SCP-1081
avaliação: +1+x

Item nº: SCP-1081

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: As duas versões de SCP-1081 que estão atualmente em posse da Fundação, devem ser mantidas em um armário de contenção isolado revestido de chumbo na Unidade de Armazenamento 13 no Sítio 38. Exceto para fins experimentais, SCP-1081 nunca deve ser exposto a corrente elétrica sob quaisquer circunstâncias, por receio de ativação acidental. SCP-1081 nunca deve ser removido de seu armário de contenção, exceto por funcionários da classe-D com fones de ouvido anti-ruído ativos à todo momento.

Descrição: SCP-1081-1 e -2 são cópias idênticas de uma unidade preta de projeção de áudio no formato aproximado de um pequeno humanoide, 30 cm de altura. Por serem idênticos, eles podem ser referidos coletivamente como SCP-1081. As marcas na superfície exterior do alto-falante indicam que foram produzidos por uma empresa conhecida como "Echus Projector Combine" em um lugar chamado "Abubakari dos Desertos" ou "ABUDESUS". Os alto-falantes têm portas de entrada para inúmeros tipos desconhecidos de cabos elétricos e botões na parte de trás da "cabeça" para "DENSIDADE", "RAPIDEZ" e um interruptor que pode ser ajustado para "INATIVO", "ATIVO", "ENCERRAR", ou "REATIVAR". Embora os requisitos de energia do dispositivo sejam diferentes de qualquer padrão conhecido atualmente, os pesquisadores da Fundação foram capazes de construir um adaptador para alimentar o dispositivo em █,█ V e ██ A. Da mesma forma, tentativa e erro permitiram o desenvolvimento de adaptadores de entrada para fins experimentais.

SCP-1081 é capaz de projetar sons a ██ dB durante a sua utilização normal. Os alto-falantes irão se comportar normalmente (embora em padrões de qualidade um pouco abaixo dos padrões) durante o teste de qualquer função diferente de "ENCERRAR" ou "REATIVAR". Quando o interruptor está em ENCERRAR, o alto-falante emitirá um guincho agudo por aproximadamente dez segundos (um som descrito pelos pesquisadores sendo semelhante ao apito de um contramestre), seguido por uma voz falando em uma linguagem desconhecida composta de grego e palavras em latim com sintaxe e estrutura gramatical semelhantes às do Cherokee. Segue uma tradução aproximada do discurso:

A Companhia de Autores Joviais Integrantes da Universidade Alexylva lhe dá as boas-vindas a um [show, apresentação, farsa]! Por favor, evite [provocar o pensamento? falar, se expressar] ou perturbar os aparelhos durante a apresentação. Obrigado por sua [cooperação, obediência].

O apito e a mensagem serão projetados a ███ dB. Após essa mensagem, os sujeitos expostos ao som ficarão completamente incapazes de falar ou se comunicar por meios não-verbais (como por exemplo através da linguagem de sinais). A análise médica dos indivíduos afetados indica a funcionalidade completa das cordas vocais e outros sistemas não neurológicos relacionados à fala. No entanto, a análise neurológica indica que o sujeito sofre de um caso particularmente extremo de Afasia de broca, tornando-o capaz de conceber a fala, mas incapaz de expressar tais pensamentos por meios verbais ou outros meios. Fones de ouvido anti-ruído padrões podem bloquear o som o suficiente para impossibilitar seu efeito; pesquisas atuais sugerem que ele foi projetado com isso em mente. Ajustar o alto-falante para REATIVAR fará com que uma mensagem diferente seja reproduzida:

Obrigado por sua consideração durante esta apresentação da Companhia de Autores Joviais Integrantes da Universidade Alexylva! O show agora está concluído.

seguido por um som de apito semelhante. Os indivíduos que ouvirem a segunda mensagem experimentarão uma reversão de seus sintomas de afasia se forem expostos rapidamente. No entanto, se a afasia permanecer no local por aproximadamente mais de vinte e quatro horas, o sujeito ficará imune à segunda mensagem e a afasia será permanente. Além disso, os indivíduos afetados após este ponto desenvolverão depressão clínica profunda e frequentemente tentarão o suicídio dentro de uma semana; acredita-se que esta seja uma reação padrão a uma mudança tão repentina na habilidade de se comunicar, ao invés de um efeito secundário. O experimento determinou que as gravações de áudio dos respectivos sons não têm efeitos anômalos; apenas os sons emitidos por SCP-1081 transmitem suas propriedades aos seres humanos.

Quando não exposto à uma fonte de energia, SCP-1081 permanecerá inerte, exceto quando ENCERRAR ou REATIVAR forem selecionados. Os alto-falantes parecem ser capazes de produzir esses dois sons, independentemente de qualquer fonte de alimentação externa. Os dispositivos possuem baterias internas ou são capazes de extrair energia elétrica por meios indiretos da sala ao redor deles. A contenção é projetada para bloquear qualquer condutor possível de transmissão elétrica para SCP-1081.

Adendo 1081-A: Relatório de Recuperação SCP-1081-1 foi encontrado em um campo de soja nos arredores de [REDIGIDO], Tennessee em 18/07/0█. O objeto era acompanhado por um recibo básico em um contêiner de transporte padrão, destino marcado como "DEPARTAMENTO DE TEATRO DA UNIVERSIDADE ALEXYLVA" e um endereço em algum lugar em "Alexandria das Florestas." SCP-1081-2 foi encontrado por excursionistas em um rio próximo a [REDIGIDO], Tennessee em 02/08/0█, pouco mais de duas semanas depois. A embalagem era idêntica, com duas exceções. Primeiro, o recibo agora incluía uma linha dizendo "FORNECIDO GRATUITAMENTE E NOSSAS DESCULPAS PELA INCONVENIÊNCIA." Além disso, o recibo era acompanhado por uma pequena nota manuscrita em uma combinação de latim, grego, uma língua semelhante ao cherokee falado, e inglês antigo; quando traduzida, a nota dizia aproximadamente:

Aggi,

Já fazemos negócios há muito tempo, como você bem sabe. Juro pelos túmulos dos meus antepassados ​​que a remessa anterior foi concluída satisfatoriamente por mim. Não tenho ideia do que poderia ter acontecido Nós dois conhecemos os [rumores? contos?], Aggi. Olhe para o seu próprio povo antes de nos culpar. Esta não é a primeira vez que algo "que já desapareceu" está indo em sua direção. Só o Barca Magnus sabe onde os [objetos? artefatos?] estão indo, a menos que seus [filósofos naturais?] sejam mais precisos do que se acredita atualmente.

Ameaças e [recriminações?] são desnecessárias.

—[ilegível]

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License