SCP-087-PT
avaliação: +5+x
blank.png
Banco de Dados da Filial Lusófona
logo200.png
« SCP-086-PT | SCP-087-PT | SCP-088-PT »

Item nº: SCP-087-PT Classe do Objeto: Keter

Nível de Ameaça: Laranja

Procedimentos Especiais de Contenção: Devido a natureza irrefreável e inobediente de SCP-087-PT, a captura e re-contenção da entidade permanece inviável para a Fundação. Força-Tarefa Móvel PT15-Ε (“Fanáticos Por Guilherme”) atualmente está encarregada do monitoramento das atividades de SCP-087-PT. Os membros da FTM PT15-Ε devem obscurecer suas identidades ao monitorarem as atividades de SCP-087-PT de perto1, já que o mesmo aparenta possuir familiaridade com a Filial Lusófona e suas tentativas de contenção, e o reconhecimento dos membros da FTM PT15-Ε poderia resultar em SCP-087-PT ficando alarmado e escapando. Quaisquer tópicos que envolvam combate corpo a corpo, tais como eventos de UFC, ONE FC, WWE, entre outros, devem permanecer constantemente monitorados pela Filial Lusófona para qualquer potencial participação de SCP-087-PT.

PdI-087 no momento permanece fora da custódia da Fundação, e a primeira tentativa de contato com a família Hasegawa foi agendada para acontecer em 06/09/2013.

Descrição: SCP-087-PT designa uma entidade humanoide que se auto identifica como Guilherme Kinoshita. SCP-087-PT aparenta ser um homem de descendência Japonesa entre os seus 25 anos de idade, com 1,90 m de altura e grande volume de massa muscular. SCP-087-PT é facilmente identificado devido ao seu cabelo exageradamente alto e sua expressão fechada e agressiva, que é a todo momento tomada por SCP-087-PT, independente de seu estado emocional e sua situação decorrente. SCP-087-PT é constantemente observado utilizando um kimono de karatê e uma faixa em sua cabeça, com a coloração de sua vestimenta variando durante as suas aparições.

SCP-087-PT foi identificado no dia 22 de Agosto de 2013 em Ribeirão Preto-São Paulo, quando vários frequentadores de uma academia de musculação situada na cidade foram encontrados, por agentes de campo, gravemente feridos e inconscientes, notando a potencial atividade anômala, os agentes de campo notificaram a Filial Lusófona sobre o ocorrido e procederam a fazer uma investigação mais aprofundada da área.

SCP-087-PT acabou sendo mais tarde encontrado tomando um sorvete sentado na calçada, mas como tentativas de captura resultaram nos agentes de campo sendo impedidos por SCP-087-PT, uma equipe de contenção obscurecida sob o disfarce de policiais se encarregou da sedação e transportação de SCP-087-PT, enquanto os agentes de campo e as vitimas na academia tiveram os seus ferimentos tratados. A administração de amnésticos não foi necessária. SCP-087-PT foi inicialmente classificado como Euclídeo, e permaneceu mantido sob contenção no Sítio PT14.

Em experimentações realizadas com o intuito de identificar as potenciais propriedades anômalas da entidade, SCP-087-PT havia demonstrado possuir profundo conhecimento em variadas artes marciais e capacidades físicas sobre-humanas, e frequentemente vai utilizar ambas as qualidades para engajar-se em combate com um adversário ou grupo de adversários que sejam considerados “dignos” pela própria entidade. Embora SCP-087-PT geralmente demonstre um temperamento fleumático ao se relacionar com funcionários da Fundação e seres humanos em geral, SCP-087-PT pode apresentar comportamento hostil se for provocado2, com este instantaneamente deixando o provocador inconsciente ao desferir um soco ou chute em sua cabeça de forma imprevisível.

Durante a violação de contenção, SCP-087-PT havia exibido uma extraordinária capacidade regenerativa anômala.

Como SCP-087-PT foi recentemente descoberto pela Filial Lusófona e que o mesmo havia escapado apenas um dia depois de sua contenção inicial, a sua documentação ainda permanece desprovida de informações precisas, e o comportamento não cooperativo apresentado pela entidade faz com que a obtenção de mais informações sobre sua natureza seja extremamente dificultosa para a Fundação.

Adendo 087-001 Incidente 087-001

1024px-Quartel_General_do_Ex%C3%A9rcito_Brasileiro.jpg

Sítio PT14, visto externamente

Data: 24/08/2013

Localização: Sítio PT14 - Facilidade de Pesquisa e Contenção da Filial Lusófona, localizada em Brasília-Brasil. Conhecida e opera publicamente como “Quartel General do Exército Brasileiro”.

Anomalia(s) Envolvida(s): SCP-087-PT

Gravidade do Incidente: Grave

Número de Casualidades: N/A

Relatório do Incidente: Às 09:12, SCP-087-PT foi observado andando em círculos pela sua cela de contenção através das câmeras de vigilância, visivelmente estressado. No momento em que um guarda de segurança estava andando pelo corredor das celas de contenção, SCP-087-PT havia batido na porta e pedido ao guarda que o deixasse ir ao banheiro, no momento em que o guarda foi se aproximar da porta, SCP-087-PT foi observado dando um passo para trás e correndo em direção a porta, derrubando a porta com um chute. Assim que SCP-087-PT sai da cela de contenção, SCP-087-PT ataca o guarda de segurança com uma combinação de socos seguida de um gancho vertical, e depois disso inspeciona o guarda inconsciente no chão, presumidamente para conseguir recursos. SCP-087-PT, aparentemente não encontrando qualquer item utilizável, deixa o guarda e continua pelo corredor. O alarme é acionado e os guardas de segurança do Sítio PT14 são despachados.

SCP-087-PT se depara com quatro guardas de segurança armados de Nível 2 que estavam patrulhando o corredor, e começa a correr de maneira ameaçadora em direção aos guardas. Os guardas de segurança ficam alarmados, e começam a disparar contra SCP-087-PT. O mesmo consegue resistir a todos os disparos e rapidamente aplica um martelo rodado3, atingindo os quatro guardas de segurança simultaneamente e deixando eles inconscientes. SCP-087-PT equipa uma das metralhadoras deixadas no chão, e a utiliza para disparar em todas as câmeras de vigilância instaladas na área. O status de SCP-087-PT é desconhecido nesse momento.

Pelas câmeras de vigilância de uma das entradas da facilidade, um indivíduo armado e uniformizado, se assemelhando a um regular guarda de segurança de Nível 2, remove seu capacete de proteção, revelando ser SCP-087-PT. O mesmo tenta utilizar os dois cartões de acesso conseguidos dos guardas de segurança para abrir a entrada4, porém sem sucesso nas duas tentativas devido as credenciais insuficientes. SCP-087-PT então abaixa a cabeça e faz um aparente suspiro, e procede a destruir rapidamente a entrada que estava selada, desferindo vários socos e chutes. No momento em que a entrada é destruída, cinco equipes de contenção chegam na área, mas SCP-087-PT não é impedido, entra em um dos veículos estacionados usando a chave de um dos guardas e consegue escapar da facilidade. Como resultado do incidente, SCP-087-PT é reclassificado como Keter.

Adendo 087-002 Incidente 087-002

Sunset_over_Shinjuku.jpg

Distrito de Shinjuku, Tóquio-Japão

Data: 03/09/2013

Localização: Um torneio de lutas amadora com apostas em dinheiro, organizada em uma área de construção isolada no Distrito de Shinjuku, Metrópole de Tóquio-Japão.

Anomalia(s) Envolvida(s): SCP-087-PT, SCP-4333

Gravidade do Incidente: Moderado

Número de Casualidades: N/A

Relatório do Incidente: Presença de SCP-087-PT e SCP-4333 é identificada em uma área de construção isolada por três agentes de campo. Tentativa de re-contenção das duas entidades foi considerada inviável, com os agentes de campo se encarregando apenas de gravar a interação entre SCP-087-PT e SCP-4333 por lentes de contato equipadas com câmeras. O torneio estava acontecendo à noite. SCP-087-PT, cercado por mais de oito adversários inconscientes no chão, é observado de pé e encarando SCP-4333. Uma grande audiência composta por mendigos rodeava e aplaudia, enquanto SCP-4333 era observado se levantando de uma poltrona e fumando um charuto. SCP-087-PT e SCP-4333 se encaram por dez segundos antes de assumirem uma posição de luta.

SCP-4333 corre em direção a SCP-087-PT para atacá-lo, SCP-087-PT dá uma passo para trás e rapidamente atinge SCP-4333 com um chute em seu peito, fazendo com que SCP-4333 caísse para trás no chão, junto com seu óculos que acabou quebrando e seu charuto que ficou rolando pelo chão. SCP-4333 resmunga enquanto bate com as duas mãos no chão, e rapidamente se levanta. SCP-087-PT provoca SCP-4333 fazendo um gesto de negação. Assim que SCP-4333 olha fixamente para SCP-087-PT por 5 segundos, SCP-087-PT tropeça e cai para trás no chão, e começa a se contorcer e gritar de dor, colocando suas mãos em seu rosto. SCP-087-PT se esforça para se levantar do chão equanto uma substância líquida dourada se assemelhando a ouro derretido começa a sair dos olhos de SCP-087-PT. SCP-087-PT fica de pé, e corre desesperadamente em direção a SCP-4333 com o intuito de atacá-lo, SCP-4333 consegue esquivar das duas tentativas de ataque, mas é atingido pelo terceiro ataque feito por SCP-087-PT, com este desferindo vários socos e chutes em SCP-4333. SCP-4333 cai para trás no chão inconsciente, e a substância que saia dos olhos de SCP-087-PT havia parado. O dano causado pela substância em SCP-087-PT se auto-repara completamente em questão de segundos, revelando a capacidade regenerativa anômala de SCP-087-PT. SCP-087-PT se aproxima de SCP-4333 e o ajuda a levantar.

Assim que SCP-4333 se recupera totalmente, SCP-4333 relutantemente oferece o seu dinheiro a SCP-087-PT. SCP-087-PT rejeita o dinheiro e aperta a mão de SCP-4333 antes de ir embora. Na tentativa de identificar a trajetória de SCP-087-PT, os agentes o seguiram, mas este ao notar a presença dos agentes, SCP-087-PT começou a correr, tornando-se inalcançável. A contenção de SCP-4333 foi restabelecida pela Filial Anglófona da Fundação e todas as testemunhas do evento foram tratadas com amnésticos e retornadas à cidade.

Adendo 087-003 Nota do Pesquisador Chefe

Em 05/09/2013, agentes de campo haviam encontrado um caderno escolar perdido na Praça de Liberdade, São Paulo-Brasil. O caderno estava com grande parte de suas folhas arrancadas, e as poucas folhas restantes estavam contendo pequenas histórias em quadrinhos possivelmente feitas por uma criança residente na cidade, cujo todas elas se tratavam de um lutador imbatível que se assemelhava a SCP-087-PT. Quando o objeto foi examinado, foi notado que uma das histórias no caderno se tratavam do personagem engajando-se em combate com vários frequentadores de uma academia, com o personagem comprando e tomando um sorvete no final como meio de comemoração, estranhamente se ligando com a descoberta de SCP-087-PT em Ribeirão Preto.

O proprietário do caderno foi mais tarde reconhecido como Hideki Hasegawa, um menino Japonês de 10 anos residente na cidade (designado PdI-087). Fazendo a datação radiométrica do objeto, havíamos descoberto que a história mencionada acima havia sido criada apenas um dia antes da descoberta de SCP-087-PT acontecer, sugerindo que PdI-087 seria uma potencial entidade capaz de manipulação de probabilidade e/ou realidade através da criação de histórias em quadrinhos. A respeito do incidente envolvendo a violação de contenção de SCP-087-PT, é desconhecido se PdI-087 possui ou não qualquer conhecimento sobre a Fundação, ou se SCP-087-PT apenas escapou por conta própria de sua contenção, já que nós estaríamos “interferindo na sua atuação” em próximas histórias. Entretanto, a estranha ineficiência na segurança do Sítio PT145 e o envolvimento “antagonístico” de SCP-4333 no Incidente 087-002 são evidências de uma suposta interferência anômala na probabilidade que provavelmente seria feita por PdI-087, deixando a primeira teoria mais verídica.

Como o caderno encontrado estava desprovido de folhas utilizáveis, e que SCP-087-PT ainda continua sendo avistado por agentes de campo em todo o mundo, acredita-se que PdI-087 tenha conseguido um outro caderno com a finalidade de continuar a produzir suas histórias. É desconhecido se SCP-087-PT tem conhecimento ou não de suas prováveis capacidades anômalas.

O contato com os pais de PdI-087 foi agendado para ser tentado amanhã.

Atenciosamente,
Pesquisador Chefe Cleon Wright

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License