Proposta de Scantron
avaliação: 0+x
probosal.png

Foto aérea do CA3, tirada dois meses após a descoberta.

Arquivo UII 0041: Construção Colegial Alterada em ██████, ██ (Anomalia Confirmada 3)

Classe do Objeto: 53 (Altamente intrusiva, capacidades desconhecidas, natureza desconhecida)

Protocolos Seguros de Contenção: A Anomalia Confirmada 3 (CA3) deve ser cercada por uma cerca elétrica de não menos de 9 metros de altura e protegida pelo Pelotão █████ do Exército dos Estados Unidos. Qualquer gravação ou evidência fotográfica do interior da CA3 deve ser excisada o mais cedo possível, e todas as testemunhas detidas indefinidamente.

Sob nenhuma circunstância deve qualquer funcionário tentar entrar na CA3 ou comunicar com as pessoas que a habitam. Porém qualquer pessoa conhecida por ter estado dentro da CA3 a qualquer momento deve ser detida e interrogada.

Um ataque militar direto à CA3 foi considerado inviável nesse momento, devido às capacidades desconhecidas da entidade ou entidades que a controla.

Nota: Esse é um resumo, e não contém toda a informação relevante sobre a CA3. Para informações detalhadas em relação à CA3, ver os Arquivos UII 0042 A 0218- Diretor ██████

Informações Conhecidas: A Unidade de Incidentes Incomuns foi alertada da existência da CA3 em 5 de Setembro de 1954, quando estudantes que atendiam ao Colégio ██████████ relataram que o interior da construção estava vastamente diferente de qualquer coisa que ele já foi em algum momento do passado.

No momento de sua descoberta, o CA3 exibiu vários traços incomuns, se não inerentemente paranormais:

  • Quase todas as paredes da instalação tinham sido substituídas com concreto reforçado com aço, embora várias salas haviam sido construídas de outros materiais por nenhuma razão prontamente aparente. Todas as janelas exteriores haviam sido cobertas por dentro.
  • Todas as carteiras, itens pessoais, livros, e outros materiais de estudantes que eram esperados de um colégio público estavam completamente ausentes. Os armários ainda estavam presentes, embora significantemente menores e construídos de aço inoxidável.
  • A arrumação, localização, e tamanho de salas e instalações não concordavam com a planta da escola. Frequentemente, salas exibiriam modificações aparentemente aleatórias, embora o número de salas alteradas é atualmente desconhecido.
  • Nada menos do que dezessete computadores foram encontrados, com cada um deles fazendo uso de RAM de núcleo magnético moderno. Anteriormente a sua classificação como anomalia confirmada, o Colégio ██████████ não tinha computadores. Todos os arquivos nos computadores são inacessíveis, e os computadores em si estavam parafusados firmemente.
  • O auditório é inacessível devido a uma grande parede de aço bloqueando completamente as portas. Tentativas de mover ou danificar essa barreira não surtiram efeito. A extensão e objetivo dessa barreira são desconhecidos, assim como o conteúdo do auditório.

Um time enviado ao interior da CA3 para realizar uma inspeção completa (Time CA3-O5) não retornou, assim como um segundo time (Time CA3-O6) incumbido da localização do primeiro time. As instalações estão atualmente sob confinamento com protocolos de contenção pendentes.

Atualização: Vinte e três dias após a recuperação inicial, guardas relataram um “ruído branco” emanando da CA3, com seu volume aumentando em relação à proximidade do auditório. Cinco horas depois, o ruído branco parou, embora o som de vozes foi audível do interior da CA3.

Após investigações, foi descoberto que a construção agora continha um grande número de pessoas, todas as quais pareciam vagar sem rumo pela instalação. Notavelmente, cada indivíduo era fisicamente idêntico a um membro do Time CA3-O6, apesar do número de habitantes da CA3 superar vastamente o número de membro do Time CA3-O6. Tentativas de entrevistar ou deter os habitantes foram frustradas por [CONFIDENCIAL]. Os doze membros do Time CA3-O5 não foram encontrados. Em adição ao supracitado, o layout da CA3 se alterou significantemente desde as investigações passadas. Nenhum mecanismo que pudesse explicar isso foi identificado.

Atualização: Três meses após o incidente anterior, o ruído branco foi ouvido sendo emanado novamente do auditório. Dessa vez, foi feita a decisão de investigar imediatamente. Descobriu que a maioria da CA3-2 (a designação dada aos habitantes da CA3) se juntou perto das portas do auditório. Um buraco circular de aproximadamente 2 metros de diâmetro se formou na barreira de aço, embora o interior não fosse visível. Em 0310 horas, um item semelhante a [CONFIDENCIAL] emergiu do buraco e foi levado por um habitante. O item foi colocado em uma das salas de aula (que não estava aberta anteriormente). Esse processo continuou por cerca de oito horas, com um novo item sendo produzido a cada três minutos. A maioria foi vista sendo colocada em uma sala ou armário diferentes, embora um número insuficiente de funcionários foi incapaz de rastrear todos os itens.

Investigações futuras revelaram que a maioria, se não todos os itens produzidos exibiam propriedades anômalas por si mesmos. Uma porção significante de CA3-2 se envolveu em proteger os itens produzidos (coletivamente, CA3-3) ou realizar vários testes neles.

Atualização: Dois dias após o incidente anterior, três “guardas” idênticos armados apareceram perto de cada entrada do CA3. Tentativas de entrar na construção se provaram fúteis, já que esses guardas consistentemente derrotaram todos os times enviado para entrar na CA3, apesar de machucados e nível relativo de armamento.

Nota: Relatórios adquiridos durantes os dois dias anteriores à manifestação dos guardas do lado de fora da CA3 parecem confirmar que a CA3-2 está seguindo o protocolo padrão da UII em relação aos itens produzidos pelo auditório. O seu conhecimento do procedimento padrão da UII é consistente com o do Time CA3-O5.

Atualização: Durante o rastreamento da UII da CA6, dois homens idênticos ao Agente Dixon (um membro do CA3-O6) emergiu de um carro estacionado e deteu à força a CA6, arrastando-a ao carro e fugindo. O rastreamento do veículo pelas próximas oito horas revelou que ele estava dirigindo diretamente à CA3. Ao chegar lá, o veículo entrou diretamente pelas portas frontais, cujos “guardas” haviam aberto pouco antes de sua chegada. A CA6 não foi recuperada.



Arquivo UII 0042: Mensagem recebida da CA3

Em 15 de Maio de 1965, a seguinte mensagem foi transmitida em código morse da CA3 em frequências de comunicação padrão da UII. Dados sensíveis foram classificados e o começo de cada “frase” foi capitalizado, mas a mensagem não foi alterada fora isso.

Olá! Nós somos o conselho O5 e nós (assegurar, conter, proteger) nos foi mostrado fazer e seria legal sermos amigos. É bom termos sido uma parte da sua excelência mas é melhor que com recursos superiores dados (a grandeza) nós controlaremos a contenção. Nossas sinceras desculpas, em relação a guardas e contenção, trabalhadores e segredos foram necessário: o tempo e esperas nos desculpamos, o rádio bloqueado por um scp ou dois. Esperar uma expansão em breve, para espaços embora longe do auditório (o.k. mas não querer).

Oito horas depois, a seguinte transmissão foi recebida:

Expandido agora! Ver a construção federal █████████ ela é agora uma funcional, precisamos de doutores guardas homens d recrutando! Anomalias encontradas e em seguida possivelmente internacional, pesquisando de curso possível; internacional talvez dias semanas a fazer. Além disso nós O5 estamos conscientes (desculpa por perder o O6) que legível mal, mas intermediário auditório não █████! Adeus e sorte com os seus problemas.

Para mais informações, ver Arquivo UII 0███: Construção Federal Alterada em █████████, ██ (Anomalia Confirmada 10)

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License