SCP-033-PT-J
avaliação: +8+x

Item nº: SCP-033-PT-J

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-033-PT-J deve ser mantido em uma caixa de chumbo de 15cm de grossura, guardada em uma sala com paredes e portas de chumbo de pelo menos 5cm de espessura ou vidro anti-radiação de pelo menos 10cm de espessura. A sala deve ser guardada por um funcionário trajando calças e capacete revestidos por 3cm de chumbo nas regiões dos ouvidos, boca, nariz, ânus e genitais. Exames de radiação devem ser feitos nos funcionários incumbidos dessa tarefa, caso o nível de radiação seja maior que 9.000 Becquerels1 e/ou o funcionário possuir lesão ou corte no corpo em qualquer região desprotegida pelo revestimento de chumbo, deve ser substituído imediatamente. Pesquisadores devem evacuar a seção do sítio durante testes e devem fazê-los equipados com trajes hazmat, aventais de junto e a supervisão dos doutores Zardendoin e Roydazeeden. É desencorajado que mulheres façam parte da equipe local, para evitar complicações uterinas.

Descrição: SCP-033-PT-J é um meteorito de 8cm de diâmetro, de material desconhecido pesando 3kg. A superfície do SCP-033-PT-J é lisa e facilmente fragmentável. O objeto possui um forte cheiro de amônia e uma coloração luminosa alaranjada, além de emanar calor variante de 30°C a 60°C. A variação de calor demonstra ter um valor cíclico, um processo que leva aproximadamente uma hora para ir dos 30°C aos 60°C e uma hora para voltar aos 30°C novamente. Os níveis de radiação emanados do objeto não variam com a temperatura, para todos os efeitos a radiação é similar à de Césio-137.

SCP-033-PT-J possui um efeito secundário que consiste em uma irritação dolorosa nas mucosas de qualquer humano ou animal que se aproxime a menos de 3m do objeto. O nível de irritação varia com a temperatura atual, indo de coceiras leves até bolhas, escaras, pústulas e em raros casos cistos. Áreas afetadas costumam ser orifícios faciais como boca e narinas, mas em certas temperaturas a irritação atinge língua, ouvidos, ânus e genitais do indivíduo, bem como qualquer corte ou ferimento não-cicatrizado que o mesmo porte. Independente do nível de irritação, qualquer tratamento comum pode ser aplicado para curar o indivíduo, uma vez que se afaste do objeto por mais de 20min.

O material que compõe SCP-033-PT-J possui uma reação superior a urânio durante o enriquecimento via separação de isótopos e deve ser pesquisado para uma fonte superior de energia.

SCP-033-PT-J foi descoberto em ██ de fevereiro de 199█, em ████████, MG, durante as buscas não-oficiais das Forças Armadas Brasileiras pelo ██ ██ ████████. Um grupo de █ soldados da ███████████ foi encontrado em posse do objeto, com altos níveis de radiação e casos graves de irritações causadas pelo SCP-033-PT-J. Os soldados foram tratados com antídoto Azul da Prússia e amnésticos, além de gratificados com pomadas e almofadas circulares.

Os doutores Zardendoin e Roydazeeden, portadores de PMC (Penfigoide Mucosa Crônica) um mal raro similar a lúpus2, aparentam não precisar de proteções adicionais além do básico anti-radioativo, pois já possuem sintomas similares aos causados pelo SCP-033-PT-J.

Adendo 33-06: Gravação de uma conversa entre os doutores Zardendoin e Roydazeeden datada em [REDIGIDO]. É possível perceber um pesado sotaque europeu na voz dos doutores.

Dr. Zardendoin: Meu carro amigo Azemo, mais um ou duas pedrrinhas desso e poderríamos revolucionar o mundo. Pense no potência que teria um usina com apenas 15, non, 10 quilos desso!
Dr. Roydazeeden: Pense no cabum que poderríamos-
Dr. Zardendoin: Azemo!
Sons de passos levam a crer que o Dr. Zardendoin se aproximou do Dr. Roydazeeden. Sua fala seguinte é sussurrada.
Dr. Zardendoin: Nossa passado escurro no guerra acabou muitos décadas já. O futurro non é lugar parra ideologia antiquado.
Dr. Roydazeeden: Como uma homem em dor constante, Azafta, tem que concorrdar que o retribuiçon é-
Dr. Zardendoin: Basta! Se vai prosseguir o tarde em testar meu paciência, sente-se e deixe o pesquisa comigo.
Dr. Roydazeeden: Sentar non dá, Azafta.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License