Relatório de Incidente SCP-701-19██-1
avaliação: +1+x

SCP Envolvido: SCP-701

Data: ██ de ███████, 19██

Localização: [EXPURGADO]

Relatório preparado por Drs. R█████ e J██████sobre o conteúdo de SCP-701-19██-A. SCP-701-19██-A é uma fita de videocassete S-VHS de 187mm x 103mm x 25mm recuperada por investigadores da cena do incidente, uma performance de SCP-701 no Colégio █████████████ em █████████████, ████. A fita foi encontrada em um gravador de câmera doméstico destruído, que aparentemente estava gravando a performance de um ponto de vista vantajoso na audiência. Esta é a única gravação restante do evento. Por favor, veja os arquivos de SCP-701 para a transcrição completa da gravação. Afim de comparar as divergências identificadas durante um evento de SCP-701 com o enredo real do texto publicado, veja o Documento SCP-701-1640-B-1.

  • 0:00:00 – Fita inicia.
  • 0:03:10 – Luzes do palco descem.
  • 0:05:12 – Cortinas sobem. A peça começa como publicada, com o discurso de coroação de Gonzalo.
  • 0:10:21 – Um possível avistamento de SCP-701-1 durante os delírios de Isabella – uma sombra anômala não pertencente a um dos membros do elenco aparece junta a parede traseira do cenário.
  • 0:10:24 – Sombra desaparece.
  • 0:23:15 – Primeira divagação do texto. Em vez do diálogo entre Francisco e a cortesã, as cortinas caem e sobem para um palco vazio. Antonio entra pela direita do palco.
  • 0:23:24 – Primeiro avistamento indireto de SCP-701-1. A sombra de uma figura parece surgir na parede traseira a direita do palco. Antonio para em seu lugar e age surpreso. A sombra desaparece. Antonio inicia um longo solilóquio, confirmando que ele agora acredita na história de Isabella. Dr. J██████ nota que, enquanto este solilóquio é no estilo do resto da peça e aparenta ser diálogo fiel a era Caroline, a fala de Antonio nesta cena não existe no texto original.
  • 0:24:12 – Cortinas caem.
  • 0:24:51 – Cortinas sobem, com Francisco e a cortesã. Antonio retorna: a peça continua como escrita.
  • 0:31:14 – Primeiro avistamento direto de SCP-701-1. Este entra e se mantém na beira da esquerda do palco, próximo ao final do Ato II, Cena 1.
  • 0:32:17 – O diálogo de Gonzalo é concluído (como escrito) com a menção de um compromisso com o embaixador de Alagadda. Ele sai a esquerda do palco; SCP-701-1 aparenta virar e segui-lo enquanto as luzes diminuem.
  • 0:38:13 – Segundo avistamento de SCP-701-1 durante Ato III, Cena 1. Este aparece na beira da direita do palco assim que Gonzalo e Petruccio assassinam Sortino. A cena é concluída com Gonzalo ordenando que seus cozinheiros preparem o corpo como ensopado; scripts recuperados da cena indicam que esta seção foi cortada em ensaio.
  • 0:51:11 – Terceiro avistamento de SCP-701-1; aparece próximo a esquerda do palco enquanto Antonio mata Isabella.
  • 1:09:12 – Quarto avistamento: SCP-701-1 entra com Gonzalo no início do Ato IV, Cena 1, e o segue durante a cena. A cena também contém dois momentos-chave: primeiro, Gonzalo aparenta acenar com a cabeça para SCP-701-1 quando menciona o embaixador de Alagadda. Esta é a primeira vez que um membro do elenco aparentou indicar a presença de SCP-701-1. Segundo, a cena acaba com uma divagação do texto: enquanto a fala escrita no fim do Ato IV, Cena 1 acaba com Gonzalo considerando sua própria injustiça moral, aqui Gonzalo aparenta estar mais preocupado se seu ‘tributo’ será suficiente para o embaixador. As luzes diminuem.
  • 1:21:15 – Quinto avistamento: SCP-701-1 entra a esquerda do palco no fim do Ato IV, Cena 2, enquanto Antonio sai para obter uma lâmina para seu golpe. Em vez de sair, Antono para na frente de SCP-701-1, que o dá uma longa adaga. (Isto é tido como a primeira aparição do item classificado SCP-701-19██-B; note que não há menção do item na lista de adereços ou em outros registros mantidos pela produção.) SCP-701-1 e Antonio departem do cenário juntos.
  • 1:32:41 – Sexto avistamento: SCP-701-1 aparece a esquerda do palco enquanto Cornari e Lodovico saem.
  • 1:35:10 – As luzes aparecem. Ato V, Cena 1 – a cena do Banquete – inicia como escrita.
  • 1:40:52 – Antonio entra, trazendo um pedaço de pergaminho. Aqui, as divagações textuais começam sua seriedade: em vez do pergaminho ser a confissão de Petrucchio como escrito, Antônio ao invés disso o descreve como uma fatura do embaixador de Alagadda, provando que Gonzalo deve mais tributos do que ele pretende pagar.
  • 1:41:42 – SCP-701-1 entra neste ponto pela direita do palco. Todo o elenco aparenta percebê-lo. Gonzalo se levanta, xinga como um comentário a audiência e corre para a esquerda do palco. O resto do elenco – incluindo Alinda e Francisco, que entram pela esquerda do palco – restringem fisicamente Gonzalo e o arrastam de volta para o palco. SCP-701-1, enquanto isso, se move para o centro do palco, onde fica na frente do trono de Gonzalo.
  • 1:43:08 – Uma forca é solta no palco por cima. O elenco força Gonzalo na forca, enquanto ele começa a xingar em italiano (e em uma parte, possivelmente latim?). A forca é apertada e o elenco solta Gonzalo; ele começa a asfixiar.
  • 1:43:32 – Antonio fala: "Com isto, o tributo, por completo é pago". O ator pega SCP-701-19██-B (a adaga) e a passa pelo estômago de Gonzalo, derramando seu intestino pelo palco.
  • 1:44:04 – Alinda toma a adaga de Antônio. Ela fala: "Com isto, sangue de tolo. É o do Rei Enforcado". Ela corta a garganta de Antonio.
  • 1:45:31 – Cordas caem do teto no palco, uma forca para cada membro do elenco. O elenco se reúne sob elas. Alinda se posiciona próxima a SCP-701-1.
  • 1:46:12 – Alinda: "Com isto, nosso sangue, é o do Rei Enforcado". O elenco se enforca.
  • 1:47:33 – SCP-701-1 se move pelos corpos pendurados até o centro frontal do palco.
  • 1:47:41 – As luzes do palco são cortadas.
  • 1:47:46 – Sons de gritos e violência física em volta da câmera.
  • 1:48:22 – Som alto, provavelmente a câmera sendo derrubada.
  • 1:49:01 – A câmera é destruída. Fita acaba.
Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License