Dossiê de Funcionários e Personagens

DOSSIÊ INTERNO DA FUNDAÇÃO

A Fundação é feita de vários funcionários, cada um trazendo habilidades e proficiências individuais para sua frente. Fora da Fundação há milhares de pessoas vivendo dentro e em volta de comunidades anômalas. Anartistas, usuários de mágica e seres extradimensionais são algumas poucas instâncias do quê a Fundação tem encontrado.


O CONTEÚDO DESSE DOSSIÊ É RESTRINGIDO A FUNCIONÁRIOS NÍVEL 4 OU ACIMA.

Dr. Lakshimi Agarwal: Uma afastada e tensa especialista em comportamento animal, com uma conexão misteriosa a uma entidade perigosa de classe Keter. Lealdade à Fundação é questionável, envolvimento romântico com seus sujeitos é provável, envolvimento com a Mão da Serpente é suspeitado.


Dr. Charles Anborough: Diretor do Sítio-59 e 117, especialista de contenção Keter. Curioso e aleijado, um fisicista nuclear que não consegue se afastar de ameaças cataclísmicas. Felizmente, graças a uma combinação absurda de improvisação e milagres, ele aparenta ser o melhor homem para o trabalho. Seu sorriso triste e humor seco escondem o passado confuso, de um homem sempre procurando por respostas.


Dr. Django Bridge: Arquivista da Fundação. Quieto porém influencial, com um toque de melancolia e extravagância. Memória extraordinária. Conhecido por tratar e ser tratado por Dr. Bright pelo primeiro nome, e frequentemente tem agido como um assistente de informações para o mesmo.


Dr. Jack Bright: Diretor de Funcionários da Fundação. Um pouco amoral. Extremamente leal à Fundação. Pode ou não ser amigável e/ou assustador; é certamente franco. Ligado a SCP-963, logo é imortal, usando o corpo de qualquer coisa que 963 tocou por último.


Dr. Jeremiah Cimmerian: Um contato do Comitê de Éticas que leva seu trabalho só um pouco sério. Ele nunca pensou que seu doutorado em Literatura Inglesa e sua graduação em Filosofia realmente ajudariam a mantê-lo empregado, mas o primeiro o fez ser recrutado pela Fundação como um pesquisador, e o último segurou seu emprego a longo prazo. Tem um interesse incomum em trocadilhos e o tratamento ético de humanoides.


Dr. Alto Clef: Um mentiroso esperto e altamente adaptável. Antigo operativo da COG, se especializando em dobradores de realidade.Também antigo arquivista. Sofreu alterações anômalas que habilitam resistência a mudanças de realidade e previnem que seu rosto seja fotografado. Tem uma longa e marcada história, e um traço meio escondido de auto-ódio. Misógino reformado. A maioria de rumores sobre ele são exagerados ou fora do alvo. Não o chame de gênero-compreensivo ou enigmático.


Pesquisador Jacob Conwell: Analista de Materiais Anômalos. Mestrado em Química Analítica. Atual chefe do Laboratório de Materiais do Sítio-64. Frequentemente chamado, Conwell fez um nome para si mesmo na Fundação como um trabalhador esforçado.


Dr. Kain "Pathos" Crow: Pesquisador prodígio transdisciplinar, especializando particularmente em Bioquímica e Robóticas. Raramente, se alguma vez, visto em público. Pode ou não ter sido permanentemente transformado em um corpo tipo-cachorro, como resultado de um evento anômalo em particular.


Dra. Chelsea "Fotossintética" Elliott: Especialista em plantas, anômalas e não-anômalas. Dedicada, amigável, propensa a falta de visão periférica. Frequentemente em campo; excessivamente ‘manual’ em sua pesquisa de laboratório e campo, levando a uma grande quantidade de ferimentos. Cicatrizes cobrem suas mãos e braços.


Dr. Charles Gears ("COG"): Um homem estranhamente escasso em resposta emocional (ao ponto de ser escasso em resposta à surpresa) e possuindo níveis incomuns de lógica e intelecto. Antes especialista em objetos de classe Euclídeo, até ter sua área de especialização expandida. Foi profundamente envolvido com pesquisas lidando com uma quantidade realmente chocante de objetos SCP, tanto maiores quanto menores. Uma figura de grande influência na história recente da Fundação.


Dr. Simon Glass: Chefe de Psicologia. Confiado com executar avaliações psicológicas de funcionários em posições altas da Fundação. Muito empático. Ás vezes considerado "mole" – e isso é verdade, para um pesquisador da Fundação, mas ele ainda é bem confiado. Durante o período de suas entrevistas, ele ganhou conhecimento de mais e mais segredos terríveis, e ainda sim mantém sua sanidade e empatia.


Dr. Frederick Heiden: Especialista em Neurologia. Ansioso, incerto, empático, focado em lógica. Envolvido em vários projetos altamente classificados, apesar de inicialmente ser barrado de todo objeto não-Seguro.


Dr. Everett King: Um dos matemáticos mais experientes da Fundação, a reputação de Doutor King foi, ainda sim, tomada pelo seu registro de testes envolvendo resultados incomuns. Apesar disso, ele regularmente contribui para palestras intelectuais da Fundação.


Dra. Zyn Kiryu: Pesquisadora altamente prolífica. Envolvida em vários projetos classificados da Fundação. Obsessiva, impulsiva, frequentemente não comendo ou dormindo em favor de finalizar tarefas. Se uniu à Fundação antes de terminar sua educação; terminou-a por meio de um programa acelerado da Fundação. Inicialmente fechada e afastada, abriu-se devido a uma série de ambições latentes. Ela frequentemente se volutaria para lidar com novos membros da Fundação, esperando dar a novos membros uma introdução positiva, a uma organização muitas vezes profundamente horripilante. Tem um gosto privado por poesia. Acidentalmente herdou a afiliação com borboletas anômalas do ausente Dr. Kondraki, incluindo SCP-408, após o desaparecimento do mesmo.


Dr. Mark Kiryu: Pesquisador sênior e diretor de um laboratório processador de itens anômalos. Após recrutamento inicial, teve uma carreira de sucesso como um terapeuta (psicologista licenciado). Trabalhou extensivamente com SCP-1457 em seus primeiros anos com a Fundação, mas não comenta sobre, e liderou diversos projetos envolvendo entidades sapientes SCP. Atitude animada e um bom ouvinte; cuida de seus companheiros de trabalho e internos, às vezes como uma mãe ganso. Tem um cavalo-marinho de cerâmica e um vaso de bambu em seu balcão.


Dr. Adam Leewad: Emocionalmente confuso e eticamente conflitado, especialista de contenção humanoide para Sítio-11 e vivendo no Sítio-81. Pode ou não ter feito alguns erros, pode ou não pode ter limpado alguns erros. Não sem o grau padrão de frieza em traços de personalidade, mas com alguns pontos fracos (às vezes dolorosos).


Dra. Sophia Light: Biologista, cirurgiã e Diretora de Sítio com muitos, muitos segredos. Uma pessoa simpática, porém assustadora. Franca, determinada, calculista; boa sob pressão. Botando esforço em continuar amigável e aberta (e emocionalmente estável). Possui pequenas cicatrizes faciais e um ferimento antigo em sua mão esquerda, às vezes dificultando sua funcionalidade. Infância levemente traumática; cuidadores a forçaram a aprender sobrevivência ao ar livre, deixando-a abandonada na selva Africana durante dias até acabar. Se uniu a Fundação após um incidente anômalo classificado, que matou onze pessoas, incluindo sua então-noiva. Atualmente ou anteriormente romanticamente ligada à Troy Lament.


Dr. Everett Mann: Pesquisador médico não-convencional com poucos escrúpulos e uma especialização em formas incomuns de cirurgia. Referido de brincadeira como "cientista maluco". Ás vezes não brincando. (Ele se objeciona ao termo "cientista maluco", afirmando que "doutor maluco" seria mais correto, e clamando que a diferença deveria ser plena para qualquer um com um histórico acadêmico formal para falar sobre). Facilmente disposto a fazer coisas monstruosas no nome da pesquisa. Possui um bigode dramático. Devido à sua criação, seus conhecimentos culturais e populares estão lamentavelmente fora da validade, levando à situações anacrônicas e ridículas.


Dr. Riven Mercer: Pesquisador focado em Veterinária, o segundo em comando de Kiryu Laboratórios. Lida com alocação de funcionários para cachês recebidos de itens anômalos e frequentemente entra em tarefas externas. Bom com animais, e é dono de um lagarto-dragão barbado e rabugento, que vive no laboratório.


Pesquisador Técnico David Rosen: Conselheiro Técnico e Pesquisador. Responsável por garantir a funcionalidade contínua da infraestrutura técnica do Sítio-19. Conhecido por ser ácido e marginalmente propenso a acidentes, ele também gerencia os departamentos técnicos da instalação muito bem, e é popularmente visto como um líder frugal.


Dr. Johannes Sorts: Especialista em memética e pesquisador de campo, com um doutorado em História da Arte. Caucasiano, fim dos 30, desarrumado com cabelo marrom grisalho. Ligeiramente acima do peso, geralmente usa um boné cinza. Obsessivo, covarde e paranoico em situações mundanas, mas sólido e focado quando na presença de riscos baseados em memética ou informação. Múltiplos relatos disciplinares por má escolha de ação sob pressão, incluindo o baleamento de um guarda sob minha influência. Atualmente sob avaliação psiquiátrica e restringido a projetos mais seguros.


Dr. Thaddeus Xyank: Pesquisador atualmente de baixo-nível, mas extremamente significante da Fundação. Se especializa em anomalias temporais. Um pouco arrogante e verboso, mas considerado um potencial gênio.


Dr. Jaime Marlowe: Pesquisador comum, especializado em anomalias de espaço-tempo, extradimensionais, visuais, espaciais e riscognitivas. Previamente descrito como "dolorosamente, dolorosamente, dolorosamente comum", mais notável por incidentes menores interpessoais e ataques inapropriados sob estresse. O perfil de Marlowe aumentou levemente devido a conexões inexplicadas a eventos anômalos não-relacionados, que aparentam haver aumentado em frequência.


Dra. Katherine Sinclair: Chefe ativa – e um dos únicos dois membros – da divisão de Estudos Ocultos e Taumaturgia do Sítio-87, em Sloth's Pit, Winsconsin. Se envolveu em vários incidentes, incluindo a invasão de Sloth's Pit, pelo agora extinto Grupo de Interesse Reino de Satyr, e o Incidente de Natal de 2014. Tem cicatrizes de queimadura nos seus antebraços, de um ritual de fogo falho.


Dr. Michael Edson: Pesquisador Nível-3, atual chefe do departamento de Metaficção do Sítio-19, assim como seu único membro. Dr. Edson recebeu ação disciplinar em múltiplas ocasiões, devido a um padrão repetido de comportamento não-autorizado e mal concebido. Esses comportamentos resultaram em sua transferência temporária para a base Antártica do Sítio-██. Sua tarefa atual no Sítio-19 é contingente de aprovação de seu terapeuta encarregado.


​​​
Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License