SCP-007-PT

avaliação: +3+x
blank.png

Item nº: SCP-007-PT

Nível de Ameaça: Amarelo

Classe do Objeto: Keter

Procedimentos Especiais de Contenção: Possíveis casos de infecção por SCP-007-PT devem ser investigados. Uma vez determinada a existência de uma contaminação pela anomalia, os afetados devem ser detidos e movidos para tratamentos com amnésticos classe C. Após a aplicação, devem ser liberados novamente para a população geral e serão monitorados por duas semanas para garantir que SCP-007-PT foi realmente tratado devidamente.

Qualquer referência à República Islâmica da Terra da Madeira Vermelha em materiais historiográficos, audiovisuais ou de qualquer outra natureza, deve ser confiscada e contida. Seus autores devem ser tratados com amnésticos classe C, conforme protocolo de tratamento de SCP-007-PT. Uma vez assegurados, os materiais devem ser movidos para armazenamento.

Um antídoto para SCP-007-PT está em desenvolvimento, baseando-se em substâncias amnésticas, que seria capaz de impedir a manifestação do fenômeno em sujeitos, permitindo pesquisa e contenção mais eficiente. Tal antídoto está atualmente em fases de testes, entretanto, é no momento capaz de impedir contaminação por SCP-007-PT através de leitura e conversação. Todos os funcionários atualmente designados para o projeto de contenção do objeto devem ser dosados com o antídoto.

Devido ao risco de contaminação por SCP-007-PT por mera leitura, a visualização de sua documentação deve ser limitada aos funcionários essenciais para o projeto de contenção.

3807847873_ae550ed450_b.jpg

Mapa feito por um sujeito afetado por SCP-007-PT em 1583.

Descrição: SCP-007-PT é um agente memético que gera a crença em afetados sobre uma entidade política inexistente denominada como "República Islâmica da Terra da Madeira Vermelha". Esta entidade política foi determinada, através de entrevistas e material recuperado, como possuindo diversos paralelos históricos, geográficos e econômicos com a República Federativa do Brasil.

O agente memético manifesta-se periodicamente, a cada 4 semanas, em indivíduos que não sejam cidadãos da República Federativa do Brasil. Estes sujeitos demonstram um estado de confusão e questionam os indivíduos à sua volta sobre a situação geopolítica do globo. Após 2 minutos, esse estado de confusão tem fim e o sujeito passa a estar convencido sobre a existência da República Islâmica da Terra da Madeira Vermelha, independente de informações previamente conhecidas.

Um sujeito afetado aparenta desenvolver conhecimento vago sobre a República, com indivíduos comumente interessados em história e geografia desenvolvendo conhecimentos adicionais. Tais noções historiográficas são incompatíveis com a situação da realidade basal. Tais informações incluem mas não são limitadas a:

  • História da entidade política;
  • Pessoas relevantes para a história da República;
  • Conhecimento historiográfico;
  • Geografia local;1
  • Seu estado geopolítico atual.

Esses sujeitos geralmente começam a produzir materiais diversos compatíveis com a visão desenvolvida do país. Adicionalmente, quando confrontados sobre, os afetados se tornam agressivos e estressados, podendo recorrer a agressão em casos extremos.

Um indivíduo pode transmitir SCP-007-PT via conversação sobre o assunto com um não infectado. O tratamento com amnésticos se demonstrou efetivo em tratar afetados.

Os primeiros relatos de SCP-007-PT datam aproximadamente do ano de 1500, surgindo primeiramente na península ibérica e se espalhando gradativamente para áreas de influência do Império Português. Notavelmente, manifestações de SCP-007-PT são comuns em países falantes de língua portuguesa.

Adendo: Em 15/09/1992, um indivíduo não identificado de descendência árabe se manifestou no Sítio PT20. O sujeito trajava um jaleco e possuía uma série de documentos, de formatação vagamente semelhantes aos da Fundação. Foi relatado que o indivíduo se materializou no refeitório sentado em um mesa, aparentando estar estressado.

O indivíduo foi rapidamente detido pela segurança e movido para contenção. Foi determinado que o mesmo se comunica em um aparente dialeto desconhecido da língua árabe. Após tentativas de interrogatório foi determinado que o indivíduo era um vetor para a propagação de SCP-007-PT.

Após dois dias em detenção, o sujeito espontaneamente desapareceu da cela de contenção. Pesquisas estão em andamento. Investigações estão sendo realizadas sob possíveis conexões entre o invasor e grupos de interesse e objetos anômalos.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License