A Fênix, O Rouxinol e As Pegas
avaliação: 0+x
Florence está de pé em uma silhueta diante de uma logo queimada da Fundação, uma chama conjurada em sua mão esquerda.

Uma série sobre sobreviver a Minnesota, incêndios criminosos acidentais, combater fogo com fogo, procedimentos incomuns de contratação, os segredos doces do Lago Superior, socar nazistas, enfurecer gansos, apaixonar-se, cozinhar caranguejos, tatuar-se, pertubar uma usina nuclear, incêndios criminosos intencionais, traição, perda e recomeço.
Escrito por GreenWolf
Ilustrado por Crashington
Traduzido por L200

Uma Gangue de Fantasmas

Soldados na Guerra de Salomão

Vida Sob o Lago

Nunca Mais um Rouxinol


Os Arquivos Federais

Mais histórias sobre a família Thorne.

De Simon Pietrykau (Diretor, Departamento de Analíticas)
Assunto O Fracasso da Delta-3, Reexaminado
Para O5-03 (Overseer, Conselho O5)
CC COMTDETC.O5@All (Comitê de Éticas, Comando Supervisor)

Overseer e Membros do Comitê,

Como agora estamos razoavelmente certos de que a Agente Especial Florence Thorne, da Unidade de Incidentes Incomuns, é a ex-Agente da Fundação Florence Elsinger, eu decidi reabrir a examinação pelo Departamento de Analíticas da FTM Delta-3("Mão de Salomão"). Atenção especial foi dada aos métodos usados para recrutar e reter Agente Elsinger, e como eles podem ter influenciado sua eventual deserção para a UIU. Em particular, a chamada Contingência de Rouxinol merece um exame mais aprofundado e significativo, já que representa o que eu acredito ser um defeito crítico no tratamento de Ativos Especiais, bem como uma falha perturbadora de nossa ética institucional.

Tendo revisado a totalidade dos registros internos da força-tarefa, estou francamente surpreso que a Delta-3 operou efetivamente por quase 5 anos. As táticas utilizadas para recrutar Agente Elsinger essencialmente garatiam que ela teria pouca ou nenhuma lealdade institucional, forçando uma dependência (excessiva) da Contingência de Rouxinol como um meio de controle. Isso criou um ponto único de falha para toda a força-tarefa, na forma de um agente individual responsável pela implementação da Contingência — um agente que poderia ter sido morto em ação ou incapacitado em qualquer missão.

Dada a deserção da Agente Elsinger, parece claro que a Contingência de Rouxinol, fundamentalmente, fracassou. É impossível determinar se isso foi devido à ação intencional do encarregado dela ou a um simples acontecimento, mas também é imaterial. mesmo se estivermos dispostos a aceitar a Contingência como um mal necessário, ela não é eficaz nem confiável. Eu desencorajaria fortemente seu uso no futuro, por qualquer razão, em qualquer funcionário da Fundação.

Há uma lição aqui, e é uma que gostaríamos de aprender: lealdade não pode ser fabricada. Usar força e coerção para recrutar Ativos Especiais apenas prejudicará sua eficácia, e depender da manipulação emocional como um meio de controle apenas dá errado. Se quisermos continuar o Programa da Força-Tarefa de Ativos Especiais — que acredito que deveríamos — nós devemos estar preparados para tratar os funcionários paranormais como pessoas, não objetos. Não acredito que a Contingência de Rouxinol teria sido aprovada para uso em um agente mundano, então por que foi aceita para a Agente Elsinger? Se sua lealdade era tão tênue a ponto de exigir seu uso, por que ela era confiável como agente de campo?

Florence Elsinger poderia ter sido — e por um tempo foi — uma dos agentes mais valiosos que essa organização já teve. Em vez disso, como um resultado de preconceitos institucionais e ideológicos, criamos Florence Thorn, uma maga de batalha endurecida que conhece e despreza a Fundação. Nós deveríamos nos considerar afortunados por ela ter desertado para a UIU, e não para a Insurgência. Como é provável, sua influência na Unidade provavelmente azedará as relações entre a Fundação e a UIU pela próxima década ou mais.

Esperemos que esse seja o maior preço pelo nosso erro.

Simon Pietrykau
Diretor, Departamento de Analíticas

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License