SCP-037-PT

avaliação: +10+x
Item nº: 037-PT
Nível3
Classe de COntenção:
euclídeo
Classe Secundária:
none
Classe de Disrupção:
vlam
Classe de Risco:
warning

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-037-PT precisa ser mantido em uma cela subterrânea com dimensões de 5 x 5 x 3 metros e suas paredes necessitam de um revestimento de Vantablack1. O objeto deve ser vigiado constantemente por câmeras com censores infravermelhos.

Qualquer sinal de ativação de SCP-037-PT deve ser considerado uma brecha de contenção. Em caso de uma brecha de contenção, cabe ao atual diretor do Sitio PT5 ativar o protocolo Sigma, que consiste no bloqueio da cela de contenção por meio de uma porta de Tungstênio com 20 centímetros de espessura.


037_03.png

Ultima imagem tirada de SCP-037-PT antes de seu confinamento no Sítio PT5.

Descrição: SCP-037-PT é um espelho elíptico fotoluminescente com dimensões de 190 centímetros de altura por 40 centímetros de largura. Suas bordas e suporte são feitos de ouro de alta qualidade esculpido com runas nórdicas e a letra grega Sigma no topo.

O objeto mostra suas características anômalas apenas quando um ser vivo tem mais de ~75% de sua imagem corpórea refletida, enquanto possui alimentos presentes em seu estômago. Nessas circunstâncias, o indivíduo sofrerá uma transfiguração de aparência, sendo convertido no alimento que ingeriu em maior quantidade.

Em todos os testes feitos em ratos da espécie Rattus norvegicus, a transfiguração seguiu o mesmo padrão: Primeiramente, todo o corpo do animal transformou-se em um muco rosáceo começando pela cavidade abdominal. Em seguida, o muco começou a borbulhar e adquiriu a forma física do alimento anteriormente ingerido pelo roedor. Os indivíduos afetados podem originar um ou mais exemplares do alimento, dependendo de seu tamanho e massa.

As únicas maneiras eficazes de evitar os efeitos nocivos de SCP-037-PT consistem em impedir que o mesmo tenha contato com a radiação luminosa, colocando-o em um lugar completamente escuro ou evitando a presença de alimentos na região estomacal por meio de jejuns de no mínimo três horas, com o tempo variando de acordo com o metabolismo basal do individuo.


Adendo 037-01 - História e Descoberta:

O objeto foi criado de maneira desconhecida pelo Doutor Oliver Katsuragi, um cientista Integralista que foi exilado em Portugal após participar do Levante Integralista de 1938. Durante o exílio. O cientista dedicou-se a pesquisa de anomalias e métodos para produzi-las, obtendo em 1945 o primeiro exemplar de SCP-037-PT. Após o fim do Estado Novo2 o cientista voltou para o Brasil reunindo-se aos Integralistas para os quais trabalhou até 1964, quando foi capturado pelo Gdi Superintendência Brasileira do Paranormal.

Após sua captura, Doutor Oliver Katsuragi foi forçado a trabalhar para a SBP, que possuía interesse em seu conhecimento a respeito da produção de anomalias e em SCP-037-PT, o qual pretendiam usar para acabar com o problema da fome na região Nordeste e como um meio sigiloso de eliminar inimigos políticos. A SBP designou o Doutor para fazer experimentos em humanos no Hospital Psiquiátrico Colônia de Barbacena, no intuito de ampliar as capacidades da anomalia, acobertando os inúmeros desaparecimentos causados por sua utilização.

Doutor Oliver Katsuragi trabalhou para SBP até 1970, quando misteriosamente desapareceu junto da anomalia, sendo encontrado com sua aparência jovial, pela atual Fundação Lusófona em 15/09/1995 por meio de um espião. SCP-037-PT encontrava-se em um bastião Integralista abandonado no interior da Amazônia, junto ao Doutor que foi capturado e levado a interrogatório, mas antes que pudesse revelar qualquer informação, cometeu suicídio utilizando-se de uma cápsula de cianureto oculta.

Os documentos de Doutor Oliver Katsuragi sugerem que seu objetivo inicial ao criar a anomalia era o de produzir um teletransportador, mas não obteve sucesso imediato. Além disso, seus arquivos registram a existência de outra anomalia com descrições similares à SCP-037-PT, que nunca foi encontrada pela Fundação. A Fundação foi incapaz de determinar o paradeiro do Doutor durante o período de 1970 a 1995, mas foi capaz de confirmar que este esteve trabalhando para uma Organização fundada pelos Integralistas.



Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License