Grupos de Interesse Tailandeses
avaliação: 0+x

GRUPOS DE INTERESSE TAILANDESES


Visão geral do arquivo: A Fundação não é o único grupo com interesse e investimento no paranormal e metafísico. Existem muitos outros grupos que possuem, usam ou tentam criar objetos anômalos, seja para seu próprio ganho pessoal ou para a proteção da humanidade. Alguns são organizações rivais, alguns são grupos dissidentes da Fundação e alguns são associados de confiança da Fundação. De qualquer forma, considerou-se necessário criar e distribuir um resumo sobre as agências que a Fundação conhece e nossa posição em relação a elas.


O Civil

Civilian.jpg

Visão Geral: "O Civil" é o nome de vários grandes grupos civis de protesto em todo o Sudeste Asiático que adotaram uma postura firme contra a presença de anômalias em seus países. Embora ocasionalmente tenham usado objetos anômalos em segredo, os membros de O Civil geralmente procuram destruir anômalias ou neutralizar seus efeitos. Este movimento de protesto começou em 1981, mas tornou-se mais violento nos últimos anos; acredita-se que o núcleo do grupo seja composto por indivíduos que apresentam alguma resistência a efeitos anômalos e/ou técnicas amnésicas da Fundação. A associação está espalhada pelo Sudeste Asiático; não se sabe se O Civil tem um quartel-general ou alguma liderança centralizada.

Os objetivos atuais do Civil incluem expandir seus membros e construir sua base de poder; adquirir objetos e entidades anômalas pacificamente ou por roubo; e a destruição desses objetos anômalos que eles não podem adquirir – a imprevisibilidade e o planejamento inadequado dessas ações geralmente resultam em inúmeras baixas, tanto entre seus membros quanto entre espectadores. O Civil também opera uma escola informal que ensina seus membros a conter e destruir anômalias. É provável que O Civil tenha o apoio de algum grupo externo ainda desconhecido (possivelmente um partido político extinto), o que lhes dá acesso a pessoal treinado, finanças e informações.

O Civil tem enviado ocasionalmente à Fundação pedidos de compra de objetos anômalos; estes pedidos foram recusados. Após essa recusa, a Fundação tornou-se o principal alvo do Civil, com uma série de ações violentas tomadas por grupos de protesto contra as instalações da Fundação. Embora a ampla base de apoio de O Civil torne a erradicação completa do grupo impossível, a ameaça representada por O Civil para a Fundação não é alta.

"O Civil é como um ninho de insetos: se houver poucos deles, eles são apenas um aborrecimento, e se forem muitos, podemos simplesmente fumigar suas colméias para abater seus números. A verdadeira questão é: quantas dessas colmeias são lá?"

Para ver todos os documentos marcados com O Civil, clique aqui.

O Milionário, Sr. Royer

royer.jpg

Visão Geral: O Sr. Royer é um indivíduo misterioso que é um dos principais financiadores da filial tailandesa da Fundação SCP. A Fundação tem poucas informações sobre sua identidade ou motivos. Acredita-se que ele seja um milionário britânico que vive a maior parte do tempo na Tailândia e é a fonte de várias doações anônimas para a Fundação. Seu local de residência real é desconhecido, mas ele possui várias propriedades na Tailândia, incluindo algumas das quais estão ligadas a atividades anômalas. O próprio homem nunca foi identificado de forma conclusiva. Seu filho e herdeiro, Jason Royer, é atualmente um associado da Marshall, Carter e Dark Ltd.; seu relacionamento provavelmente é tenso.

Para ver todos os documentos marcados com O Milionário, Sr. Royer, clique aqui.

Associação dos Mutantes

AM.jpg

Visão Geral: A Associação dos Mutantes é um grupo composto de entidades anômalas sapientes, a maioria das quais escapou ou evitou a Fundação e outros grupos com interesse em conter, destruir ou utilizar o paranormal. O principal objetivo da Associação de Mutantes é a criação de uma comunidade independente de indivíduos anômalos - a "Cidade Oculta" - escondida em algum lugar nas selvas do Sudeste Asiático. Esta comunidade é amplamente auto-regulada; indivíduos ou objetos que causam problemas para a comunidade são banidos da "Cidade Oculta". Embora a localização exata desta comunidade não tenha sido determinada, várias entidades anômalas que alegam ter sido expulsas da comunidade foram capturadas e contidas.

Embora a Associação dos Mutantes não tenha entrado em confronto direto com a Fundação, qualquer tentativa de capturar ou conter membros da organização encontrará resistência.

O número de membros e o perigo representado por esses indivíduos são atualmente desconhecidos; no entanto, é provável que em algum momento futuro a Associação dos Mutantes represente um risco para a Fundação ou para as populações civis próximas.

Para ver todos os documentos marcados com Associação dos Mutantes, clique aqui.

A Associação dos Usuários de Poderes de Magia Negra

ABPU.png

Visão Geral: A Associação dos Usuários de Poderes de Magia Negra é um grupo composto por "Magos Negros" (também conhecidos como taumaturgos, ou "Tipo Azuis" pela Coalizão Oculta Global); os membros vêm de vários países e têm acesso a uma grande variedade de objetos anômalos.

A Associação de Usuários Poderosos de Magia Negra foi fundada por ██████, o líder de um grupo de "Magos Negros" da Tailândia. Originalmente, as atividades e os membros desse grupo limitavam-se ao Sudeste Asiático; agora, seus membros e influência são em escala global. Como resultado da ampla influência da Associação, os membros têm acesso a uma ampla variedade de técnicas mágicas e objetos anômalos.

Membros da Associação dos Usuários de Poderes de Magia Negra abordaram a Fundação com o propósito de comprar objetos anômalos, especialmente aqueles como SCP-001-TH e SCP-666-TH que são especialmente interessantes para a Associação; em troca, a Associação se ofereceu para parar de buscar vingança por membros da Associação e anômalias mortos ou capturados pela Fundação. A Fundação recusou, e os membros deste grupo continuaram a atacar o pessoal da Fundação e a tentar roubar objetos anômalos na contenção da Fundação.

Ataques ao pessoal da Fundação por membros da Associação dos Usuários de Poderes de Magia Negra geralmente assumem a forma de itens "amaldiçoados", especialmente alimentos e bebidas. O pessoal que acredita ter recebido quaisquer itens de membros da Associação deve trazer esses itens à Fundação para exame de seu efeito anômalo. Se quaisquer indivíduos suspeitos de serem membros da Associação forem localizados, eles devem ser relatados ao Conselho O5 imediatamente.

Para ver todos os documentos marcados com A Associação dos Usuários de Poderes de Magia Negra, clique aqui.

A Estética do Som de Música

AMS.png

Visão Geral: A Estética do Som de Música é uma corporação conhecida por produzir anômalias musicais. Foi fundada por Adalric Medelstein, um músico austríaco; A neta de Medelstein é casada com o neto do fundador da Knowing Publishing. Depois de estabelecer sua empresa no mercado austríaco, Medelstein usou seus lucros para expandir globalmente, primeiro na Tailândia. A sede ou as bases de operações da Estética do Som de Música, na Tailândia em outros países, não foram localizadas. Medelstein também fundou uma escola de música, A Fundação de Estética Músical, que ensina técnicas musicais anômalas e incentiva os alunos a usar essas técnicas em apresentações públicas e competições. Indivíduos associados à Estética do Som de Música demonstraram imunidade anômalias musicais e auditivas.

O número exato de anômalias na posse da Estética do Som de Música é desconhecido. O único objeto criado pela Estética do Som de Música atualmente em posse da Fundação é SCP-030-TH , recuperado do concerto [REDIGIDO].

A Estética do Som de Música declarou sua oposição à Fundação após a Fundação conter uma anômalia que eles criaram; geralmente agem com hostilidade a quaisquer grupos que se apoderem de anômalias sobre as quais reivindicam propriedade. A Estética do Som de Música ocasionalmente tenta recuperar anômalias na contenção da Fundação que eles criaram ou possuíam anteriormente. A Estética do Som de Música geralmente permite que os indivíduos associados ao Knowing Publishing usem suas anômalias.

Para ver todos os documentos marcados com A Estética do Som de Música, clique aqui.

Knowing Publishing

NP.jpg

Visão Geral: Muito pouco se sabe sobre a Knowing Publishing. É presumivelmente uma fábrica de publicação anômala que cria e distribui mídia impressa e digital. A Fundação sabia das informações dos parentes do fundador da fábrica que a fábrica real da Knowing Publishing não está localizada neste mundo, mas no mundo paralelo que é o mesmo que SCP-206-TH. Chamado de KP@PU-51. No entanto, os parentes do fundador da fábrica têm suas próprias casas e fábricas de papéis na Tailândia e não são anômalias.

Ninguém sabe como a Editora envia objetos anômalos para este mundo, mas acredita-se que seja possível ter o equipamento cuja capacidade seja a mesma de SCP-206-TH e mais eficaz que ele. Ninguém sabe quem publica a mídia. A mídia produzida terá pseudônimos (e endereço) falsos, incluindo nomes nas páginas de crítica de alguns livros. Eles produzirão a mídia conforme o pedido dos clientes que são informados nos folhetos que muitas vezes são encontrados na biblioteca ou nos locais onde estão para doação de livros alegando que são gratuitos. A mídia também terá mais cópias do que a quantidade solicitada, e algumas das cópias serão publicadas ou colocadas ao público sem que as pessoas percebam.

De acordo com materiais de folhetos encontrados, eles também produziram a mídia a preço de custo e seus efeitos serão mais eficazes do que materiais gratuitos.

Para ver todos os documentos marcados com Knowing Publishing, clique aqui.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License