Cultura de Memes
avaliação: 0+x

Ato II - Cena III

Interior da sala de conferências. Crystal-INE, Henry, Evelyn e Chandler estão sentados em seus assentos, olhando para o lugar de Michael, que está vazio. Em seu lugar está uma caixa telefônica com o telefone voltado para cima. Ouvimos a voz de Michael saindo do telefone.

Conforme a conversa avança, Henry está aparentemente focado em algo não relacionado, embora não esteja claro o quê. Ele encara as próprias mãos e mímica folhear documentos, embora não esteja segurando nenhum.

MICHAEL
Certo, a gente se certificou de que as vespas foram alimentadas desta vez?

CHANDLER
Sim.

MICHAEL
Bom. Me desculpem de novo que não posso estar ai, os O5 estão completamente sobrecarregados com essa coisa da Coreia do Norte, então Laura me deu um monte de tarefas organizacionais e agora estou supervisionando temporariamente a contenção de alguma divindade antiga, algo chamado Kor… Korothile Limagnar?

CHANDLER
(o rosto de chandler se acende)
Korothyl Li'imangar?

MICHAEL
(surpreso)
Oh, tem interesse pelos mitos de Razhilkan, Chandler?

CHANDLER
Sim, na verdade estou fazer um pouco de pesquisa sobre isso, onde você disse que a divindade estava presa?

MICHAEL
Uhh… Só verificar com o Crystal-INE depois, nós precisamos nos concentrar nisso agora. Bem, vocês precisam se concentrar nisso agora… Eu preciso voltar ao meu excesso de papelada, então estou deixando Evelyn no comando.

EVELYN
Calma, eu?

MICHAEL
Sim… você tem a liberação mais alta do que qualquer outra pessoa, pensei que faria sentido.

EVELYN
Oh, não não não, minha liberação só é assim porque lidar com anomalias temporais dá acesso a todos os outros arquivos do sítio, por se tratar de uma ciência tão precisa. Não sou mais experiente do que ninguém aqui.

MICHAEL
Você ainda pode estar no comando, isso não depende muito do nível de liberação

EVELYN
Desculpe, eu simplesmente não consigo me ver comandando os Filhotes Confusos.

MICHAEL
Os o quê?

EVELYN
Nós somos os Filhotes Confusos, esse é o nome da nossa equipe.

MICHAEL
(suspirando)
Ah, certo… bem… ok então…

CHANDLER
Eu poderia comandar o grupo, Michael.

MICHAEL
Que tal… uhhh… que tal você, Henry?


Henry imita colocar uma pilha de papéis na mesa e olha para o telefone.

HENRY
Ah, na verdade, eu não estou aqui agora. Estou no meu escritório no momento.

MICHAEL
O que?

EVELYN
Henry está usando aquele negócio de holograma em que a Jazz estava trabalhando alguns meses atrás para que ele pudesse estar na reunião enquanto ainda está em seu escritório.

HENRY
Só não tentem me tocar, nós todos sabemos o quão bem isso deu da última vez que essa coisa foi testada.

EVELYN
Pobre Romano nunca mais conseguiu crescer cabelo naquele lugar.

MICHAEL
Calma, então por que você não está fisicamente aí, Henry?

HENRY
(segurando a pilha invisível de papéis)
Laura também me deu um pouco da papelada dela, ao que parece. Estou redistribuindo as criptografias para todas as senhas Keter. Na verdade, coincidentemente, acho que essa vai para aquele seu cara, o Korath.


Chandler se anima imediatamente.

CHANDLER
Qual a senha?

HENRY
Aha, desculpe amigo, eu não deveria falar sobre essas coisas remotamente. De qualquer forma, estarei ouvindo, só finjam que estou ai.


Henry volta a folhear os documentos inexistentes.

MICHAEL
Bem então…

CHANDLER
Michael? Michael, eu posso comandar a equipe.

MICHAEL
Eu… Eu suponho, já que Evelyn não quer e Henry não está disponível, e Crystal-INE é-

CRYSTAL-INE
Um computador-

MICHAEL
Isso, sim, você pode ser o líder da equipe, Chandler.

CHANDLER
Excelente! Isso… isso vem com alguma mudança na liberação? Talvez privilégios aumentados para-

MICHAEL
Ah, meu deus, não, é apenas um título informal para esta reunião. Falando nisso, eu realmente tenho que voltar a isso, mas por favor, encontre uma maneira de lidar com essa situação, porque o público nos odeia agora. Boa sorte.


Ouve-se um clique mecânico, após o qual Evelyn pega o telefone e o coloca na caixa telefônica.

CHANDLER
Tudo bem então… vamos juntar nossas cabeças e fazer alguns planos…


O grupo se encara e a mesa sem jeito. Chandler parece estar fundo em… algo. Pensamento, talvez, mas seu rosto se contorce em muitas formas e expressões que são impossíveis de ler como um todo. Após cerca de dez segundos disso, ele balança a cabeça em aprovação para si mesmo e olha para o grupo.

CHANDLER
Já sei.

EVELYN
(cética)
Já? Qual é sua ideia?

CHANDLER
O público está em nossas gargantas agora, certo? Eles estão procurando por respostas.

EVELYN
Respostas sobre o incidente da Coreia do Norte, sim-

CHANDLER
Não, não, não, não o incidente da Coreia do Norte, todo mundo já se cansou daquilo a essa altura.

HENRY
(levantando os olhos dos papéis invisíveis, preocupado)
Chandler, com todo o respeito, não acho que isso seja verdade.

CHANDLER
Confie em mim, eu sei, isso está por todas as redes sociais. Todo mundo está puto por causa do negócio dos Classe-D.

EVELYN
Digo, sim, mas eu acho que o negócio da Coreia do Norte é muito mais urgente, e-

CHANDLER
Só… só espere. Me ouça, ok?


Tanto Evelyn quanto Henry recuam e olham para Chandler, aguardando sua ideia.

CHANDLER
Então, essencialmente-

CRYSTAL-INE
Calma, Chandler, você quer que eu grave isso?

CHANDLER
Você não esteve gravando essa reunião?

CRYSTAL-INE
Meus serviços estão sendo vasculhados no momento em busca de dados antigos sobre anomalias dimensionais, temo que minha consciência esteja um pouco… fraturada. Então estou tentando economizar energia onde posso, isso me ajuda a me concentrar na busca de arquivos.

CHANDLER
… Sim. Eu gostaria que você registrasse essa parte.

CRYSTAL-INE
Ok… pronto.

CHANDLER
Acho que, para dissipar os boatos e até mesmo fazer com que o público fique do nosso lado, precisamos convencer o grupo mais vocal. Aqueles que têm a maior probabilidade de causar mudanças sociais reais.

EVELYN
Então, tipo o quê, estudantes universitários e ativistas?

CHANDLER
Crianças.

HENRY
Crianças?

EVELYN
(risada nervosa)
Chandler… Não tenho certeza se as crianças serão as pessoas mais prováveis de influenciar a opinião públ-

CHANDLER
Pense no quadro geral. Queremos deixar uma impressão duradoura e estabelecer uma posição realmente firme nas mentes desta geração. Se pudermos apelar para um grupo demográfico mais jovem, então em cinco, dez, vinte anos, estaremos vivendo em um mundo onde podemos proteger a humanidade sem impedimentos, até mesmo ajudados pelas pessoas que são crianças agora e serão adultas lá. Quero dizer, vamos encarar, os adultos nos odeiam e eles não vão mudar isso. Mas crianças são maleáveis. Elas respondem aos memes e à cultura pop. E podemos abusar disso.

HENRY
Isso tudo parece um pouco forçado pra mim, eu não acho que-

CHANDLER
Não, não, mas aqui está a melhor parte - é realmente tão fácil quanto estou fazendo parecer. Nós só descobrimos quais são os melhores e mais populares memes, incorporamos eles em um vídeo que também explica os méritos da Fundação e bang. Elas nos amam.

HENRY
Você tem certeza de que isso não vai deixá-los ainda mais contra nós? Eu sinto que, como adultos, sem uma compreensão real de toda essa cultura de memes, nós estaremos obviamente fora do lugar e só vamos parecer idiotas.

EVELYN
Olha, meu filho adora memes e gírias, mas sempre que tento fazer referência a algum deles, ele me chama de "cara criança". Tenho certeza de que as crianças sabem quando estamos blefando.

CHANDLER
Ei, discuta contra isso o quanto quiser, mas sei que isso vai funcionar. E… Michael me colocou no comando, então… vamos com isso.

EVELYN

HENRY

EVELYN
(suspirando)
Eu acho… eu acho que podemos tentar. Você certamente parece apaixonado pela ideia.

HENRY
Ah mas que diabos, por que não, Crystal-INE, faça uma busca rápida e me envie uma lista dos memes mais populares que poderíamos usar em nosso vídeo.

CRYSTAL-INE
Devo priorizar anos específicos, ou…

CHANDLER
Todos, quanto mais, melhor.

CRYSTAL-INE
Certo, Dr. Ozid, acabei de lhe enviar uma lista por e-mail, já que você está em seu escritório. Deixei alguns deles de fora no entanto, tinha esse estranho sobre esconder sete linhas em imagens normais que eu acho que pode ter sido uma coisa de culto.

HENRY
Perfeito, vou dar uma olhada.


Henry mimica abrir um laptop e digitar nele, bem como navegar e clicar. Ele encara, confuso, por alguns segundos.

HENRY
(murmurando para si mesmo)
O que diabos é um "chungus"?

CHANDLER
Obrigado Henry, e Crystal. Vocês vêem? Podemos fazer isso funcionar! Vou começar a escrever um rascunho e entregá-lo a todos para que possamos pensar nos planos para fazer com que isso aconteça.
(se levantando)
Isso vai ser ótimo, pessoal. Eu realmente tenho um bom pressentimento sobre isso!


Antes que alguém possa comentar, Chandler sai do palco. Evelyn olha para Henry, preocupada, e deixa escapar um sorriso falso de esperança cética, acompanhado por um encolher de ombros indiferente.

EVELYN
Vai ficar tudo bem… certo?

HENRY
Eu… eu realmente espero que ele saiba o que está fazendo.

EVELYN
Sim…


Os dois ficam sentados em silêncio, seus rostos ficando cada vez mais preocupados, até que as luzes se apagam alguns segundos depois.
Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License