Criação de Palhaços 101 com Prof. Richard C. Normus
avaliação: +1+x

"Jesus Cristo, olha só procês. Já vi aberrações bem fodidas na minha época, mas vocês filhos da puta levam o prêmio de cabeça para baixo. Certo, certo, se acalmem, eu não quis dizer nada com isso; só que vocês são feios. Ah, não sejam um bando de maricas! Vocês já foram chamados de coisas muito piores do que feios e vocês sabem disso! Mas estou fugindo do assunto.

"Sr. Fuller recentemente me trouxe para sua equipe e pediu que eu aproveitasse um momento do meu valioso tempo para me apresentar a vocês e explicar o que estarei fazendo. Meu nome é Dick: Dick C. Normus1 e…

"Sim esse é meu nome de verdade, e ele é muito mais digno do que seja lá qual apelido de palhaço que vocês acabaram recebendo. Estou errado? Qual é o seu nome narigudo? Tinkles? É, foi o que pensei. Ah, perdão, ‘Doutor’ Tinkles. Isso só deixa seu nome mais ridículo, idiota.

"De qualquer forma, vocês podem me chamar de Dicksy e eu vou chamar vocês da porra que eu quiser, considerando que a maioria de vocês são essencialmente servos contratuais. Eu vou ser…puta merda, eu já disse que esse é meu nome verdadeiro! Por que eu iria mentir? Parem de rir! Vocês todos têm a maturidade de um bando de desistentes do ensino fundamental porque, surpresa surpresa, é isso que vocês são, exceto, é claro, pelo estimado Doutor Tinkles.

"Passando para a questão de por que estou aqui; nenhum de vocês é bom o suficiente. Certo, certo, se acalmem. Eu disse se acalmem. SILÊNCIO! Tudo o que quero dizer é que Sr. Fuller aqui tem padrões, e que vocês aberrações não estão vivendo de acordo com eles. Não, não, não se preocupem, nenhum de vocês está sendo expulso ou despedido ainda. Vai levar anos para fazer substitutos suficientes para todos. Sr. Fuller me contratou para fazer aberrações de marca, e estou olhando para vocês, Palhaços, em particular. Tenho várias ideias do que posso fazer com vocês, seus tristes sacos de merda.

"Agora vocês podem estar se perguntando, ‘quais são minhas credenciais para brincar de deus tão levianamente’, embora não tão bem articulado porque vocês são todos burros como tocos. Bem, vejam, eu venho de uma longa linha de Compradores de Crianças, ou Comprachicos, como se costuma dizer em espanhol. O que é um Comprador de Crianças, vocês perguntam? Sei que nenhum de vocês disse nada, eu estava sendo retórico! Como eu estava dizendo, você começa pegando uma criança. Talvez algum moleque de rua faminto que nunca teve ninguém para cuidar dele, talvez um pirralho tão mimado que não faz ideia do que de fato é sofrimento. Não importa muito, mas quando você escolhe uma criança, você quebra cada osso no corpo dela, espanca ela até estar prestes a morrer, e bota os ossos e a carne para se curarem da maneira que você quer, adiciona um pouco de algo anômalo coisado, e repete o processo o quanto for necessário até que você tenha uma aberração genuína. Então você pega a casca quebrada e inútil de uma pessoa e a soca em um palco para que completos estranhos olhem e fiquem embasbacados para que elas saibam que elas não são mais Humanas, que nunca mais serão amadas ou aceitas pela sociedade novamente, e que sua única esperança de manter suas vidas miseráveis é continuar a se exibir para seu lucro pessoal. Agora isso é comédia!

"Mas essa é a moda antiga de fazer as coisas. Por mais divertido que fosse, tinha limitações. Uma pessoa só pode ser mutilada até o limite tantas vezes antes de não aguentar mais e descer o cacete em você, embora você fique surpreso com o quanto o corpo pode aguentar. Meu vôzinho uma vez virou uma criança do avesso, sem sacanagem. Por que vocês estão vomitando? Não foi nojento, foi uma obra de arte, seus filisteus! Não se preocupem se isso deixa vocês enjoados, porque isso está tudo no passado. Criar uma aberração para que ela cresça e se torne um monstro permite modificações muito mais radicais do que quebrar uma criança normal.

"Tenho algumas ideias para criar algumas abominações verdadeiramente horríveis, e é para isso que preciso de vocês, Palhaços. Sr. Fuller me disse que pegou o primeiro de vocês enquanto perambulava pelo Multiverso e, por mais incrível que seus talentos sejam, vocês precisam de certas…intervenções para estarem prontos para o show. Essas intervenções nem sempre funcionam, então às vezes vocês bancam o Pennywise para o público. Sim, Pennywise, foi o que eu disse. Pennywise é o palhaço de IT, seus idiotas. IT, de Stephen King. Ah, vocês estão de palhaçada comigo agora. Como que literalmente ninguém aqui pode ter ouvido falar de IT?

"Esquece. Não é importante. Não é importante. O que é importante é que seus shows originais às vezes podem ser um grande risco, então Fuller me disse que ele deixou vocês começarem a experimentar em fugitivos para ver se vocês conseguiam converter Humanos em Palhaços. Isso é muito fodido, embora eu obviamente não esteja em posição de julgar.

"Para efeito de comparação, vamos só dar uma olhada em um Palhaço convertido. Um de vocês se levante. Sim você. Bem, olá enfermeira! Qual é o seu nome, querida? Icky?2 Era pra ele ser irônico porque você a única Palhaça aqui que é fodível? O quê, é um elogio. Sabe, ao contrário de você, meu nome não está errado. Acredite em mim, tenho um monstro nas calças. Não acredite em mim, basta dar uma olhada nesta protuberância que ganhei. E isso é só metade. Você não acha que é real? Se você quiser, posso deixá-lo à solta na frente de todo mundo e…

"Sim, Sr. Fuller, eu me desculpo. Eu saí do assunto. Voltando ao assunto de…sobre o que estávamos falando? Palhação comparativa, certo. Honestamente, vai tanto sangue no meu pau que é um milagre que eu não desmaie. De qualquer forma, percebam como um Palhaço convertido como a Icky mantém uma aparência muito mais Humana em relação aos Palhaços originais. Embora isso possa vir com o benefício de um temperamento mais controlável, no que diz respeito ao que Sr. Fuller e eu estamos preocupados, ainda é um passo na direção errada. Queremos Palhaços que sejam ainda mais incríveis do que os originais, sem qualquer violência e, já que estamos nisso, muito mais idiotas. Eu sei que disse que vocês eram burros, mas vocês ainda são inteligentes demais para o seu próprio bem, sabe? Estou pensando que algo mais próximo do nível de inteligência de um cão seria ótimo. Inteligente o suficiente para aprender truques, mas burro demais para reclamar do estilo de gestão meio, digamos, vitoriano do Sr. Fuller.

"Como vou criar essas aberrações perfeitas da natureza, vocês perguntam? Duas palavras: reprodução seletiva.

"O que há com todos os rostos brancos; ninguém nunca explicou a história da cegonha pra vocês? É bem simples; você pega uma mamãe e um papai que tenham cada um características que você gosta e os faz acasalar. Você faz a mesma coisa com os descendentes que você gosta e abate os rejeitados, ou se você for do tipo sentimental, você pode castrar eles e mandá-los para um bom lar. Depois de algumas gerações, você consegue uma raça genuína. Palhaços de Raça, o que acham? Chique, certo?

"Aw, lá vai vocês de novo. Do que diabos vocês estão falando, que vocês têm direitos e dignidade? Dignidade? Vocês estão delirando ou nunca se viram em um espelho. Vocês são Palhaços, pelo amor de deus! Vocês não têm dignidade! Vocês têm sapatos gigantes e carros minúsculos, mas nenhuma dignidade! Sr. Fuller, por acaso algum desses perdedores ou qualquer um dos outros palermas que você possui têm direitos e/ou dignidade? Não? Imaginava.

"Mas vocês podem ir tirando o cavalinho da chuva, porque não é assim que vou fazer com vocês de qualquer maneira. Demora muito. Não não não, eu tenho algo um pouco mais sofisticado em mente. Eu sei que isso é uma pergunta idiota antes de eu perguntar, mas algum de vocês sabe o que é seleção iterativa de embriões? Ninguém? E você, Doutor Tinkles, essa sua educação de curso superior não abrangeu bebês de marca? Tenho em minha posse paratecnologia reprogenética bastante avançada que foi generosamente e sem saber doada pelos cavalheiros dos Laboratórios Prometheus. Com esse equipamento, posso fazer um monte de bebês de proveta, ler seus genomas e escolher os que quero, depois transformar suas células tronco em células sexuais e fazer toda uma nova geração de embriões. A velha geração vai pro lixo e você repete tudo de novo.

"Estarei usando seus amantes de diversão como éguas criadoras para o produto final. O quê, vocês preferem que eu use suas damas palhaças, porque eu não uso mais damas de verdade para procriar. É a porra de um pesadelo afastar os bebês delas. Algumas já até fugiram de mim, e o que estou ganhando aqui é valioso demais para arriscar perder. Amantes de diversão são a melhor opção, acreditem. Eles não dão a mínima sobre seus filhos quando eles saem, eles não vão deixar o Circo, e o melhor de tudo é que eles produzem muito Leite. Gostaria que o leite saísse de tetas em vez…daquilo, mas, tirando isso, eles são perfeitos.

"Este método é pelo menos cem vez mais rápido do que cruzamento seletivo tradicional, e eu serei capaz de realizar coisas verdadeiramente incríveis. Este Circo ficará irreconhecível quando eu terminar com ele. E no entanto, já posso ver que tenho alguns críticos. O quê, vocês têm uma objeção moral ao que estou fazendo? Vocês são todos um bando de pregadores da Bíblia de repente? Vocês são uma horda de monstros profanos! Seu deus odeia vocês!

"Não tenho o direito de usar o seu material genético sem o seu consentimento? Já estabelecemos que vocês não têm direitos! Eu tenho o consentimento do Fuller, é tudo de que preciso! Se vocês tiverem algum problema com isso, fiquem à vontade para pegar seus saquinhos e cair na estrada. Deem meus cumprimentos à Fundação Scippy ou, que deus lhes ajude, aqueles malditos nazistas ocultos globais. Alguém? Hmmm? Foi o que pensei.

"Olha, não é tão ruim assim. Por enquanto, tudo que vocês tem a fazer é cuspir em um tubo e assim que eu examinar o DNA de vocês e outros registros, pegarei aqueles de vocês com as características que estou procurando para pegar suas células sexuais. Os cavalheiros podem se masturbar em uma xícara e as senhoras recebem uma dose de hormônios sintéticos e uma agulha gigante enfiada na buceta. Mas já não é assim que o mundo funciona?

"Do que você está falando? O que você quer dizer com não é assim que funciona com Palhaços? Eu…uh-huh, sério? Olha, tanto faz. Eu obviamente preciso revisar minha biologia de Palhaço, mas tenha certeza de que quando chegar a hora eu estarei coletando os materiais biológicos necessários através dos métodos apropriados. Não é algo pro qual estou ansioso também, exceto talvez por você, Icky Pegajosa.

"Sim, Sr. Fuller, eu sei que não é para isso que você me paga. Eu não vou mexer com sua mercadoria, eu só…Você vai mandar o Tinkles fazer a coleta em si? Essa cartola sua está cortando a circulação pro seu cérebro? Ele é a porra de um Palhaço! Eu sou o especialista aqui sua desculpa de festa de aniversário dos Irmãos Ringling, e se eu disser que qualquer parte desta operação exige que eu cuide disso pessoalmente então eu…Fuller, diga ao seu guarda-costas para se sentar. Diga a ele para se sentar. Calma aí só um segundo amigo, eu estava só…ei! Tire suas pata imundas de cima de mim, seu idiota de rosto virado pra baixo! Me ponha no chão! Ah, que bom que estamos indo para fora, você não me assusta! Já derrubei palermas maiores do que você. Vocês ouviram! Não tenho medo de nenhum de vocês, aberrações! Vão se foder, vocês não podem me tratar assim!

"EU SOU RICHARD CUNNILINGUS NORMUS!"

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License