SCP-003
avaliação: 0+x
scp003.jpg
Imagem do circuito de SCP-003

Item nº: SCP-003

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-003 deve ser mantido sob temperatura constante de, no mínimo, 35ºC e idealmente acima de 100ºC. Nenhum organismo vivo multicelular de Categoria IV ou de maior complexidade é permitido entrar em contato com SCP-003.
No evento de uma falha elétrica total, se SCP-003-1 começar a aumentar sua massa, funcionários designados devem entrar em contato corpóreo com SCP-003-1. Idealmente, os funcionários devem utilizar seu calor corporal para manter SCP-003-1 acima da temperatura crítica; porém o contato deve ser mantido mesmo no evento de SCP-003 atingir a temperatura de ativação, o que deve durar no mínimo até SCP-003-1 avançar completamente ao seu segundo estágio de crescimento.

Funcionários que entrarem na área de contenção de SCP-003 precisam ser examinados em busca de parasitas de Categoria IV ou de maior complexidade que possam estar em seus corpos, e esterilizados se existirem organismos presentes. Todo o pessoal que entrar em contato físico com SCP-003-1 deve informar isso imediatamente para se submeterem a esterilização.

SCP-003-1 não deve ser removido de SCP-003-2, exceto nos casos emergenciais descritos acima. Qualquer mudança significativa nas atividades rúnicas de SCP-003-2 (incluindo padrões, frequência ou cores) deve ser reportada dentro de até três (3) horas após a ocorrência. A cessação das atividades rúnicas de SCP-003-2 deve ser reportada imediatamente. SCP-003-2 deve ser alimentado pela fonte elétrica designada Gerador 003-IX em todos os momentos.

Descrição: SCP-003 consiste de dois componentes relacionados, mas de origens distintas, denominados SCP-003-1 e SCP-003-2.

SCP-003-1 é, aparentemente,composto de quitina, cabelo e unhas de origens biológicas desconhecidas similares a SCP-████ e SCP-████, dispostos em uma configuração similar à de uma placa-mãe de computador. Testes revelam que SCP-003-1 é mais antigo que os primeiros circuitos criados em um patamar de milhares de anos. SCP-003-1 é considerado senciente, mas não é ativamente perigoso, exceto em determinadas condições.

SCP-003-1 foi encontrado em um bloco de pedra, SCP-003-2, no qual se encontra atualmente. As runas encontradas em SCP-003-2 não coincidem com nenhuma linguagem conhecida e tremeluzem com tons pálidos.

SCP-003-2 é controlado por um computador interno (não-biológico), cujo conteúdo é praticamente impossível de acessar sem correr o risco de danificar SCP-003-2. SCP-003-2 é capaz de emitir quantidades controladas de radiação, incluindo calor, luz e tipos anômalos de radiação. SCP-003-2 possui uma fonte de energia interna de natureza anômala, que aparentemente vêm perdendo energia desde muitos séculos antes de sua descoberta.

É considerado provável que SCP-003-2 foi criado com o propósito de conter SCP-002-1. Dados recuperados de SCP-003 que foram parcialmente interpretados, podem referir-se a um passado e/ou potencial futuro evento de restruturação de classe-LK causado por SCP-003-1.

SCP-003 foi localizado pela equipe de monitoramento remoto SVR-04 Beta. Parece ser possível que a SVR-04 Beta tenha sido deliberadamente contatada por SCP-003-2. Outras organizações também têm sido alertadas para a existência de SCP-003, possivelmente por meios semelhantes. Apesar desta atividade, SCP-003-2 não parece ser senciente, com base na sua falta de reação notada na análise e procedimentos M03-Gloria.

Quando SCP-003 atinge temperaturas inferiores a 35ºC, ambos os componentes reagem.

Primeiramente, SCP-003-1 entra em um estado de crescimento caracterizado por um aumento exponencial de sua massa. Este estado de crescimento consiste em duas fases. Em ambas, SCP-003-1 utiliza matéria ao seu redor para subsidiar parcialmente seu crescimento, começando com qualquer material inorgânico, incluindo elementos atmosféricos. Em seguida, começa a utilizar elementos orgânicos inanimados, incluindo células mortas de pele, cabelo, quitina, esmalte, queratina e qualquer outro material biológico morto.

A primeira fase sempre é a mesma. SCP-003-1 primeiramente aumentará sua massa, então irá tomar uma forma similar a uma ofiuroide (estrela frágil) de 15 metros de diâmetro (incluindo o que parece ser um processador central de 3 metros de diâmetro). Depois irá formar órgãos sensoriais que parecem escanear o ambiente ao seu redor, e irá converter a parcialmente a área ao seu redor em uma substância anômala não identificada (SCP-003-2 parece ser imune a essa conversão).

A segunda fase descreve uma alteração no crescimento que ocorre quando SCP-003 entra em contato com material orgânico vivo; SCP-003 parece se "auto-modelar" como o material orgânico em questão e irá tentar se comunicar com os organismos que correspondem a seu inicial "modelo" ou "modelos".

Em sua segunda fase, SCP-003-1 pode pausar, diminuir ou mudar seu crescimento, e também, irá converter matéria inorgânica e morta em estruturas funcionalmente similares, enquanto altera anomalamente sua composição física.

Enquanto no primeiro estágio o crescimento é consistente, no segundo, a taxa de crescimento é diminuída em uma razão de 20 a 90% enquanto SCP-003-1 permanecer em contato com matéria orgânica viva. A quantidade de diminuição é determinada pela complexidade do organismo em contato com SCP-003-1, como confirmado através de medições [REMOVIDO], SCP-003-1 aparenta utilizar grandes quantidades de processamento para analisar matéria orgânica viva.

Em cada um dos estágios de crescimento de SCP-003-1, SCP-003-2 libera doses de radiação que inibem temporariamente o crescimento de SCP-003-1 ou o revertem quando a temperatura alcança mais de 100ºC. Emissões de radiação similares podem ser produzidas ou replicadas por outros meios anômalos.

Adendo 003-01: Agindo de acordo com informações coletadas a partir da análise linguística das runas de SCP-003-2 e análises de dados comparativas, a Equipe de Pesquisa M03-Gloria foi capaz de criar um vínculo entre SCP-003 e [DADOS EXPURGADOS] para analisar suas funções. SCP-003-1 deve agora ser considerado senciente e mantido constantemente a, no mínimo, 1 km de distância de [DADOS EXPURGADOS] e do "sub-produto" resultante deste vínculo.

Adendo 003-02: A perda de energia de SCP-003-2 foi exacerbada pelos procedimentos realizados por M03-Gloria. Sob ordens de O5-██, M03-Gloria prosseguirá com os procedimentos.

Adendo 003-03: Durante os procedimentos realizados por M03-Gloria, SCP-003-1 duplicou sua massa e deu início a um crescimento estrutural acelerado. A temperatura foi imediatamente revertida a 100ºC. O crescimento de SCP-003-1 continuou por 9 minutos e 6 segundos e parou após receber um pico de radiação produzida por SCP-003-2. Em seguida, SCP-003-1 reverteu ao seu estado normal após 3 minutos e 39 segundos. As novas formações então se dissolveram, transformando-se em poeira residual que foi coletada para análise. Ambos SCP-003-1 e SCP-003-2 cessaram completamente todas as atividades detectáveis. SCP-003-2 não voltou a funcionar até ser conectado à uma fonte de alimentação externa. Suas runas brilharam uniformemente em um tom cinza, e suas atividades normais só reiniciaram após três (3) horas. SCP-003-2 não é mais, aparentemente, capaz de manter a área de contenção a uma temperatura superior a 35ºC sem auxílio da fonte de energia externa fornecidas pelos designados Geradores 003-III até IX.

Adendo 003-04: O procedimento descrito no Adendo 003-03 foi repetido e SCP-003-1 entrou novamente em estado de crescimento. Após 10 minutos e 13 segundos, SCP-003-2 produziu novamente um pico de radiação. O crescimento de SCP-003-1 parou por 36 segundos, e depois continuou com velocidade normal.

Após quadruplicar sua massa inicial, SCP-003-1 formou um casco e um corpo coesos. Após sondar o ambiente ao redor e converter parcialmente a sua área de contenção, SCP-003-1 então violou a contenção, entrando na sala de observação onde estavam presentes nove membros da equipe M03-Gloria. Ao entrar em contato físico com os indivíduos da equipe, SCP-003-1 os englobou em apêndices que cresciam rapidamente e SCP-003-1 deteve seu crescimento por 15 minutos. SCP-003-1 então retomou o crescimento normal e reorganizou os componentes de seu centro formando um humanoide do sexo feminino de três metros de altura, com seus "tentáculos" periféricos mudando de lugar para formar o "cabelo" e a coluna vertebral da nova forma. SCP-003-1 produziu então vocalizações rudimentárias em uma aparente tentativa de se comunicar com os pesquisadores. [DADOS EXPURGADOS]

Um índividuo desconhecido se aproximou da área comprometida acompanhado de uma equipe completa de agentes. O indivíduo alegou estar agindo sob ordens de O5-10 e tentou se comunicar com SCP-003-1. [DADOS EXPURGADOS]

Após este incidente, o agente Jackson da M03-Gloria conseguiu restaurar o fornecimento de energia a SCP-003-2 e ativou os geradores reserva para retornar a temperatura ambiente a 100ºC. SCP-003-1 voltou a seu estado normal após 21 minutos e 7 segundos, sendo re-contido sem incidentes adicionais.

Todos os nove membros de M03-Gloria foram posteriormente examinados, sem que qualquer dano físico fosse encontrado. Também não foram detectado quaisquer efeitos mentais residuais além de traumas psicológicos menores. Os materiais convertidos por SCP-003 não se dissolveram e encontram-se sob análise.

Adendo 003-05: Tendo em vista o incidente anterior, O5-10 foi removido do Conselho O5 em uma decisão conjunta feita por O5-██, O5-██ e O5-██. Todas as atividades de M03-Gloria foram suspensas por prazo indefinido.


== PROGRAMA DE ACESSO ESPECIAL M03-GLORIA NECESSÁRIO ==


Artigo Original//Traduzido parcialmente por membros do site: http://scp-pt.wikidot.com (Atualizado).

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License