Relatorio De Inimigo De Estado 013
avaliação: +6+x

SUPERINTENDÊNCIA BRASILEIRA DO PARANORMAL
Comandante Ednardo D'Ávila Mello

RELATÓRIO DE INIMIGO DE ESTADO 013

NOME: Alexandre Vannucchi Leme

IDADE: 22 anos

SEXO: Masculino

ESTADO CIVIL: Solteiro

NATURALIDADE: Sorocaba - Estado de São Paulo

PROFISSÃO: Estudante

ATIVIDADE: Integrante da Ação Libertadora Nacional/Liderança do movimento estudantil da Universidade de São Paulo (USP)/Participante de ações armadas contra o governo/Participante de manifestações contra o governo


CARACTERÍSTICAS PARANORMAIS: Efeito cognitivo - Percepção alterada de sua localidade, história e existência. Alterações incluem, mas não estão limitadas a: Esquecimento da aparência do Inimigo de Estado, esquecimento do paradeiro do Inimigo de Estado, esquecimento da existência do Inimigo de Estado. Tais pontos permanecem mesmo com a atualização das informações. Os efeitos se manifestam ao observar o rosto do Inimigo de Estado 013 por completo. Efeitos duram cerca de duas semanas e podem ser reativados caso o Inimigo de Estado seja observado novamente. Qualquer obstrução do rosto do Inimigo de Estado inibe suas características paranormais. Representações gráficas do Inimigo de Estado mantém as características paranormais do mesmo.

AÇÕES TOMADAS: O Grupo de Pesquisa A-05 foi formado no dia 28/02/1973 pelo Diretor de Departamento ███████ ██ ██████ com o objetivo de encontrar uma forma de bloquear os efeitos paranormais causados pelo Inimigo de Estado 013. Foi possível criar o Dispositivo Portátil de Bloqueio Cognitivo (DPBC)1 no dia 05/03/1973. Testes foram feitos para confirmar a efetividade do dispositivo. No dia 17/03/1973 o alvo foi eliminado em uma das sedes da ALN no centro da cidade de São Paulo pelo agente infiltrado ██████ ██████. O agente, armado de uma pistola Colt .45 e do DPBC, realizou a ação após uma reunião na sede em uma rua próxima ao local por volta de 08:00 da noite, o corpo foi encoberto com sucesso e foi lançado ao público uma versão da morte sustentada por um acidente de trânsito.

NOTAS: "Foi determinado pelo DOI-CODI que a Superintendência Brasileira do Paranormal se encarregasse do caso do Inimigo de Estado 013 por suas capacidades paranormais. O objetivo principal é a eliminação (visto o gasto de recursos com a tentativa de captura) do Inimigo de Estado 013. Determino o armazenamento do DPBC para uso em operações que envolvem Objetos Paranormais de características semelhantes às do Inimigo de Estado 013"

— Comandante Ednardo D'Ávila Mello

ORDEM E PROGRESSO

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License