterno e prazer eterno! Uma estranha mistura que nos une!

O sofrimento da construção que nunca acaba e o prazer de ver aqueles que nos fizeram sofrer sofrer!

Unam-se agora irmãos e irmãs e essa obra rumo ao infinito talvez um dia verá seu fim quando o terrível regime cair por terra!

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License