Epílogo
avaliação: 0+x

Você acorda lentamente em um quarto branco vazio. Você não se lembra de nada. Espere, não é assim. Você sabe como falar, como andar, o que são as coisas, mas algumas coisas, como você chegou aqui, o que é este lugar e quem você é, nada além do alcance de sua mente. Você procura por um nome, mas não tem nada.

Você parece estar vestindo roupas confortáveis. Parece sob medida. Há algo duro no bolso de trás do seu jeans. Um pedaço de papel, com uma lista de nomes escritos nele. Você lê:

Wow! Você acabou de encontrar seu próprio Pequeno Senhor, uma coleção de edição limitada do Dr. Wondertainment!
Faça amizade com todos eles e torne-se o Sr. Amor!!
01. Sr. Clank
02. Sr. Sem-Cabeça

A lista continua, mas não a lê. Em vez disso, você amassa e segura firme. Há algo reconfortante em te-lo.

Você decide voltar sua atenção para o seu entorno. Quatro paredes brancas, uma delas com porta. Você vai até ela e ela se abre ao seu toque. Um parque, com pessoas caminhando e brincando. A construção atrás de você é apenas um barraco. Pessoas segurando coisas que…

Você percebe quem você é, seu nome martelando em sua cabeça com mais certeza do que qualquer coisa que você conheceu antes. Sr. Colecionador. E você sabe o que é que você faz. Você vê as cordas invisíveis de suas mãos para os brinquedos e bugigangas e bugigangas dessas pessoas e você as agarra com força e puxa. Uma centena de coisas que você sabe que deveriam ser suas de repente são, enquanto seus antigos donos olham confusos para saber quais eram suas posses. Porque isso é quem você é. Você é o Sr. Colecionador

Exceto… isso não está certo. Você não sabe nada como você sabe disso. Tem algo errado nisso. Você percebe, de uma forma que parece de alguma forma mais real, que você tem outro nome.

Oh. As pessoas estão gritando com você exigindo que você devolva os itens "deles". Você os ignora. Claro que você é o Sr. Colecionador. Apenas o Sr. Colecionador podia tocar as cordas invisíveis. Mas você também poderia ser outra pessoa? Um nome, um nome, continua a iludir você.

Agora há um carro da polícia chegando, e o policial está chegando. O preto frio de sua arma complementaria muito bem o brilho deste brinco que você segura. Você estende a mão e ele se solta do coldre e é seu agora. Você ama sua coleção mais do que tudo.

Você tem uma ideia. Em sua mente, você visualiza um cordão entre você e o que quer que fosse antes (Antes? A parte de você que diz que você é o Sr. Colecionador não gosta dessa ideia). Você puxa e não há nada lá, nada que você reconheça como um nome. Apenas uma sequência fria de letras e números, não significando nada.

O oficial agarra você, derramando sua preciosa coleção no chão. Você grita de angústia e dentro de sua cabeça se agarra à única coisa que lhe resta. O5-4.

Anterior: Fim por Salmander

Fin!

Voltar para Hub

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License