SCP-090-PT
avaliação: +8+x
blank.png
ventilador

SCP-090-PT.
(Foto realizada por uma câmera de captação térmica).

Item nº: SCP-090-PT

Classe do Objeto: Seguro

Nível de Ameaça: Laranja

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-090-PT deve ser armazenado em um cofre de aço com as dimensões minimas de 13m x 0,31m x 0,45m. O cofre deve conter um encaixe no chão para que não ocorra qualquer deslocamento de SCP-090-PT. A operação de armazenamento deve ocorrer no escuro absoluto e ser realizada por drones ou qualquer outro meio que possa atuar na falta de luz por meio de algoritmos.

Qualquer objeto ou equipamento tão ou mais denso que o chumbo deve se manter distanciado da anomalia, exceto em caso da utilização desses materiais em pesquisas em ambiente controlado.

Qualquer instância de SCP-090-B-PT remanescente deve ser remotamente detonada em áreas desertas com no minimo de 5 Km de distância da civilização.

Descrição: SCP-090-PT é um ventilador nas proporções de: 45cm de altura, área de 400cm² em sua base e com hélices de 30 cm de diâmetro. Sua carcaça é composta por policarbonato comum pintado de preto, porém suas pás e componentes internos são compostos por uma liga metálica semelhante à alumínio negro.

Quando exposto a qualquer fonte de luz, seja artificial ou natural, os rotores do objeto entram em pleno funcionamento e suas hélices se tornam translúcidas. Durante seu funcionamento, qualquer objeto em uma distancia de até 12 metros deste será transformado em energia luminosa e atraído até os rotores. Após o objeto ser luminofeito, SCP-090-PT-B se materializará em uma localidade aleatória em um raio de 3 metros da anomalia original.

SCP-090-PT-B é uma esfera cristalina que comporta lasers sólidos em seu interior. O tamanho da esfera e a quantidade de feixes são determinados de acordo com a massa que foi absorvida.

Caso uma instância de SCP-090-PT-B for posta em frente de SCP-090-PT o objeto luminofeito será rematerializado. No entanto, se SCP-090-PT-B for avariada de alguma forma antes desse processo, o objeto original vai apresentar rompimentos semelhantes.

800px-Boule_de_cristal.jpg

SCP-090-PT-B em sua forma mais estável.

Caso a esfera cristalina de SCP-090-PT-B se rompa, por choque cinético ou por ter sido feita por luminificação de chumbo ou algum material mais denso que a sobrecarregue, uma explosão luminosa de intensidade variável ocorrerá, podendo desde causar um desconforto visual tal qual uma granada de luz MK13 (o que geralmente ocorre ao se romper por choque sinético após 1kg de concreto ser luminificado) até uma explosão equivalente a bomba MOAB GBU-43 (instantaneamente após luminificar 100g de ósmio).

SCP-090-PT foi adquirido durante uma incursão em um laboratório ilegal de armas na cidade de █████ ████ (██) no Brasil na data de ██/██/201█. O item foi encontrado junto de quatro corpos de agentes com a parte superior lacerada cilindricamente no mesmo diâmetro das hélices da anomalia e quatro instâncias de SCP-090-PT-B. É pressuposto que os quatro agentes entraram na sala contendo SCP-090-PT e acabaram por vir a óbito devido aos efeitos anômalos supracitados.

Nota do Dr. Patrick (10/10/2019): Requisito a permissão de sujeitar SCP-090-PT a mais estudos para o melhor entendimento de sua natureza devido ao seu potencial na utilização dele como arma e/ou geração de energia em larga escala.

Requisito aprovado pelo conselho CL5

Adendo 090-PT-01: Gravado em 23/10/2019

Relatório de Experimento 09001

Dr. Patrick: Vamos fazer isso rápido! Solte lentamente o bloco de concreto sobre a mesa e não ponha suas mãos dentro do raio de ação.

Funcionário D-036: (Posicionando um bloco de concreto em frente SCP-090-PT)
SCP-090-PT: //(Luminofaz o bloco de concreto a partir do momento em que ele entra em sua área de ação).

SCP-090-PT-B: (Se materializa).

Dr. Patrick: Isso é mais incrível do que me foi descrito. Aparentemente ele transforma matéria em energia luminosa e a armazena dentro desses cristais. Bote sua roupa de proteção e perfure o recipiente com aquela espiga.

SCP-090-B-PT:(Explode próximo do rosto de D-036).

Funcionário D-036:(se vira bruscamente para os lados com seus olhos escorrendo sangue)

Dr. Patrick: (Fazendo suas anotações finais enquanto gesticula para a equipe médica)

<Fim dos registros>

Nota do Dr. Patrick (23/10/2019): Após o incidente que resultou na cegueira no funcionário D-036, qualquer teste no SCP-090-PT e SCP-090-PT-B serão realizados a distancia remota devido a natureza instável do SCP-090-PT-B.

Adendo 090-PT-02: Dr. Patrick e o agente Carlos ██████ da Força-Tarefa [REDIGIDO] remotamente realizam testes expondo elementos e ligas metálicas à SCP-090-PT. Gravado em 24/10/2019

Relatório de experimentos 09002
5g de chumbo: Resulta na criação de SCP-090-PT-B1. Ao se materializar imediatamente o exterior do objeto se rompe causando uma explosão da magnitude de 275kg de TNT. Troca de equipamentos requisitada logo após.

5ml de àgua: Cria-se SCP-090-PT-B2. A instância de SCP-090-PT-B2 pode vir a se tornar instável quando aquecida, podendo pular e ricochetear por conta própria o que o torna perigoso caso se choque contra um objeto de extremidades rigidas.

5g de urânio: [CONFIDENCIAL]

5g de ouro: Resulta na criação de SCP-090-PT-B3. Sua parte externa se torna extremamente quente e apesar de sua grande densidade a energia os laser internos não foi liberada de uma vez como o usual. Ao invés disso, ele brilhou na intensidade de 2000 lúmens e 200cº por 40 dias.

5g de cobre: Cria-se SCP-090-PT-B4. A anomalia apresenta um efeito de aceleração na proporção de 4:1. Por exemplo, se o objeto for arremessado com a força necessária para acelerar um objeto de mesma massa em 50 km/h a anomalia ira acelerar em 200 km/h.

5g de césio: [CONFIDENCIAL]

5g de potássio: Cria-se SCP-090-PT-B5. Essa instância apresenta um brilho roxo de 1800 lúmens e após ser materializada ela causará uma explosão roxa que logo se torna matéria metálica ao ser tocada. A intensidade das explosões, até a data desse registro, são consideradas aleatórias.

5g de plutônio: [CONFIDENCIAL]

5g de mercúrio: Cria-se SCP-090-PT-B6. Essa instância torna-se termicamente instável, alternando entre -250K e 773,15K. Ao ter sua crosta rompida, toda sua energia parece ter subido até a atmosfera em forma de laser sólido em uma velocidade estimada 500m/s.

5g de cálcio: Cria-se SCP-090-PT-B7. Este é vaporizado a partir do momento de sua materialização.

5g de titânio: Cria-se SCP-090-PT-B8. A casca cristalina apresenta uma resistência maior que a do próprio titânio. Ao ser rompido, SCP-090-PT contraintuitivamente causou uma implosão em sua casca.

5g de carbono:

AVISO: O SEGUINTE ARQUIVO É CLASSIFICADO NÍVEL 4/090


TENTATIVA DE ACESSAR ESTE ARQUIVO SEM AUTORIZAÇÃO NÍVEL 4/090 SERÁ REGISTRADA E LEVARÁ A AÇÃO DISCIPLINAR IMEDIATA.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License