SCP-093-PT
avaliação: +11+x

Item nº: SCP-093-PT

Nível de Ameaça: Laranja

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-093-PT-α deve ser mantido em uma sala vigiada do Sítio PT33. É recomendado que os funcionários responsáveis pela proteção desta sala tenham sangue tipo O- ou AB+. Funcionários autorizados para pesquisa devem fazê-la com acompanhamento da Dra. Valois1.

Descrição: SCP-093-PT é composto por duas partes. SCP-093-PT-α consiste em um corpo humano do sexo feminino desprovido de cabeça. O corpo aparenta ser jovem, de origem europeia, com orgãos conservados e funcionais apesar da falta de alimentação e oxigênio. O corpo não aparenta sinais de envelhecimento e permanece inerte enquanto não houverem eventos SCP-093-PT-ω. Ferimentos causados em SCP-093-PT-α regeneram a uma velocidade similar à de planárias. Partes removidas do corpo perdem suas capacidades regenerativas na medida que são susbstituídas em SCP-093-PT-α, com exceção de seu sangue. Anatomicamente, os órgãos internos de SCP-093-PT-α não diferem de um humano comum.

SCP-093-PT-β consiste na cabeça correspondente a SCP-093-PT-α. Além dos traços europeus, SCP-093-PT-β apresenta olhos verdes e cabelos castanhos alaranjados com 50cm de comprimento. Caso cortados, os cabelos crescem ao seu comprimento habitual em aproximadamente cinco minutos. Cabelos extraídos não apresentam anomalia. Não foi observado atividade em SCP-093-PT-β mesmo durante eventos SCP-093-PT-ω. Após a quebra de contenção de 02/06/1986, SCP-093-PT-β está desaparecido.

As partes que normalmente conectariam a cabeça ao torso estão cobertas por uma camada de pele avermelhada que parece servir de dobra espacial entre os objetos. Testes realizados com ambos revelou relacionamento direto com o conteúdo transmitido pela dobra, sendo evidente que ambos dividem o mesmo fluxo sanguíneo. Tentativas de remover tecido da dobra para testes isolados não obtiveram sucesso.

A presença de SCP-093-PT afeta seres vivos próximos, com influência no tipo sanguíneo do ser. Independente do Rh, seres com sangue A ou B apresentam aversão a SCP-093-PT e entram em pânico se afetadas por SCP-093-PT-ω. Sangues do tipo O+ e AB- apresentam cansaço a curto prazo e envelhecimento precoce a longo prazo. Sangues tipo O- não apresentam sinais de influência de SCP-093-PT. Sangue tipo AB+ apresenta capacidade de cicatrização elevada e a longo prazo retardo de envelhecimento.

SCP-093-PT-ω é a denominação do evento ocorrido quando um ser vivo que contenha qualquer tipo sanguíneo diferente de O- e AB+ entra em contato direto com o sangue de SCP-093-PT. Durante SCP-093-PT-ω, a área contaminada pelo sangue de SCP-093-PT passa a emitir baixa luminosidade, imperceptível sob luzes acima de 480 lúmens, ao tempo que SCP-093-PT-α passa a se mover na direção do ser infectado com a intenção de matá-lo. Durante essa perseguição, toda tranca ou cadeado, eletrônico ou não, se abre para a passagem de SCP-093-PT-α. Ao atingir seu objetivo, SCP-093-PT-α usa as mãos para sufocar o ser infectado até a morte, porém em certos eventos SCP-093-PT-ω foi observado o uso improvisado de objetos próximos como arma. SCP-093-PT-α volta à inatividade após o evento.

Descoberta: SCP-093-PT-α foi descoberto em 1922 acidentalmente pelo navio de exploração marítima Il Venturini, próximo a Figueira da Foz, Portugal. Os exploradores alegam ter encontrado o objeto intocado pela vida marítima e com farrapos do que deveria ser um vestido vitoriano, no interior de um navio naufragado não identificado, mas assume-se pela construção e objetos encontrados que date do início do século XIX. O objeto foi levado para o Sítio PT4 onde permaneceu até 1949, quando foi transferido para a Área PT2 até 1986, transferido para o Sítio PT33 após a última quebra de contenção.

SCP-093-PT-β foi descoberto em posse do Doutor Jesse Irving, médico aposentado que havia dado como desaparecido cerca de dez anos antes. Dr. Irving foi encontrado morto de causas desconhecidas em uma cabana próxima ao rio Hudson, Nova Iorque. Elementos da área indicam que Dr. Irving havia se dedicado ao estudo do oculto e da taumaturgia, porém nada de relevante além de SCP-093-PT-β fora encontrado consigo. Como o objeto se encontrou em sua posse ainda é um fato desconhecido pela Fundação.

Instruções Especiais da Dra. Valois:

Para evitar requerimentos de pesquisas desnecessárias, uso de minha autoridade para vetar quaisquer testes que envolvam reproduzir os efeitos regenerativos de SCP-093-PT, assim como o proveito de qualquer feito aplicado durante o evento ômega. Cessam também quaisquer buscas e trocas de informações que remetam ao objeto SCP-093-PT-β, visto que não há mais a necessidade de contê-lo. As pesquisas do Dr. Washington estão sob minha posse e requerem autorização do CL5 para serem acessadas. Aviso também que Dr. Washington exigiu após sua aposentadoria que não houvesse tentativa de entrar em contato com o mesmo, visto que seus serviços à Fundação estão terminados. Insistência em contrariar minhas instruções será revisada pelo CL5 com punição variando de realocação de sítio, administração de amnésticos e até mesmo terminação.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License