SCP-055-PT
avaliação: +5+x

Item nº: SCP-055-PT

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-055-PT poderá ser contido em um armazenamento na Área-10-PT. A câmara que contém SCP-055-PT estará com várias caixas de giz e uma lousa; essas mobílias foram oficialmente autorizadas pelo Diretor da Área. A monitoração de SCP-055-PT poderá ser feita pelas câmeras de vigilância ou pelo pessoal da segurança, mas SCP-055-PT-1 poderá sair de sua câmara com a companhia de dois guardas de segurança. Os testes com SCP-055-PT serão permitidos somente com a autorização de um funcionário de Nível Três (3) ou superior.

As instâncias de SCP-055-PT-2 podem ser contidas em câmaras de contenção de baixa-segurança, na Área-013-PT. As instâncias de SCP-055-PT-2 são livres a interagirem com SCP-055-PT-1, mas a criação de mais instâncias de SCP-055-PT-2 não é permitida, e as restantes serão levadas de volta para suas câmaras de contenção.

Descrição: Quando está em estado inativo, SCP-055-PT é um abajur acompanhado com uma pilha de livros, uma jaqueta de couro e um vestido. Os livros rapidamente começarão a se juntar, formando uma entidade humanoide (designado como SCP-055-PT-1). SCP-055-PT-1 usará a jaqueta e o vestido como suas vestimentas, enquanto o abajur ficará posicionado como a cabeça de SCP-055-PT-1. SCP-055-PT-1 inicialmente possui de três a quinze metros de tamanho, porém, a sua altura poderá aumentar de acordo com a quantidade de livros que é juntada debaixo de seu vestido.

Os principais objetos que formam SCP-055-PT mostraram ser resistentes a qualquer dano, mas os livros juntados por SCP-055-PT poderão ser destruídos como um livro não anômalo, entretanto, SCP-055-PT-1 mostrou estar ciente e tentará prevenir qualquer dano aos livros. Os principais livros de SCP-055-PT são facilmente notados pela sua aparência, que são totalmente rabiscados com materiais de escrita. O conteúdo dos livros mostraram ser as possíveis lembranças de SCP-055-PT-1.

A sapiência de SCP-055-PT-1 mostrou ser dependente da quantidade de livros que são juntadas em seu vestido. Também foi visto que a aprendizagem de SCP-055-PT-1 é dependente do tema do livro: a entidade foi observada tendo puro conhecimento sobre artes, geografia e história. SCP-055-PT-1 pode se comunicar como um ser humano, mesmo não possuindo cordas vocais; A voz de SCP-055-PT-1 mostrou ser comparável a de uma criança entre seus 5 e 8 anos. A cabeça de SCP-055-PT-1 funciona de acordo com seu estado emocional, como por exemplo, quando SCP-055-PT-1 está "triste", sua cabeça ficará com uma iluminação fraca.

Quando está em estado ativo, SCP-055-PT-1 se inspirará em qualquer objeto que esteja vendo, e tentará desenhar esse objeto de qualquer maneira; A entidade foi observada desenhando vários animais com giz de cera, paisagens em janelas empoeiradas e entidades que, presumidamente, eram livremente criadas por SCP-055-PT-1. SCP-055-PT-1 não mostrou comportamento hostil aos funcionários que criticavam negativamente seus desenhos, exceto aos funcionários que tentavam olhar o desenho de SCP-055-PT-1 antes de ser terminado.

Os desenhos (daqui em diante, denominado como SCP-055-PT-2) feitos por SCP-055-PT-1 misteriosamente criarão "vida", se tornando animados e conscientes de sua existência. Por um certo período de tempo, SCP-055-PT-2 poderá se libertar; o local de origem não ira sofrer danos depois da "fuga" dessa instância. SCP-055-PT-2 ficará "faminto" quando sair de sua localização de origem e se alimentará de qualquer material, mas a fonte de alimentação mais consumida são os seres humanos. Em algumas ocasiões, certas instâncias de SCP-055-PT-2 não são terminadas por SCP-055-PT-1 e são repudiados pela entidade.

As instâncias de SCP-055-PT-2 que ganham "vida", quando não terminadas, são consideradas por outras instâncias como "deficiente"; a instância não terminada será sempre protegido por uma instância próxima. As instâncias são invulneráveis a danos físicos, mas expressaram "medo" quando se encontraram com materiais específicos (exemplo: corretor, borracha escolar e apagador). Os desenhos que ganham "vida", que se encontram com SCP-055-PT-1, irão considerá-lo como a sua mãe e/ou pai. SCP-055-PT-1 sempre desenhará coisa inofensivas como animais em um ambiente florestal. SCP-055-PT-1 mostra desconforto quando alguém tenta apagar o desenho, mas não se tornará hostil; SCP-055-PT-1 afirma que tal comportamento é "imaturo".

Adendo: Testes com SCP-055-PT

Teste: T-012
Procedimentos: Foi entregue para SCP-055-PT-1 uma caixa de giz não usada. Um recipiente contendo uma borboleta estava localizada ao lado da lousa. A entidade foi instruída de desenhar a borboleta na lousa.

RESULTADO: SCP-055-PT-1 começou a desenhar; na lousa era possível ver uma borboleta pousando sob um girassol. A borboleta se tornou animada e começou a realizar tentativas de fuga. O desenho foi rapidamente apagado pelo pesquisador. SCP-055-PT-1 parecia estar magoada e rapidamente começou a correr sem parar; sons de lamentação podiam ser ouvidos.

Teste: T-013
Procedimentos: Perto de SCP-055-PT-1 foi colocado um espelho. A entidade foi instruída de fazer um autorretrato. Para prevenir a ameaça apresentada pelo desenho, uma equipe de cinco guardas equipados com apagadores, foram posicionados na entrada da câmara.

RESULTADO: SCP-055-PT-1 disse que tentou fazer o autorretrato, mas não conseguia. Quando SCP-055-PT-1 tentou novamente, nenhuma marca ou rabisco aparecia. Na próxima tentativa, SCP-055-PT-1 se esforçou mais e nada aconteceu novamente. A lousa era comum, nenhuma propriedade anômala foi encontrada. SCP-055-PT-1 desistiu de tentar novamente.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License