SCP-002-EL
avaliação: +3+x

Item nº: SCP-002-EL

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Todas as plantas sob o efeito de SCP-002-EL devem ser contidas na Área-██ em uma estufa dentro do sítio. A área deve ser monitorada diariamente para quaisquer novas mutações. Quaisquer instâncias adicionais encontradas fora de contenção devem ser reportadas imediatamente para oficiais da Fundação. Funcionários que desejarem fazer experimentos adicionais com SCP-002-EL devem perguntar para seus superiores para serem designados à anomalia.

Descrição: SCP-002-EL é um mineral de carbonato com dureza 7 na escala Mohs, com uma composição similar a calcário e calcita, além de traços de enxofre serem encontrados em amostras de ██████ apesar de não coincidir com as circunstâncias geográficas. Sua estrutura cristalográfica não aparenta assemelhar-se a quaisquer estruturas de cristal registrados conhecidos, e após quebrá-lo, diversas instâncias são observadas possuindo bordas irregulares e embotadas e fragmentos. Enquanto SCP-002-EL é reativo com a maioria dos óleos, foram apenas descobertos fracas a quase nenhuma as reações observáveis com bases e ácidos fracos, e não foi demonstrado nenhuma reação observável a bases e ácidos fortes. Após alcançar o ponto triplo, o material assumiu as propriedades de █████, ganhando surpreendentemente baixa viscosidade e perdeu a maioria de sua resistência a ácidos/bases. A causa provável é o aumento da área de superfície e a quebra de ligações entre moléculas.

O mineral parece causar propriedades anômalas a formas de vida baseadas em planta alterando-as permanentemente para se assemelharem a objetos domésticos comuns; mais comumente escadas (Nas quais são classificadas como SCP-002-EL-2), juntamente fazendo o solo ao redor completamente sólido e à prova d'água. Este fenômeno foi primeiramente descoberto em ████████ em 12/5/1997 quando cidadãos relataram um campo de escadas lentamente crescendo do chão, alcançando alturas de aproximadamente 5 metros. O dono do campo Sr. █████ e a Fundação foram notificados. Durante a investigação Agentes tentaram encontrar a causa de SCP-002-EL apenas para descobrir que as escadas possuíam raízes abaixo delas. Enquanto não é certo qual foi a causa disto, e a natureza de SCP-002-EL não foi clara até então, uma história de encoberta foi criada sobre como o campo estava a vazar um fluxo de gases naturais alucinógenos e Sr. █████ foi liberado sob a pretensão de perigo, depois convencido a vender seu campo para a Fundação para pesquisa posterior.

Adendo 002-EL-1: Em 7/4/200█ duas instâncias silvestres de SCP-002-EL-2 foram encontradas próximas à vila de Ampelakia, Larissa. Ambas as instâncias mostraram sinais de serem escaladas. Análise adicional revelou nesta ocorrência que tal demonstrou um comportamento diferente comparado com as instâncias no passado; testes revelaram que tais teriam sido forjadas e plantadas manualmente ao invés de crescer naturalmente.

Testes adicionais da área estão sob revisão.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License