SCP-081
Avaliação: 0+x
081.jpg
Restos da senhorita Mary Reeser após o estágio 4 de SCP-081.

Item nº: SCP-081

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Somente pessoal com nível 4 de segurança e com autorização por escrito do ███████ podem ter acesso a SCP-081. Um conjunto contra perigo completo que inclui terno, luvas, e um tanque de oxigênio deve ser usado em todos os momentos, quando dentro da área de contenção. Vestimentas devem ser pulverizadas com um banho desinfetante antes de sair da área de contenção. Se a contenção for violada, toda a área deve ser exposta à luz ultravioleta e, em seguida, alvejada. Aqueles que são suspeitos de estarem infectados devem ser colocados em quarentena durante pelo menos dez (10) dias. Se algum sintoma manifestar-se após o décimo dia, a quarentena pode ser levantada.

Descrição: SCP-081 é um vírus contagioso que parece ser uma versão mutável do vírus ███████, mas com os segmentos █ no seu RNA em vez de █. O vírus é especificadamente humano, mas é transmitido por ratos que atuam como portadores passivos. SCP-081 também pode ser transmitido através de relações sexuais e exposição ao sangue infectado.

SCP-081 infecta adipócitos e leucócitos, induzindo a absorver nutrientes em um ritmo muito acelerado. Como os nutrientes são absorvidos, as células infectadas começam produzir e secretar grandes quantidades de um anticorpo humano modificado. Os adipócitos expandem e proliferam e resultam no aumento da ingestão calórica do organismo. Quando a concentração de tecido adiposo atinge um ponto crítico, os anticorpos virais instigam a lise celular sistêmica, seguido por um processo desconhecido que conduz à combustão espontânea do indivíduo infectado.

Há um (1) período de incubação de uma semana antes de os sintomas iniciais começarem a ocorrer. A duração dos sintomas depende inteiramente do percentual de gordura corporal dos infectados. Infecção prossegue através de 4 (quatro) etapas distintas.

  • Estágio 1: Durante a primeira semana não há grandes sintomas, embora os indivíduos possam relatar estarem um pouco cansados.
  • Estágio 2: Na segunda semana de infecção, os indivíduos vão começar a sentir "surtos de calor" e um aumento do apetite.
  • Estágio 3: Indivíduos infectados demonstram extrema polifagia. Eles vão fazer tudo ao seu alcance para obter comida ou qualquer coisa comestível. Durante esta fase, o metabolismo desacelera significativamente o ganho de peso e procede-se rapidamente. Não há tempo definido que irá decorrer antes da quarta e última etapa. A fim de que o vírus possa completar o seu ciclo de vida, a vítima deve ser composta por 55% de gordura corporal.
  • Estágio 4: Uma vez que o sujeito chegar a 55% de gordura corporal, a vontade de comer imediatamente vai parar, embora sujeitos relatam aumento de casos de "surtos de calor". Logo depois o corpo vai passar por uma versão extremamente violenta de lise celular generalizada. Como células em explosão, os anticorpos modificados irão catalisar a ignição de compostos gordos através de meios desconhecidos. O corpo é incinerado de dentro para fora, através do efeito de pavio, com a gordura adicional que serve como uma fonte de combustível. Por causa do quarto (4) estágio ser em grande parte assintomáticos, os indivíduos nunca estão conscientes quando a combustão ocorrerá e o momento exato é aparentemente aleatório.

Adendo 081-1: O primeiro incidente registrado de SCP-081 foi relatado em 1673 pelo francês Jonas Dupont. Em seu livro De Humani Corporis Incendiis Spontaneis, ele escreveu sobre o caso em Paris, onde um homem foi absolvido da acusação de matar sua esposa, e como o júri concordou que a mulher morreu devido a combustão humana espontânea. Note-se que a mulher estava extremamente acima do peso no momento da sua morte. Foi quando aconteceu a morte de Mary Reeser em 02 de julho de 1951, que SCP-081 foi trazido à atenção da Fundação. Apesar dos melhores esforços da Fundação, esta informação vazou para a mídia nacional, juntamente com fotos do incidente. Acredita-se que a maioria dos casos de combustão espontânea humana são provocadas por SCP-081.

Adendo 081-2: Estima-se que SCP-081 existe desde 9██ e é teorizado ter sido originado em █████████████. Por causa da pobreza generalizada e à desnutrição presente em muitos países europeus, naquele tempo, os casos de infecções do terceiro e quarto estágios eram raros. A América do Norte tivera experimentado o maior número de casos de SCP-081, no século passado, mas por causa das condições de limpeza e controle da população de ratos, os casos SCP-081 caíram significativamente. Menos de ███ pessoas por ano morrem pela fase final de SCP-081.

Adendo 081-3: Devido a atual epidemia de obesidade dos Estados Unidos, é crucial que qualquer SCP-081 selvagem seja erradicado. A exposição resultaria em uma epidemia de larga escala e seria quase impossível realizar qualquer esforço de contenção de sucesso. -Dr. ██████████.

Adendo 081-4: Durante os testes, verificou-se que as pessoas que sofrem de diabetes têm uma imunidade natural a SCP-081. Isto não tem ajudado no desenvolvimento de um tratamento para o vírus, e mantém-se incurável. Infecções selvagens [DADOS EXPURGADOS] e uma causa alternativa da morte tiveram de ser fornecidas.

Adendo 081-5: Fora descoberto pelo agente █████ que SCP-081 pode ser manifestado pela exposição às cinzas de uma vítima falecida. Protocolos de contenção e epidemia de contingência estão a ser alterados, pessoal dos serviços de emergência que responderam a Sra.█████████ 's foram chamados detidos para avaliação. -Dr.██████████.


Artigo Original//Traduzido por membros do site: http://scp-pt.wikidot.com

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License