SCP-034-PT
avaliação: +6+x

Item nº: SCP-034-PT

Classe de Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-034-PT encontra-se nos testes provisórios de Dr. Jonest Alie. Quaisquer tipos de re-utilização ou tentativas de guardar o utensílio devem ser comunicados a ele, para melhor compreensão entre os agentes e seus propósitos relacionados ao objeto. O requerimento deverá ser feito apenas por agentes de nível três (3) ou superior, e a obtenção de SCP-034-PT pode ser normalmente recusada por seu momentâneo pesquisador.

SCP-034-PT

SCP-034-PT antes de sua aquisição para testes.

A instância SCP-034-PT-1 e SCP-034-PT devem ser armazenados em contêineres metálicos com seus tamanhos definidos pelas medidas dos objetos. Serão 2 (dois) compartimentos detentores de dezoito (18) centímetros de altura, por quatro (4) centímetros de largura, direcionadas a cada utensílio, de modo que cada um possua uma contenção separada. Aquele mediante ao contato com as anomalias deverá utilizar luvas descartáveis e não retirá-las em nenhuma circunstância quando ainda segurando-as ou movendo-as.

Todas as partes do corpo que possam entrar em contato com SCP-034-PT devem ser vestidas com um traje de resistência térmica, por conta da capacidade latente que SCP-034-PT possui de irradiar extremo calor. Sugere-se um (1) agente de Classe D para a medição da potência de sua habilidade, utilizando de suas mãos sem quaisquer tipos de vestimenta. O ambiente deverá ser revestido por muros de vidro — cuja intensidade da anomalia não poderá lhes causar dano estrutural. As avaliações não poderão ser conduzidas a distância, já que a ativação do objeto dá-se somente pelo contato da derme.

Descrição: SCP-034-PT caracteriza-se como um item de plástico de 13 x 13 x 12, comumente usado para visualização aumentada de artifícios. Possui uma lente convergente circular de 75 milímetros de diâmetro, presa ao resto do instrumento por uma haste emadeirada de formato cilíndrico, com uma variação de encaixe em sua parte inferior, — idealizando-se uma relação com a instância SCP-034-PT-1, pelas enumeradas características semelhantes e suas interações. É possível observar, no centro de seu cabo, uma denominação em dourado, onde se inscreve a marca responsável pela fabricação da lente de aumento, a empresa █████.

Nas primeiras visões, o objeto não detém de quaisquer habilidades anômalas, revelando-as apenas quando entra em contato com algo revestido de epiderme humana. Após isto, o objeto consegue emitir, sem o auxílio de alguma fonte de luz, e involuntariamente, um raio térmico por sua lente — que pode alcançar até 30 metros de distância. As temperaturas registradas são extremamente altas, e crescem com velocidade célere, aproximando-se facilmente de 500 graus Celsius (Cº).

SCP-034-PT-1 é uma cópia de SCP-034-PT, com os detalhes estéticos similares, se não fosse por possuir uma anomalia divergente de sua principal instância. Quando aproximada de algo, poderá ampliar sua imagem a níveis relativamente altos, podendo obter-se inclusive a imagem de microrganismos, como constatou o pesquisador ██████.

Quando os dois utensílios se acoplam por conta do encaixe, tornam-se uma lupa dupla, com lentes anexadas a duas extremidades do item: superior e inferior. Os dois itens compõem uma criadora de matéria inorgânica, onde até a atual circunstância acredita-se veementemente que sua propriedade anômala é ativada quando uma pessoa, segurando-a, pensa convictamente em um objeto cujo tenha ciência parcial ou total do funcionamento, ou que pelo menos já tenha visualizado alguma vez em sua vida e lembre-se de detalhes vívidos sobre o dito-cujo.

Descoberta: Os primeiros sinais de seu uso são datados de 193█, onde um grupo de indivíduos divergentes da Divisão GRU "P” utilizaram-na com o propósito da criação de armamento bélico, aquele que seria empregado em conflitos tanto com o Eixo quanto com os Aliados. Os confrontos conduzidos não causaram os resultados esperados e também não obtiveram reconhecimento necessário, causando um fácil esquecimento relacionado a situação. Os únicos documentos que referenciavam os ocorridos foram alterados em 194█, e suas cópias confiscadas, em atual posse de [DADOS EXPURGADOS].

Outros usos foram constatados ocorrendo na URSS, onde os espiões Julius e Ethel Rosenberg aproveitaram a habilidade do instrumento para clonar a bomba de hidrogênio, que na época era uma exclusividade estadunidense. Os infiltrados, antes de serem condenados à pena de morte, desfizeram-se de SCP-034-PT, levando-o novamente para a Rússia, através da rede de correios.

Com o objetivo de aumentar a influência e robustez da KGB, a lupa foi usada até o fim da União Soviética, em 1990. Neste ano, o novo governo russo, ─ não ciente de seus poderes ─ classificou a posse do objeto como “peculiar e desnecessária”, lhe devolvendo a sua fabricante, a qual faliu dois anos após o ocorrido. O último indivíduo proprietário de SCP-034-PT, █████ ████ alegou sua capacidade peculiar a Dr. Aliest Jones, que permanecia na Rússia por motivos pessoais. Ao realizar o recolhimento do artefato, ministrou amnésticos em seu dono, e enviou SCP-034-PT para a Fundação.

Atualização: As avaliações encarregadas de confirmar a usabilidade plena de SCP-034-PT no modo de raios térmicos foram confirmadas. Em algumas situações designadas, o objeto precisou queimar quatro (4) alvos com suas estruturas constituídas de polipropileno, os quais foram desintegrados com relativa facilidade. A anulação dos raios térmicos foi realizada com o rompimento do contato físico, depositando-se a lente de aumento sobre uma mesa plana.

O uso de SCP-034-PT-1 foi realizado, observando-se por alguns breves instantes o microrganismo SCP-███, cuja imagem pôde ser revelada sem grandes complicações ou esforços. Revelando estabilidade contínua, SCP-034-PT-1 poderá ser designado como um artifício utilizável por pesquisadores ou cientistas para realizarem seus experimentos.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License