Como Se Tornar Um Crítico Melhor

Masoquê?

Olá, sou Communism will win AKA Scantron. Ultimamente percebi um problema com como o site lida com feedback. Especificamente, muito dele é ruim. Essa redação existe para ajudar pessoas a deixarem comentários melhores.

Obrigado, mas eu já dou feedback bom.

Você pode muito bem estar certo, considerando que eu não sei quem você é. Se acha que pode fazer melhor, entretanto, continue lendo. E se você realmente DÁ bom feedback, essa redação pode ajudar outras pessoas a fazê-lo.

Quem é você? Por que eu devia te escutar?

Eu entrei nesse site em 2010, colhi uma contagem bem alta de postagens, escrevi uns 50 artigos e aproveitei umas tarefas como moderador a um tempo atrás. Deixei bastante feedback bom, recebi bastante feedback bom, deixei um monte de feedback ruim e recebi um monte de feedback ruim. Fui banido pela terceira dessas coisas e voltei um ano depois para ver pessoas cometendo os mesmos erros que eu, e alguns mais.

Mas tem apenas um jeito de saber se eu tenho alguma coisa que possa te ensinar e não é olhando minhas credenciais.

Por que eu não devia ler apenas a redação do Kalinin?

Você devia, na verdade. Essa redação explica os objetivos e problemas com a crítica do site que eu apenas referencio. Quando terminar, volte aqui para que eu possa te dar dicas sobre como trazer essa filosofia para a prática.

Então tudo bem. Como me torno um crítico melhor?

Vamos começar com a regra de outro: Diga ao autor o que ele precisa ouvir. Isso não é ciência exata mas você precisa tentar entender com quem está lidando e então dar o conselho que se encaixa nas necessidades dele. Sua própria necessidade de se sentir superior, receber atenção e a aprovação (ou desaprovação) de seus colegas são todos irrelevantes.

Por consequência: se o problema era óbvio, o autor já teria consertado. O princípio se aplica a qualquer crítica que implicitamente assume que o autor já saiba o que fez de errado.

Se seguir essas orientações, você poderá fazer postagens consistentemente úteis, não importando o quão bom for em escrever, mas isso é mais fácil dizer do que fazer. Vamos passar pelos tipos de artigos que você vai ler e algumas dicas que você pode relembrar quando criticá-los.

O que é: Exatamente como soa. O Desastre geralmente é postado por usuários que tem muita pouca experiência com o site. Formatação, tom clínico, lógica e/ou o tom geral do site não são apresentados, e como resultado, esses geralmente carregam pouca semelhança com artigos bem-sucedidos. Há uma série possibilidade do autor ser menor de idade, dado seu uso desajeitado de português.

Dicas para comentar:

  • Não faça-o. Geralmente os autores que fazem Desastres não dão indicação nem de que leem a página de discussão. Esses autores precisam de habilidades linguísticas, fluência na internet e paciência — que você não pode dar — mais que precisam de crítica. Sua energia e a atenção do site são dirigidos de forma mais prática para pessoas que se beneficiarão delas.
  • Fale planamente. Se o autor demonstrou que ele está lendo a página de discussão, tente usar sentenças gramaticamente simples e palavras comuns. Evite qualquer e todos termos específicos do site ou jargões. Eles podem ficar confusos.
  • Aborde o maior problema. O problema não é erros específicos que fizeram em um artigo, é que eles não possuem as habilidades para fazer melhor. Em vez de desmontar o artigo problema por problema, sugira que o autor deva focar em suas habilidades gerais de escrita e leitura e que eles talvez devam aguardar algum tempo antes de escrever SCPs.
  • Não humilhe. Fazer piada com um Desastre pe fácil. Se você faz ou não faz não é da minha conta, mas absolutamente não faça isso no site ou chat. Ninguém precisa ouvir sobre como esse é o Pior Artigo Que Já Leu Na Sua Vida ou como você conseguiria ganhar dele em uma luta porque é um meio-dragão, ou qualquer comentário esperto que iria adicionar. Se você quer reconhecimento tanto assim, escreva seu próprio artigo ou faça uma postagem memoravelmente útil.
  • Seja legal. Ser demasiadamente duro é insensível e não é particularmente útil — usuários inexperientes que respondem bem para crítica dura são raras e poucas. Esses usuários também não respondem bem a desdém, então também não os desrespeite. Você pode atender a problemas que surgirem por conta de idade enquanto os trata como iguais.

Eu não tenho o [tempo/energia/saco] para ler ou seguir todas essas orientações.

Você não precisa. Nem toda postagem precisa ser longa o suficiente para incorporar toda sugestão relevante. Entretanto, lembre-se que ás vezes é melhor nem postar. As observações de ninguém — nem sua, nem minha — não valem nada antes que tenham algum esforço e compreensão inclusa, então se você não tem nenhum para dar, deixe outro fazer isso por você. Crítica meia-bunda pode ser confusa e/ou enganosa.

O artigo que eu quero criticar não se encaixa em nenhuma dessas categorias.

Improvise. Essas categorias são generalizações e enquanto eu acho que elas são generalizações úteis, sempre tem algo que quebra o molde. Considere esse artigo uma caixa de ferramentas que você pode tirar ideias quando forem apropriadas.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License