Registro de Experimentos SCP 482
avaliação: 0+x

Mutações conhecidas criadas por SCP-482 estão listadas neste documento da seguinte forma:

Número do Teste:
Sexo da Cobaia:
Distúrbio Mental Conhecido da Cobaia:
Medicamento:
Exposição (Alfa):
Exposição (Beta):
Observações:

—-

Número do Teste: 01
Sexo da Cobaia: Masculino
Distúrbio Mental Conhecido da Cobaia: Esquizofrenia
Medicamento: Nenhum
Exposição (Alfa): Cobaia relatou estar “estranhamente calma”. Cobaia foi observada simplesmente sentada e olhando para as paredes com uma expressão vazia. Nenhum outro efeito por 2 horas e 49 minutos de exposição.
Exposição (Beta): Às 2 horas e 50 minutos, o corpo da cobaia começou a se contorcer em direções aleatórias enquanto afirmava estar sentindo muita dor. O crânio da cobaia aumentou em massa e tamanho, embora o traje continuasse a confinar o paciente. O corpo da cobaia começou a aumentar dramaticamente em massa, embora o crescimento corporal não fosse simétrico. Observadores notaram que a boca e os olhos da cobaia começaram a se projetar e deformar sob a máscara do traje. A cobaia então bateu seu corpo contra a gaiola de teste, gritando incoerentemente enquanto tentava fazer contato visual com o maior número possível de observadores. Ordem de extermínio executada 34 minutos após o Ponto de Tempo Beta ter sido atingido.
Observações: Determinou-se que o corpo da cobaia aumentou em massa em quase 180% ao momento de seu extermínio. A maior parte do aumento se deu no tecido ósseo e muscular. Embora nenhuma fonte externa tenha sido encontrada para explicar este crescimento, várias amostras genéticas tinham filamentos telomericos anormalmente encurtados. Observadores também relataram uma sensação não natural que impedia o movimento normal sempre que contato visual com a cobaia mutante era feito, sugere-se precauções de segurança memética completas para todos os testes futuros.

—-

Número do Teste: 02
Sexo da Cobaia: Masculino
Distúrbio Mental Conhecido da Cobaia: Transtorno de personalidade paranoica
Medicamento: █████████
Exposição (Alfa): Cobaia relatou estar “quieto na cabeça”. Cobaia foi observada girando a cabeça, exclamando, “Caralho, isso é melhor do que a merda que vocês me deram…Não consigo mais ouvir elas!” A cobaia foi removida de SCP-482 após 2 horas de exposição. A cobaia expressou o desejo de retornar ao traje. A cobaia tornou-se cada vez mais agitada, eventualmente tornando-se violenta quando seus pedidos foram negados. Após 30 minutos, Dr. ███████ aprovou o retorno da cobaia ao traje. A cobaia voltou ao estado de calma anterior por 1 hora e 30 minutos.
Exposição (Beta): Às 3 horas e 30 minutos, a cobaia aparentemente atingiu o Ponto Beta; mutações começaram a se manifestar neste ponto. Protuberâncias visíveis apareceram debaixo da superfície do traje em torno da cabeça, pescoço e da área dos ombros. Como a cobaia estava totalmente coberta, foi inicialmente impossível determinar a natureza dessas protuberâncias. 4 minutos após as protuberâncias aparecerem, a cobaia foi ouvida exclamando “Parem de falar! Saiam da minha cabeça!” consistente com casos extremos de paranoia. As protuberâncias então começaram se espalhar por todo o corpo 15 minutos após o início das mutações; Neste ponto, o áudio gravou pelo menos 7 sons distintos que analistas indicam que podem ser vozes falando um idioma desconhecido. A ordem de extermínio foi dada 25 minutos após a passagem do Ponto Beta.
Observações: A autópsia indica que cada protuberância que se manifestou sob o traje era uma boca totalmente formada com pelo menos 6 mm de comprimento, com pequenos canais para o sistema pulmonar e caixas vocais para que as bocas pudessem falar. Revisão futura das fitas mostra pequenas sombras aparecendo e desaparecendo indistintamente ao longo da gravação; pesquisadores questionados sobre isso confirmaram que, ao revisar sua experiência, lembram terem visto movimento em sua visão periférica, mas no momento estavam concentrados na cobaia e portanto não notaram a experiência.

Todos os testes futuros devem ter entrevistas de acompanhamento com pesquisadores 24 horas, 3 dias e 2 semanas após o teste para potenciais efeitos meméticos duradouros.
Dr. █████████

—-

Número do Teste: 03
Sexo da Cobaia: Masculino
Distúrbio Mental Conhecido da Cobaia: Satiríase
Medicamento: Nenhum
Exposição (Alfa): Cobaia relatou ser “incapaz de ficar com tesão”. A cobaia exibia sinais de letargia e falta de iniciativa em realizar qualquer coisa além de sentar e olhar ao redor. Mídia de natureza sexual foi exposta à cobaia, que expressou desinteresse nela. Nenhuma outra reação foi observada no momento. A fase inicial durou 3 horas e 17 minutos.
Exposição (Beta): Às 3 horas e 18 minutos, a cobaia começou a tremer e ter espasmos repetidamente. Essas reações começaram a ocorrer com frequência e duração crescentes. Às 3 horas e 39 minutos, a cobaia começou a convulsionar violentamente e a expelir um líquido branco de sua boca, visível para observadores externos através da máscara do traje. A ordem de extermínio foi dada às 3 horas e 45 minutos após as reações iniciais observadas.
Observações: A autópsia revelou que todo o corpo da cobaia, embora fisicamente inalterado por fora, foi convertido por dentro em uma série de órgãos interligados que permitiam à cobaia criar grandes quantidades de esperma e liberá-lo através dos orifícios existentes a uma taxa elevada. Os espasmos e convulsões iniciais foram aparentemente uma série de orgasmos quase contínuos sofridos pelo paciente. O sêmen expelido começou a sair do corpo por todos os orifícios principais, e a autópsia também mostra que canais estavam se formando sob a pele da cobaia, talvez levando à expulsão do fluido seminal também pelos poros. É teorizado pelo pesquisador █████████ que a gravidade da satiríase da cobaia pode ser um fator em sua taxa de mutação. Testes no fluido seminal coletado indicaram que ele era completamente estéril. Observadores relataram durante as entrevistas pós-observação que ficavam excitados mais facilmente do que o normal, este efeito parece ter passado após █ dias.

O traje parece ser imune a quaisquer mudanças físicas causadas ao sujeito, mas qualquer coisa…expulsa dele não desaparece magicamente, gente. Com resultados como esses, o traje deve ser totalmente limpo e esterilizado após cada uso.
Dr. █████████

—-

Número do Teste: 04
Sexo da Cobaia: Feminino
Distúrbio Mental Conhecido da Cobaia: Hiperfagia
Medicamento: ███████
Exposição (Alfa): Foi oferecida à cobaia uma refeição completa de 7 pratos, com auxílio dos pesquisadores para se alimentar. A cobaia recusou a oferta, afirmando que "Pela primeira vez, estou de fato cheia", cobaia conversou sobre vários tópicos com os pesquisadores e, fora isso, ignorou ofertas de alimentos. Nenhuma outra reação foi observada por 1 hora e 58 minutos.
Exposição (Beta): À 1 hora e 59 minutos após a exposição inicial, a cobaia indicou uma dor maçante ao redor do estômago. A intensidade da dor começou a aumentar à medida que o experimento continuou; as extremidades da cobaia aparentemente começaram a retrair em seu corpo, embora o traje continuasse a se conformar com a nova forma de seu corpo. A cobaia se encolheu em posição fetal, afirmando que ela estava com dor intensa e dizendo “Meu deus, isso está me comendo, meu deus, isso dói!”. Os membros começaram a retrair para dentro com um som de estalo alto 15 minutos após a manifestação dos sintomas, após o que Dr. █████████ emitiu a ordem de extermínio.
Observações: A autópsia indica que um sistema digestivo separado e totalmente funcional se formou no corpo da cobaia e começou a consumir a massa corporal dela. Este sistema parecia utilizar a própria carne, ossos e fluidos da cobaia para adicionar à sua própria massa. Dr. █████████ teoriza que, se deixada sem controle, esta estrutura de órgãos teria potencialmente consumido toda a massa corporal da cobaia. Após este teste, observadores relataram ser incapazes de satisfazer desejos de fome com volumes normais de comida. Os pesquisadores █████████ e █████████ consumiram ██ kg de comida do refeitório da Fundação antes da segurança os parar. Esses impulsos desapareceram █ dias após a exposição.

—-

Número do Teste: 05
Sexo da Cobaia: Masculino
Distúrbio Mental Conhecido da Cobaia: Síndrome de Capgras
Medicamento: Consulte o Documento ███████
Exposição (Alfa): Devido ao comportamento violento, a cobaia foi tranquilizada antes do experimento. A cobaia voltou à plena consciência 17 minutos após colocar SCP-482, quando então começou a discutir sobre uma variedade de tópicos que seu clínico assistente notou como a base de seus delírios. No entanto, a discussão diminuiu após alguns minutos, substituída por calma absoluta. Ouve-se a cobaia exclamar, “Huh…o que está acontecendo?”. Nenhuma outra reação foi observada por 4 horas e 54 minutos.
Exposição (Beta): Ao entrar no Ponto Beta, a cobaia apresentou rápida mutação cutânea e muscular. Os olhos da cobaia começaram a arregalar visivelmente e os dispositivos de gravação mostraram o que parecia ser texto passando pelos olhos da cobaia. A cobaia começou a encarar cada pesquisador por vez e a respirar exageradamente. A cobaia lutou contra o confinamento e começou a gritar "Eu sabia! Não tem como vocês serem reais, vocês os esconderam de mim…o cheiro deles não está certo, eles devem estar se escondendo…" A cobaia continuou a falar por 48 minutos, ponto em que a ordem de extermínio foi dada.
Observações: A autópsia revelou que as vias do sistema nervoso da cobaia haviam aumentado de tamanho em ███%, a língua da cobaia mostrava um aumento de ███% em papilas gustátivas e novas formações haviam se desenvolvido nos olhos. O cérebro da cobaia também teve sua massa aumentada em ███% com uma densidade 5x maior de transmissores e condutores neurais. Testes nas formações nos olhos da cobaia indicam que a cobaia provavelmente tinha acuidade visual que se estendia tanto para as faixas do ultravioleta quanto do infravermelho. Dr. ██████ postula que o aumento em informações sensoriais e grupos de nervos permitiam que a cobaia testasse todos os tipos possíveis de entrada para tentar 'provar' que os indivíduos eram reais, e não impostores. Testes estão em andamento em seções de nervos extraídas para determinar se podemos duplicar seu crescimento e densidade aumentada como base para um transplante potencial. Após o teste, observadores indicaram um aumento do sentido de audição e percepção por ███ dias, acompanhado por um aumento da sensação de paranoia.

—-

Número do Teste: 06
Sexo da Cobaia: Masculino
Distúrbio Mental Conhecido da Cobaia: Piromania
Medicamento: Nenhum.
Exposição (Alfa): [DADOS EXPURGADOS] cobaia ignorou materiais inflamáveis oferecidos pelos pesquisadores por 1 hora e 32 minutos.
Exposição (Beta): À 1 hora e 33 minutos, os instrumentos registraram um aumento na temperatura ambiente para [DADOS EXPURGADOS], sofrendo uma falha de contenção às [DADOS EXPURGADOS] temperaturas registradas acima de ██████ kelvin e [DADOS EXPURGADOS] espontaneamente entrou em ignição, com todos os observadores sendo perdidos e danos catastróficos ao corredor A-13 no Sítio ███ antes que a contenção fosse restabelecida. O traje foi recuperado ileso.
Observações: O corpo recuperado da cobaia apresentava densidade aumentada e propriedades magnéticas que dificultaram a autópsia, além de reter temperaturas acima de ██████ kelvin. A dissecção mostrou um novo órgão no corpo que estava sustentando um [DADOS EXPURGADOS] e parecia estável. O órgão foi removido e colocado em armazenamento em contenção magnética no Sítio ███ para análise futura.

Apesar da perda de recursos e funcionários devido a este experimento, algo produtivo saiu dele. Se pudermos descobrir como esse órgão ainda está contendo ██████, então podemos abrir um novo meio de pesquisa.
Dr. ██████

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License