SCP-002
Avaliação: 0+x
scp002.jpg
SCP-002 em sua área de contenção

Item nº: SCP-002

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-002 deve permanecer conectado a uma fonte de energia adequada em todos os momentos para mantê-lo no que parece ser um modo de recarga. Em caso de falha elétrica, a barreira de emergência entre o objeto e a instalação deve ser fechada e a área adjacente deve ser evacuada. Quando a energia elétrica na instalação for restabelecida, lampejos alternados de raios X e luz ultravioleta devem ser aplicados à área até que SCP-002 seja reconectado à fonte e retorne ao modo de recarga. A área de contenção deve ser mantida com pressão atmosférica negativa em todos os momentos.

Equipes com no mínimo 2 (dois) membros devem estar sempre presentes a 20 metros de SCP-002 ou de sua área de contenção. Funcionários devem manter contato físico entre si constantemente para confirmar a presença uns dos outros, uma vez que suas percepções podem ser entorpecidas, distorcidas ou influenciadas pela proximidade ao objeto.

Nenhum funcionário abaixo de Nível 3 pode se aproximar de SCP-002. Este requisito pode ser dispensado com autorização escrita de 2 (dois) administradores externos de Nível 4. Equipes afetadas por esta dispensa devem ser acompanhadas de pelo menos 5 (cinco) funcionários de segurança Nível 3 durante todo o contato e seus integrantes devem renunciar temporariamente seus níveis e autorizações. Após o contato, a equipe será escoltada a uma distância de, no mínimo, 5 km de SCP-002. Se considerados aptos pela equipe de psicologia, estes indivíduos poderão retornar às suas funções anteriores e seus níveis e autorizações serão restaurados ao final da quarentena.

Descrição: SCP-002 se assemelha a uma massa carnuda e tumoral com volume aproximado de 60m³. Uma escotilha de ferro em um de seus lados dá acesso ao seu interior, que parece ser um quarto normal, de padrões e tamanho modestos. Uma das paredes da câmara possui uma única janela, embora esta abertura não seja visível por fora. O aposento contém mobiliário que, ao ser examinado cuidadosamente, parece ser composto de ossos esculpidos, cabelos trançados e diversas outras substâncias biológicas produzidas pelo corpo humano. Todo o material testado até este momento apresenta sequências independentes ou fragmentadas de DNA para cada objeto no aposento.

Ler o Relatório Mulhausen [ref:documento00.023.603] para detalhes relacionados à descoberta do objeto.

Referência: Até esta data, o objeto foi responsável pelo desaparecimento de sete funcionários. Durante sua permanência na instalação de contenção o objeto se mobiliou com duas luminárias, um tapete, um televisor, um rádio, um pufe, três livros escritos em uma linguagem desconhecida, quatro brinquedos infantis e um vaso com plantas. Testes com diversas cobaias animais, inclusive altos primatas, não provocaram nenhuma reação em SCP-002. Cadáveres também não produziram efeito algum. Seja qual for o processo que o objeto utiliza para transformar matéria orgânica em mobília, este parece só ocorrer com a introdução de seres humanos vivos.

ver Relatório Mulhausen docid:00.023.603

Relatório Mulhausen docid:00.023.603

O documento abaixo é um breve relatório detalhando a descoberta de SCP-002.

O objeto foi descoberto em uma pequena cratera no norte de Portugal, onde atingiu a Terra de sua órbita. Encerrado em uma casca grossa de rochas, o exterior carnudo do objeto foi exposto pelo impacto. Um fazendeiro nativo descobriu o local e relatou a descoberta ao ancião de seu vilarejo. O objeto obteve atenção da SCP quando um agente de Nível 4 posicionado na área detectou uma pequena anomalia radioativa gerada pelo objeto.

Uma equipe de coleta de funcionários de segurança SCP liderada pelo General Mulhausen foi imediatamente enviada para o local, onde rapidamente deteve o objeto em um grande contêiner e realizou testes iniciais utilizando pessoas recrutadas no vilarejo. Três homens enviados individualmente ao interior da estrutura desapareceram. Após descobrir a propriedade letal do objeto, General Mulhausen expediu uma Ordem de Rescisão Nível 4a a quaisquer testemunhas (cerca de 1/3 do vilarejo) para garantir a inexistência de conhecimento externo sobre o objeto, e iniciou seu transporte para a instalação SCP [DADOS EXPURGADOS].

Durante a preparação para o deslocamento, quatro funcionários de segurança SCP foram inexplicavelmente atraídos para dentro do objeto, onde também desapareceram imediatamente. Na inspeção seguinte, foi verificado que diversas peças de mobília haviam "crescido" dentro do objeto, começando a dar a ele a aparência de um quarto. General Mulhausen imediatamente pediu o envio de trajes HAZMAT Classe III para o restante da equipe de segurança, que prosseguiu com a transferência do contêiner até um navio de carga para transporte até a instalação SCP.

[DADOS EXPURGADOS]

[DADOS EXPURGADOS]

Após a rescisão de General Mulhausen, SCP-002 foi detido novamente por equipes SCP e colocado sob contenção especial em [CONFIDENCIAL], onde se encontra presentemente. Após o incidente Mulhausen, funcionários abaixo do Nível 3 foram proibidos de acessar o contêiner contendo SCP-002 sem autorização anterior de pelo menos dois administradores de Nível 4.


Artigo Original//Traduzido por membros do site: http://scp-pt.wikidot.com

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License