SCP-2979
avaliação: +1+x
blank.png

Item nº: SCP-2979

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: O único vetor remanescente de SCP-2979 deve ser contido em um armário de contenção seguro no Sítio 162, guardado dentro de um envelope opaco. Funcionários devem evitar contato ocular com SCP-2979-1. Fotografia ou vídeos de SCP-2979 não devem ser registrados, em nenhum momento. A Escola Secundária Eastwood, em Danvers, Massachusetts, deve ser vigiada em caso de atividades anômalas até 01/01/17.

Pessoas afetadas por SCP-2979 devem ser tratadas com amnésicos Classe-F dentro do período de um mês de exposição.

Descrição: SCP-2979 é uma infecção memética de risco informativo que ocorre quando há a percepção (direta ou indireta) do nome "Sr. [REDIGIDO]1". Qualquer indivíduo que tome conhecimento do referido nome irá reconhecê-lo como o nome de seu professor de Física do Ensino Médio. Hospedeiros terão memórias fabricadas sem sentido e frequentemente contraditórias sobre este professor para apoiar sua crença. Inicialmente, este é o único efeito notável de SCP-2979. Entretanto, a condição piora progressivamente com o tempo, à medida em que as memórias do hospedeiro continuam a ser alteradas (ou totalmente substituídas) para incluir Sr. [REDIGIDO].

Devido à relação entre memória e personalidade, isto consequentemente leva à uma mudança na personalidade do hospedeiro. A maneira pela qual isto ocorre é imprevisível, e varia de pessoa a pessoa, mas a maioria dos indivíduos exibem dificuldade em manter o foco e irão com o tempo se tornar delirantes e notadamente desconexas à realidade. Se não tratado, isto leva à reestruturação da percepção de realidade desta pessoa. A integralidade do processo ocorre durante o período de um mês, após o qual os efeitos de SCP-2979 são irreversíveis.

SCP-2979-1 é o único vetor de infecção de SCP-2979 restante, já que todas as outras instâncias do nome foram destruídas. SCP-2979-1 é uma placa de identificação de sala preta, que foi recuperada da Escola Secundária Eastwood, em Danvers, Massachusetts. Na placa lê-se "303B, Sr. [REDIGIDO]" em letras brancas em relevo. A placa em si não tem nenhuma qualidade anômala inerente além daquelas impostas nesta por SCP-2979. Ainda é incerto se algum indivíduo deste nome já foi empregado na escola de ensino médio, já que registros de sua existência, ainda que presentes, não são confiáveis devido às suas propriedades, naturalmente de risco informativo. A teoria vigente atual é de que a Escola Secundária Eastwood é o ponto de origem de SCP-2979, já que é a única localidade conhecida de um surto da anomalia. Felizmente, equipes de recuperação da Fundação foram capazes de conter a ameaça antes que se espalhasse para além da escola.

É de nota que o próprio Sr. [REDIGIDO], como descrito por indivíduos infectados, aparenta ter total noção de que sua identidade apresenta risco informativo. Entrevistas com pessoas infectadas por SCP-2979 demonstram que este fato causa ao Sr. [REDIGIDO] um profundo trauma emocional.

Adendo: Abaixo está anexada uma série de trechos de entrevistas entre o Doutor Holloway e D-10380. Por favor, note que D-10380 abandonou o ensino médio no primeiro ano e nunca assistiu a uma aula de Física. D-10380 foi exposto a SCP-2979-1 duas semanas antes da entrevista.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License