Grupos de Interesse da Fundação Lusófona

GRUPOS DE INTERESSE LUSÓFONOS


A Fundação não é a única organização do mundo que se interessa e investe no paranormal e no metafísico. Existem vários outros grupos que possuem, usam e desenvolvem tecnologia paranormal para uma míriade de razões.

O arquivo a seguir documenta alguns dos Grupos de Interesse mais prominentes que atuam principalmente em território Lusófono.



A Superintendência Brasileira do Paranormal

~ SBP ~

Status: Desativado.

Descrição: A Superintendência Brasileira do Paranormal era um órgão de inteligência militar governamental relacionado ao estudo de anomalias no território brasileiro. Foi fundado durante o Governo Militar Brasileiro e em 1992 foi anexado à Fundação Lusófona.

A Superintendência permaneceu como um segredo de estado mor durante este período e, agiu como a principal instuitição associada ao anômalo em detrimento da Fundação Brasileira, interrompendo as maiores operações da organização até o final do regime.

Tipo: Científico-Militar; Tecnocrático.

Organização: Similar a Fundação. Um Diretor Administrativo Geral comandava os Diretores de Instalações, que comandavam os Diretores de Departamento; Um Comandante que comandava as forças militares, seguindo estrutura militar.

Atitude em relação à Fundação: A SBP era uma concorrente endorsada pelo governo brasileiro para competir diretamente com a Fundação no Brasil.

Envolvimentos:

  • [ACESSO NEGADO].



A Acadêmia Científica do Anômalo

~ ACA ~

Status: Desativado.

Descrição: A Acadêmia Científica do Anômalo é um órgão de pesquisas científicas associadas ao cenário do anômalo nos territórios governados por Portugal; anteriormente conhecido como a Instituição Real Portuguesa do Paranormal, foi restruturado durante o governo de Estado Novo de Salazar para desenvolver paratecnologia.

Adicionalmente, as instalações serviam como centros educativos para treinar novos pesquisadores nas áreas de conhecimento do anômalo à modo de instituições de ensino politécnicas.

Fundiu-se à subsidiária Brasileira da Fundação em 1992, formando a Fundação Lusófona.

Tipo: Científico-Educativo; Tecnocrático.

Organização: Similar a Fundação. Um Diretor Administrativo comanda os Reitores que comandam os Líderes de Departamento.

Atitude em relação à Fundação: Neutro. Nunca foi um concorrente direto da Fundação.

Envolvimentos:

  • [ACESSO NEGADO].



Os Tecnotaumaturgos

~ OTM ~

Status: Ativo.

Descrição: Os Tecnotaumaturgos são uma sociedade de indivíduos que utilizam taumaturgia conjuntamente à implementos de tecnologia associada à modalidades de engenharia para a criação de paratecnologia. A tecnologia criada não é aberta ao público, preterível e destinada apenas aos membros desta sociedade.

Há indícios e que Os Tecnotaumaturgos existam desde a Primeira Revolução Industrial.

Tipo: Científico-Industrial. Tecnocrático.

Organização: Um Conselho Geral superintendente que escolhe um Diretor de Operações para gerenciar as atividades da organização que, por sua vez, indica Gerentes de Operações especifícas.

Atitude em relação à Fundação: Amigável. Os Tecnotaumaturgos já trabalharam com a Fundação no passado.

Envolvimentos:

  • [ACESSO NEGADO].



A Ordem da Torre e do Valor

~ AOTV ~

Status: Ativo.

Descrição: A Ordem da Torre e do Valor é uma organização agnóstica de cunho militar que busca amassar uma guarnição de relíquias relacionadas à culturas religiosas, tanto de teologias não-anômalas quanto das anômalas.

O funcionamento interno dá-se por meio do Código das Três Virtudes: Respeito, Tenacidade e Compaixão. Membros desta organização possuem habilidades taumaturgicas menores relacionadas ao uso de uma substância anômala chamada de "Valor".

Tipo: Militar. Meritocrática.

Organização: Um Grão-Mestre e um Chanceler eleitos por um Conselho de Comendadores; estes poderes realizam a supervisão das operações da organização.

Atitude em relação à Fundação: Neutra. Possuia relações com a Real Acadêmia Portuguesa do Paranormal — precursora da ACA — porém as associações não continuaram após a coalização da Fundação Lusófona.

Envolvimentos:

  • [ACESSO NEGADO].



O Relicário

~ OR ~

Status: Ativo.

Descrição: O Relicário é uma organização paramilitar que coleta objetos anômalos a fim de utiliza-los em função de expandir a influência econômica de seus membros por meio do valor agregado destes objetos e seus possíveis usos. Supõe-se que esteja envolvida com o crime altamente organizado.

Tipo: Indeterminado; associações envolvem meritocracia e plutocracia.

Organização: Desconhecido.

Atitude em relação à Fundação: Hostil.

Envolvimentos:

  • [ACESSO NEGADO].



O Clube de Caça da Faúna e Flora

~ CCFF ~

Status: Ativo.

Descrição: O Clube de Caça da Faúna e Flora é uma associação epônima, compreendida por indivíduos afluentes e influentes que buscam o entretenimento por meio da caça esportiva de objetos anômalos biológicos que apresentem habilidades peculiares e/ou periculosas.

Membros deste grupo possuem acesso a paratecnologia de armamento porém não constituem poderio bélico de alto nível.

São hostis à O Relicário.

Tipo: Indeterminado.

Organização: Associação similar à uma Guilda, com um Mestre de Caça eleito e Associados. Meritocracia.

Atitude em relação à Fundação: Neutra. A Fundação e a CCFF já trabalharam juntas no passado. Apesar das diferenças ideológicas, a CCFF nunca interrompeu ou se mostrou hostil a operações oficiais da Fundação Lusófona.

Envolvimentos:

  • [ACESSO NEGADO].



Olhos Anônimos, Ltda

~ OA ~

Status: Ativo.

Descrição: Olhos Anônimos é uma empresa privada e secreta de espionagem especializada na coleta de informações diretamente ligadas a anomalias. Seus objetivos são somente a aquisição e venda de dados para seu contratante, como relatórios, documentos, credenciais, softwares, plantas de edifícios, entre outros. A empresa visa apenas o lucro, sendo o preço pelos serviços calculado pela dificuldade de aquisição da informação e de sua confidencialidade.

Apesar de sua área de atuação, OA não adquire, possui ou utiliza itens ou fenômenos de natureza anômala em suas operações. Não há dados suficientes para poder especular um numero exato, mas sabemos que OA possui um quantidade considerável de clientes ao redor do globo, sendo eles grupos, igrejas, organizações e grandes corporações.

Tipo: Mercenária.

Organização: Utiliza um sistema praticamente idêntico aos de uma sociedade limitada convencional.

Atitude em relação à Fundação: Hostil.

Envolvimentos:

  • [ACESSO NEGADO].


Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License