SCP-1008
avaliação: +1+x

Item n°: SCP-1008

Classe de objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-1008 está contido em um contêiner moldado e opaco, cujo está armazenado em um cofre seguro dentro do Sítio ██. SCP-1008 só deve ser removido de seu contêiner com permissão prévia de pelo menos dois (2) funcionários de Nível 3, e todos os sujeitos expostos a SCP-1008 devem ser mantidos em observação até dissipação do seu efeito.

Descrição: SCP-1008 é uma rocha irregular de obsidiana polida, medindo cerca de 8 centímetros em diâmetro em seu maior lado e pesando aproximadamente 1,4 kg. A imagem de um sol está esculpida na superfície de SCP-1008, envolvida por uma escrita até então não traduzida, a qual se acredita estar escrita em um dialeto indiano antigo. No momento em que o entalhe de SCP-1008 é pressionado contra a testa de um ser humano vivo, seus efeitos anômalos irão se manifestar até o anoitecer.

No primeiro estágio, no qual o efeito dura aproximadamente uma semana, sujeitos afetados por SCP-1008 tornam-se incapazes de perceber a presença do sol. Sujeitos afetados não conseguem mais observar a luz solar, e precisam enxergar com a ajuda de luzes artificiais. Exames de sujeitos afetados demonstram reações comuns de indivíduos em isolamento completo da luz solar, como dilatação das pupilas, e exposição estendida a luz solar não causará nenhum efeito de cegueira ou derivado no afetado. Adicionalmente, sujeitos afetados relatam impossibilidade de observar a lua, ou qualquer outro corpo celeste primordialmente iluminado por luz solar.

Durante o segundo estágio, no qual perdura por aproximadamente dois (2) ou três (3) semanas após o primeiro estágio, o afetado torna-se incapaz de receber qualquer tipo de calor ou radiação solar. Os afetados demonstram sentir muito frio, e irão exibir um tom de pele cada vez mais pálido, além de sinalizar sintomas como falta de vitamina D e/ou transtorno afetivo sazonal.

No estágio final de exposição a SCP-1008, cujo dura tipicamente cerca de quatro (4) a seis (6) semanas após exposição inicial, os afetados relatam observar diminuição de saúde em outros indivíduos vivos próximos. Plantas aparecem murchas e atordoadas, e animais próximos se apresentam mais magros e desanimados. O mais importante, sujeitos afetados em estágios finais se tornam incapazes de obter calorias através de quaisquer tipos de alimento de base animal ou vegetal, e irão invariavelmente falecer devido a desnutrição severa nas seguintes semanas.

Adendo 1008-01: Transcrição do Trecho da Entrevista com Sujeito 1008-1

Sujeito 1008-1 (Agente ████ ██████) foi acidentalmente exposto a SCP-1008 enquanto disfarçado para [REDIGIDO]. Agente ██████ imediatamente trouxe SCP-1008 para a Fundação após manifestação de seus efeitos anômalos, e foi colocado em observação.

Dr. █████████: Qual foi a primeira indicação de que algo anômalo estava acontecendo?

Sujeito 1008-01: Eu acordei às… perto das cinco da manhã eu acho, no primeiro dia após o contato. Estou acostumado a acordar antes do sol nascer, e eu pensei que era estranho que eu não conseguia ver pelo menos uma luz a nascer no horizonte. E… o sol simplesmente não nascia nunca. Dr. ██████ me ligou e me perguntou por que eu não apareci em um belo dia de sol, e foi ali que eu percebi e disse a ele.

Dr. █████████: O que aconteceu após isso?

Sujeito 1008-01: Bom, os primeiros dias não foram tão ruins. Era só como se o sol nunca estivesse lá. Foi estranho ver tudo escuro, e não conseguir observar mais nada além de pessoas andando por aí normalmente.

Sujeito 1008-01: Tudo começou a ficar difícil após as primeiras semanas. Tudo começou a ficar… cada vez mais frio. E tudo, árvores, plantas, todas pareciam doentes e murchas apesar de todos dizerem que elas pareciam normais.

Dr. █████████: Continue.

Sujeito 1008-01: Ontem foi quando começou a ficar bem, bem ruim. Eu acho que… é só… tudo que vem do sol. Qualquer comida que nós comemos, ou animais que nós criamos… todas derivam a energia do sol… eu não consigo comer mais nada…

Sujeito 1008-01 se tornou incapaz de se alimentar após 36 dias de exposição à SCP-1008 e foi eventualmente sedado e colocado em um regime severo. O sujeito veio a óbito em um intervalo de aproximadamente 43 dias de contenção, e a causa da morte foi registrada como extrema hipotermia e malnutrição.

Adendo 1008-02: Tradução Parcial da Transcrição em SCP-1008

[Pecador?] como [punição/julgamento?]
é [banido/exilado?]
[Da] face do [desconhecido, possivelmente “sol” ou “deus”]
para [morrer?] em escuridão

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License