Registro de Incidente X23

avaliação: +1+x

Registro de Incidente - X23: Em ██/.██/██, o sítio SCP 19 foi invadido por agentes de uma organização conhecida pela Fundação apenas como ‘A Mão da Serpente’.

Brecha do Sítio 19: A brecha do sítio 19 parece ser a segunda de duas invasões de propiedades SCP por ██████████, conhecido pela Fundação como “L.S”. Este individuo foi responsável por uma brecha de segurança anterior, tendo coordenado o roubo de SCP-268. Apesar de [DADOS EXPURGADOS], segundo a gravações de segurança, é evidente que SCP-268 foi envolvido nesta infiltração. O intruso conhecido como “L.S” parece ter simplesmente entrado no sítio 19 normalmente.

O motivo da invasão parece ter sido com o propósito de usar SCP-914. Como o intruso usou SCP-914 é desconhecido devido a interrupção de Dr. ██████ durante a rotina de testes. Dr. ██████ parece ter sido [DADOS EXPURGADOS], resultando na única fatalidade causada pelo intruso.

SCP-407 Parece ter sido deletado dos sistemas da Fundação durante este período, então os indivíduos envolvidos na invasão são suspeitos. Se isso significa que o arquivo foi totalmente destruído, ou se está nas mãos desse grupo clandestino, é atualmente desconhecido.

Um curto bilhete foi encontrado dentro da câmara de SCP-914; este bilhete contem é a única fonte de conhecimento que a Fundação possui sobre este grupo desconhecido. [Ver documento X23-01]

Documento X23-01:

Prezados senhores da Fundação

Atrás das armas e protocolos vocês se escondem; desesperadamente aprisionando o inefável, enquanto vocês mesmos estão aprisionados em suas própias gaiolas de medo e ignorância. Vocês se imaginam os pastores, guiando o rebanho dos imprudentes pela noite, mas vocês mesmos são tão abalados por medo em sua confusa arrogância, que acorrentaria o sol no céu, apenas para controlar as noites diárias. Vocês contem os anjos mensageiros com três digitos e quatro paredes. Você não vê a cegueira com que você anda e golpeia com sua espada? No dia final, você conteria o própio Black Surtr com medidas e ciência, condenando-nos à uma eternidade estáticas enquanto você segura as chamas purificadoras dele?

Eu não peço que não aja, mas que aja com sabedoria e coração; um não deve ser seduzido pela escuridão ou cegado pela luz, mas caminhar firmemente no crepúsculo e admirar todos os reinos. Ande pelo mundo de fogo descalço e você descubrirá que não tem as cicatrizes que nem sabia que tinha.

E com todo seu medo, você falha em ver os velhos deuses que todos nós somos, e incapaz de aceitar essa soberania, deter tanto a sabedoria e essência de aqueles que levariam o mundo além do mundano. Não seja tão ansioso para segurar as ondas da destruição, que você pise e amasse qualquer corajosa erva-daninha que cresça em seu mundo monocromo. Tal ordem sufoca o caos, e oque é caos exceto vida?

Eu tenho uma ultima verdade; o jardim é o lugar da serpente; a divindade de medo e ordem que vem andar no frio ar da tarde são apenas visitantes. Não falhe em ver o mal se escondendo na luz, nem a beleza aromática da flor mais pálida da escuridão.

Atenciosamente,
L.S.

P.S. – você me agradecerá por ter deletado oque você chama de ‘407’

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License