Proposta de Jonathan Ball
avaliação: +3+x

Item nº: SCP-001

Classe do Objeto: Keter

Procedimentos Especiais de Contenção: Até o dia de hoje, nenhum procedimento de contenção adequado foi desenvolvido para lidar com a possível ameaça representada por SCP-001. Isso se deve, em parte, à natureza controversa do item e de debates em relação à necessidade de sua contenção. Essa controvérsia é refletida na classe de objeto variável e nos procedimentos utilizados em sua contenção. A atual administração, apesar de acusações de paranoia, classificou o objeto como Keter, enquanto solicitam permissão para uma classe de objeto maior a ser criada e aplicada unicamente a esse item, considerando-o como o mais perigoso dos itens conhecidos e possíveis. A razão para essa classificação e das atitudes variáveis em relação à SCP-001 são tratadas na descrição e anotações.

Atualmente, SCP-001 está localizado em uma pasta trancada por código feita de polímero reforçado de alta resistência. A sala e a pasta devem ser monitoradas a todo momento por câmeras de segurança. A pasta não deve ser aberta sem a autorização especial e unânime dos oficiais do O5. A pasta em si está armazenada em uma sala única, pequena e iluminada, em uma construção erguida em ███ ██████ ██████. Funcionários de Classe D são ordenados a vigiar a construção mas não devem entrar sem a concordância já mencionada dos oficiais O5, sob a ameaça de exterminação imediata. Essa construção existe para o único objetivo de abrigar SCP-001 e está ligada a fios para detonação em uma situação de emergência.

É a opinião da administração atual que SCP-001 representa a maior ameaça já existente à segurança nacional e global. Mesmo assim, devido às circunstâncias especiais em relação ao seu modo de funcionamento, pesquisas adicionais no item não são permitidas, apesar de sua promoção no passado, quando SCP-001 era contido em condições de segurança mínimas.

Descrição: SCP-001 é um simples maço de papéis, grampeados no canto superior esquerdo. A primeira folha é uma folha de capa na qual está escrito simplesmente, “Relatório Confidencial em Itens Especiais – Secreto.” O número de papéis subsequentemente grampeados a essa folha de capa é indeterminado, e já variou de três a trinta. O relatório não está assinado e sua origem é desconhecida.

A primeira aparição desse relatório foi no ███████ █, ████, quando apareceu na escrivaninha de ████████ █████ (falecido). O relatório naquele momento descrevia “A Sala ‘Viva’” (SCP-002). Pouco após ler o relatório com incredulidade, o ████████ █████ foi contatado via telefone em relação ao item dito. Na próxima vez que o ████████ █████ examinou SCP-001, ele descrevia não a “Sala ‘Viva’”, mas sim a “Placa-mãe Biológica” (SCP-003). ████████ █████ fechou imediatamente SCP-001, pensando que era um relatório diferente, e procurou pelo relatório original em relação à SCP-002. Não encontrando-o, ele abriu novamente SCP-001, e dessa vez ele descrevia não SCP-003, mas as “12 Chaves Enferrujadas e a Porta” (SCP-004). ████████ █████ fechou o relatório novamente e o abriu imediatamente, lendo sobre a “Chave Esqueleto” (SCP-005). Não se sabe quais foram as próximas ações de ████████ █████. Em momentos variados após este incidente, os itens mencionados acima foram descobertos.

Não há pesquisas suficientes a respeito da correlação entre SCP-001 e todos os outros itens conhecidos. Porém, foi estabelecido que a cada evento de descobrimento de um novo item SCP, um novo relatório do mesmo item aparece debaixo da folha de capa de SCP-001. A administração atual considera essa coincidência como prova de conexão causal.

Observações Adicionais: Seja SCP-001 considerado um sistema de avisos antecipados ou SCP-001 em si o criador dos itens que necessitam de contenção especial resta a ser descoberto. Porém, a distinção não é importante aos olhos da administração atual. Um fato permanece: nenhum item SCP novo aparece a menos que SCP-001 seja aberto e lido. É por essa razão que a administração atual se recusa a repetir os erros do passado, erros que resultaram em mais de mil itens SCP chegando ao conhecimento da unidade SCP.

Argumentos em relação à não-letalidade de SCP-001 em si, seu uso teoreticamente benéfico como um sistema de avisos SCP, ou seu uso como progenitor de armas biológicas e não-biológicas avançadas não abalaram a administração atual. Assim como argumentos criticando os procedimentos de contenção extremos aplicados em respeito a um item que não apresenta qualidades nefastas e não é animado como tal. Críticos são lembrados de que esses procedimentos têm a intenção não de conter o item em si, mas de isolá-lo da interação humana, que deve ser vista como a verdadeira ameaça.

Embora a administração atual se recuse a remover o objeto de sua isolação, barrando-o com a autorização especial observada acima, administrações passadas se aconselharam diariamente com o item, e administrações futuras, sem dúvida, irão se aconselhar com um comportamento similar. Mesmo assim, é a opinião da administração atual que, barrando a destruição de SCP-001, ele será contido até o tempo que a responsabilidade por sua contenção caia nas mãos de administrações futuras.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License