SCP-009-INT
avaliação: +5+x
blank.png

Item nº: SCP-009-INT

Nível de Ameaça: Branco

Classe de Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-009-INT deverá ser mantido numa câmara de contenção padrão no Sítio PT3, mensurando 7 m x 6 m x 4 m. Materiais usados durante experimentações devem ser aprovados de antemão pelo Supervisor-HMCL; barras de cereal geradas devem ser documentadas.

Manutenção/limpeza preventiva e planejada de SCP-009-INT é realizada por um time de engenheiros à par das intricacias do objeto; whiteprints esquemáticas digitais com as informações técnicas requeridas estão disponíveis para a execução destes serviços.

Atualmente, SCP-009-INT não deve ser usado para prover alimentos para o Sítio PT3, mas uma proposta correspondente está sendo avaliada.


photo-182799.jpg!d.jpg

SCP-009-INT em contenção.


Descrição: SCP-009-INT é uma máquina industrial feita de aço inoxidável, mensurando aproximadamente 4 m x 3 m x 3 m. Entre sua pletora de componentes, tanques e canos compreendem a maioria de sua estrutura; a quantidade elevada de componentes torna o processo de nominação e identificação extremamente complicado.

SCP-009-INT aparentemente não requer energia para funcionar. Engenheiros notaram similaridades intrigantes do objeto com designs do Grupo de Interesse Beyond Entropy. Estas correlações ainda estão sob escrutínio.

SCP-009-INT possui um funil dedicado para suprir o objeto com matéria-prima e uma pequena abertura com um tanque de coleta. Adicionalmente, o aparato é equipado com dois paneis touchscreen num dos lados, permitindo à operadores controlarem os processos da máquina por meio de um software simples e intuitivo. Entre outras funções, o software permite editar as dimensões, o design do pacote, e os valores nutricionais das barras de cereal. Uma porta USB está presente em cada painel.

O propósito aparente de SCP-009-INT é a conversão de refugo industrial, embora outros tipos de materiais tenham sido utilizados com sucesso, em barras de cereal edíveis. SCP-009-INT é capaz de armazenar até 100 litros de matéria-prima, produzindo entre 50 e 500 barras com esta quantidade de material; empacotamento incluso. O número de barras produzidas depende da densidade do material utilizado, sua composição química, e as dimensões requisitadas das barras.

As barras produzidas por SCP-009-INT são usualmente de qualidade nutricional extremamente alta, ocasionalmente exibindo efeitos anômalos quando certos materiais são utilizados, além de alterar o sabor de barras dependendo da matéria-prima. Todas as barras testadas consistiam ordinariamente de milho, chocolate, nozes, creme-de-leite e frutas. As substâncias utilizados para a coesão destes elementos demonstraram similaridade com uma substância utilizada pelos Grupos de Interesse Cavalheiros Humanistas e IMBW, para a argumentação do corpo e mente humana (veja Relatório 009-INT-D para mais informações). Todas as barras eram congruentemente e homogeneamente edíveis.

A existência de operações da Colmeia (salvo conhecimento sobre a existência de SCP-009-INT) chegou a atenção da Fundação devido aos produtos extremamente baratos que começaram a circular perto da cidade de Cubatão, na região industrial do estado de São Paulo, em conjunto com outros itens alimentares de características similarmente notáveis.

Consumidores inqueridos sobre os produtos declararam que haviam comprado-lhes "Num supermercado novo que havia aparecido de um dia para o outro". As características do local eram consistente entre relatos mas apesar das direções dadas, agentes da Fundação foram incapazes de localizar o varejo.

Times de pesquisadores conseguiram identificar precisamente o local de produção destes produtos por meio de análises forenses, localizado num parque industrial dedicado da região. Uma força-tarefa foi enviada para investigar o local e encontrou um complexo industrial abandonado com todo o seu maquinário removido com a exceção de SCP-009-INT.

Uma recado foi deixado num dos consoles.

Querida Fundação,

Olá! Nossos encontros estão se tornando tão comuns hoje em dia que receamos que a novidade de nosso relacionamento irá se extinguir.

Nos desculpamos por não limpar o local adequadamente mas tivemos um pequeno acidente enquanto removíamos o maquinário e acabamos atrasando nosso cronograma. Por conta disto, nós tivemos que deixar isto aqui. Funciona adequadamente com refugo industrial. Por favor, não coloque nenhum tipo de milho nela. Vocês só irão entupir tudo. Recomendamos limpadores de dreno caso isto aconteça. Boa sorte.

Já começamos nossa produção em outro local. Um local bacana onde vocês não nos encontrarão tão facilmente como desta vez, apesar de que nossos encontros tem sido bastante produtivos para nós.

Fiquem com este aparato maravilhoso como um tributo à suas contribuições para nossa causa. Somos genuinamente gratos.

Agora, sobre terminar relacionamentos. Acreditamos que é hora de quebrar o status quo. Nos deixe operar em paz. Obrigado.

Sua para todo o sempre.

— A Colmeia

SCP-009-INT foi subsequentemente desmantelado e transportado para o Sítio PT3, onde foi remontado e testado.

Adendo 009-INT-1: Produtos iguais à aqueles criados por SCP-009-INT, em conjunto com outros produtos observados no Brasil, começaram a circular em áreas sub-desenvolvidas da África e Ásia. Apesar da intervenção da Fundação e da COG, estes produtos se espalharam por regiões rurais e urbanas devido aos preços baixos comparados à sua alta qualidade, superando marcas não-anômalas vendidas nas mesmas áreas.

Os locais vendendo e distribuindo estes produtos funcionam de maneira similar à supermercados, não puderem ser acessados ou localizados pela Fundação, supostamente devido à propriedades antimeméticas protegendo estas estruturas relevantes.

Apesar disto parecer apenas como o funcionamento natural das leis de mercado, nós não podemos descartar a possibilidade de estratégias ocultas da Colmeia ao utilizar aspectos da normalidade para conquistar seus objetivos no cenário do anômalo.

SCP-005-INT nos mostrou que eles podem, aparentemente, produzir tudo do nada, significando que após o custo inicial de produção, eles não possuem despesas com ingredientes especializados e matéria-prima devido ao uso de refugo e lixo produzido naturalmente pela atividade industrial.

Eu prevejo que estas operações iniciais da Colmeia certamente irão crescer e serem expandidas para outros campos, suplantando outras companhias, incluindo as nossas. Acredito que o objetivo disto seja minguar possíveis adversários e, simultaneamente, obter fundos monetários.

Todos que consumiram as barras de cereal em questão irão concordar comigo quando eu digo que a Colmeia certamente sabe como satisfazer seus consumidores; aqueles que estão cientes de suas operações irão concordar que a Colmeia definitivamente está construindo algo muito mais maquiavélico.

— [REDIGIDO], Especialista em A Colmeia.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License