SCP-009
Avaliação: 0+x
scp009.jpg
SCP-009 ao ser descoberto

Item nº: SCP-009

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: O objeto deve ser contido em um tanque de armazenamento selado feito de liga resistente a calor, com dimensão de, no mínimo, 14 m³.

Em nenhuma circunstância SCP-009 deve ser exposto a temperaturas superiores a 0ºC, a não ser quando envolvido em experimentos. Líquidos mundanos em estado sólido (especialmente água congelada) não são permitidos a 30 metros da área de contenção. Sensores de temperatura devem ser instalados na câmara de contenção do objeto para monitoração em todos os momentos, e a câmara deve ser resfriada constantemente por não menos que três (3) unidades redundantes de resfriamento. Qualquer falha nos sensores ou nas unidades deve ser relatada e reparada imediatamente.

Se a qualquer momento a temperatura a temperatura da área de contenção subir além de -5ºC, a câmara deve ser bloqueada imediatamente e alagada com líquido refrigerante até que a temperatura retorne ao normal, entre -30ºC e -25ºC. Na presença de funcionários, a atmosfera da área deve ser filtrada para remoção de umidade, que deve ser contida e observada por pelo menos 24 horas. Qualquer quantidade de vapor de água que apresente as mesmas características que SCP-009 deve ser mantida em quarentena e depositada no tanque de armazenamento assim que possível.

Todos os funcionários devem usar trajes de proteção ambiental completos ao observar ou interagir com o objeto. Ao deixar o local, todo o pessoal que tenha entrado em contato com a câmara de SCP-009 deve passar pela desidratação de todas as ferramentas, material de pesquisa e outros objetos que tenham entrada em contato com a câmara de SCP-009. Em caso de contaminação, nenhum funcionário ou objeto poderá deixar o local e a área de contenção deve ser colocada sob bloqueio de Nível 2. O uso de força letal é autorizado caso necessário, mas é fortemente aconselhado que todas as forças de segurança mantenham distância dos alvos para minimizar a chance de contato com fluídos contaminados por SCP-009.

Descrição: SCP-009 consiste de aproximadamente 3.700 litros de uma substância com propriedades únicas. Enquanto a substância, em todos os estados, apresenta-se incolor como água comum em pequenas quantidades, em grandes massas, adota coloração profundamente vermelha.

Sua propriedade mais notável é o fato de que SCP-009 reage a mudanças de temperatura de forma precisamente oposta à de H2O comum: o objeto assume estado líquido em temperaturas entre -100°C e 0°C e entra em estado sólido em temperaturas superiores a 0ºC. A temperaturas inferiores a -100ºC, SCP-009 evapora, entrando em estado gasoso, mas ainda retendo a coloração vermelha quando exposto a alta pressão.

Análises da estrutura molecular de SCP-009 foram inconclusivas. Testes indicam que o objeto é composto da mesma combinação de hidrogênio e oxigênio que a água comum, criando especulações entre os pesquisadores de que a as anomalias do objeto se originem nos próprios átomos. Dr. ██████ sugeriu que objeto pode ter se originado ou sido alterado em uma realidade paralela à nossa, na qual as leis da física são invertidas.

O mérito desta teoria é aumentado diante do fato de que SCP-009 possui a habilidade de "assimilar" água normal à sua massa. Ao entrar em contato com qualquer substância ou solução aquosa (como gelo, água salgada ou vapor de água), SCP-009 irá se "espalhar" e contaminar qualquer quantidade de H2O na solução, fazendo com que o material comece a apresentar as propriedades de SCP-009. Apesar de esta transformação ocorrer em todos os estados do objeto, foi observado que seu progresso é mais lento (e mais fácil de conter) no estado líquido.

Em caso de contato com fontes biológicas de calor, o objeto inicia uma reação em cadeia desenfreada na qual os fluídos corporais do indivíduo são rapidamente convertidos em SCP-009 e quase imediatamente congelados pelo calor corporal (devido às suas altas temperaturas corpóreas, mamíferos são particularmente suscetíveis a este efeito). Como SCP-009 produz calor quando congela (da mesma forma que água comum consome calor quando derrete), este processo se perpetua até que toda a umidade disponível seja consumida ou até ser detido por fontes externas.

Experimentos com cobaias Classe D ilustraram o processo de conversão, que se dá nas seguintes etapas:

1. Exposição Inicial: O indivíduo é exposto a SCP-009, que começa a converter a água presente na superfície exposta (geralmente a pele), e a exibir suas propriedades. A presença de névoa, neblina, neve ou qualquer forma de água em estado sólido ou gasoso acelera intensamente esse processo.

2. Conversão de Superfície: Uma fina camada de gelo se forma na área exposta conforme a combinação de calor corporal e calor emitido por SCP-009 levam a temperatura além do ponto de solidificação. O progresso para esta etapa demora entre cinco (5) minutos e uma (1) hora, dependendo da temperatura corporal inicial da vítima. Neste estágio, o congelamento começa a afetar as camadas superficiais da epiderme, logo alcançando células vivas.

3. Conversão de Tecidos Profundos: O aumento exponencial da temperatura de SCP-009 causa a formação de cristais de gelo pelo corpo da vítima, resultando em perfuração difundida das estruturas celulares. A perda de sangue é mínima nesta etapa, já que os ferimentos são preenchidos com cristais de gelo, permitindo que os indivíduos permaneçam vivos e conscientes por até ██ horas.

4. [DADOS EXPURGADOS]

5. Morte: Ocorre falência múltipla de órgãos e exsanguinação por cristalização sistêmica.

Testes com funcionários de Classe D foram descontinuados em 4/23/20██.

Adendo: Circunstâncias da Contenção: O objeto foi descoberto em ████, Alasca em 11/05/19██. O envolvimento da Fundação se iniciou após o recebimento de relatos de nativos da Tribo ████ que teriam encontrado corpos mutilados de membros uma equipe de caçadores de focas naufragada a ██ quilômetros da vila.

Todas as vítimas foram encontradas encerradas em gelo vermelho, e sua causa mortis foi determinada como hemorragia interna. Expressões de pânico e dor extremas foram observadas nos rostos das vítimas suficientemente preservadas. Presume-se que a baixa temperatura do local retardou o processo de congelamento. Estima-se que o processo de conversão durou cerca de ██ horas, e permitiu que as vítimas permanecessem conscientes até [DADOS EXPURGADOS].

Adendo: 12/16/20██

Não é permitido o super-congelamento de SCP-009 até segunda ordem. Funcionários devem ser lembrados de que nitrogênio líquido só pode ser utilizado no objeto em quantidades controladas, e só até sua temperatura atingir níveis aceitáveis.

Observação relacionada: A autorização para pesquisas sobre possíveis aplicações de SCP-009 em processos de fusão fria está pendente.


Artigo Original//Traduzido por membros do site: http://scp-pt.wikidot.com

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License