SCP-1138
avaliação: +2+x
1138.jpg

Forma atual de SCP-1138, nas letras de Friedrich Nietzsche

Item nº: SCP-1138

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-1138 deve ser mantido no escritório do Dr. █████ no Setor-██. O pessoal com credenciais de Nível 2 ou superior podem acessar o objeto para fins de pesquisa com a autorização do Dr. █████. Pessoal com fortes convicções filosóficas deve ter acesso negado. O pessoal não deve contestar o objeto nem perguntar sobre a exatidão das informações contidas nele.

Uma vez por mês, um pesquisador que estuda conceitos filosóficos (seja por dever de serviço ou por educação pessoal) deve compor um artigo contendo pelo menos █ referências ao objeto. Pelo menos outras ██ pessoas devem se familiarizar com este artigo; e deve ser arquivado depois.

Descrição: SCP-1138 aparenta ser livro de correspondência para filósofos e/ou escritores. Embora o estilo de escrita sempre corresponda a um determinado autor, a grande maioria das correspondências é falsificada, e algumas são consideradas rascunhos genuínos não enviados. O autor do livro muda com base nos interesses científicos e pessoais do leitor e seu conteúdo depende das crenças do leitor em relação às idéias do autor. SCP-1138 sempre contém informações que contradizem as crenças atuais do leitor (ver adendo). Em outras palavras, o leitor, pensando que um filósofo aderiu a uma opinião específica, encontrará letras expressando idéias que contradizem diretamente as suas crenças, escritas com paixão e em grande detalhe. Se o leitor não tiver preocupações com conceitos filosóficos, SCP-1138 conterá letras de pessoas que o leitor respeita (até os pais), criticando a sua posição.

Manipular e ler os livros tem vários efeitos. Leitores que compartilham completamente as opiniões do autor presumido caem em uma depressão prolongada que eles comparam a ser traída por um amigo próximo. Indivíduos de mente mais aberta regozijam-se a princípio, às vezes entrando em euforia e afirmando que "finalmente encontraram a verdade" antes de se tornarem distraídos e incapazes de se concentrar. Esta condição dura cerca de uma semana. Pesquisadores profissionais que têm uma prova definitiva da falsidade das informações de SCP-1138 experimentam um forte desejo de iniciar uma discussão. Se eles começarem, [DADOS EXPURGADOS] seguido em 24 horas por um acidente vascular cerebral invariavelmente letal. A causa teorizada deste [DADOS EXPURGADOS].

Atualmente, não há como encontrar a forma "neutra" de SCP-1138. Na presença de humanos e/ou animais, o livro mantém sua aparência anterior. O manuseio de SCP-1138 com um robô controlado remotamente levou o livro a se transformar em uma escritura de Isaac Asimov, nas quais ele deu provas de que as Três Leis da Robótica não deveriam ser usadas na criação de robôs. Primeiro, a adesão às leis levará a que essas leis sejam desrespeitadas e, portanto, são inúteis. Segundo, os robôs são mais perfeitos que os humanos e não devem ser restringidos em suas ações em relação aos humanos. A tentativa foi interrompida; o robô e o controlador remoto usado no experimento foram examinados. O exame mostrou [DADOS EXPURGADOS].

Se não houver nenhum artigo científico escrito sobre SCP-1138 em um mês, o objeto desaparece e reaparece na biblioteca ou livraria mais próxima que teoricamente pode conter publicações de letras. Portanto, se o livro violar a contenção, os pesquisadores designados para SCP-1138 devem monitorar as notícias e investigar todo e qualquer "avanço sensacional" na filosofia e na história.

História: SCP-1138 atraiu a atenção da Fundação em 19██ quando █████ ███████, o líder do Partido Comunista de Hungria, fez uma crítica ao V.I. Lenin, alegando ter encontrado uma coleção de correspondências em que Lenin definiu o marxismo como uma teoria falaciosa e prejudicial e propôs cooperação com o Ocidente capitalista. Todo mundo que falou contra suas críticas morreu em 24 horas, tornando a situação especialmente suspeita. A casa do █████ ████████ foi vasculhada; o único item anômalo encontrado foi um livro que mudou sua aparência e conteúdo quando passou de uma pessoa para outra.

Mais tarde, descobriu-se que o objeto desaparece se não houver um artigo que faça referência a ele em um mês. Os funcionários responsáveis por SCP-1138 tiveram sorte, pois o livro sempre reapareceu na biblioteca do Setor ██ e foi facilmente encontrado. Não há casos conhecidos da aparência do livro antes que ele atraísse a atenção da Fundação.

Adendo: Algumas das instâncias mais interessantes de SCP-1138 estão listadas aqui:

  • Nas letras de Marcus Tullius Cicero em que ele afirma que todo conflito deveria ser resolvido por força bruta; a busca de compromisso baseada em leis e moralidade foi considerada desnecessária. "Cedant arma togae" foi reivindicada como "uma piada estúpida".
  • Nas letras de Niccolò Machiavelli que explicam consequências econômicas, políticas e culturais negativas, caso a Itália medieval se torne um estado unido. Ele também afirma que um governante deve agir dentro da lei e da ética e nunca quebrar essas regras. Note-se que O Príncipe (o livro que inspirou o termo "maquiavelismo") é geralmente considerado como uma sátira política pelos estudiosos.
  • Nas letras de Blaise Pascal, descrevendo o cristianismo como uma fé mais vil, falsa e abominável à dignidade humana.
  • Nas letras de Friedrich Nietzsche, alegando que o cristianismo e o budismo são a razão de todas as conquistas da humanidade. Ele também denuncia duramente a aspiração de algumas pessoas de "serem si-mesmos" e não pertencer à massa social.
  • Nas letras de Fyodor Dostoyevsky, nas quais ele afirma que uma vida decente e feliz só pode ser alcançada pela negação da existência de almas e pela falta de compaixão e beneficência.
  • Nas letras do O5-█, nas quais ele solicita que todos as anomalias dentro da custódia da Fundação sejam liberadas ou terminadas. Além disso, ele alega ter [DADOS EXPURGADOS]

Conclusão preliminar de Dr. █████: Atualmente, não podemos determinar se o objeto é sapiente. Talvez seja sapiente e crie informações que contradizem nossas crenças, a fim de nos provocar a argumentar e se tornar suas vítimas. Se for esse o caso, matar é uma forma de sustentar sua vida e o comportamento do objeto é a maneira pela qual ele caça. Talvez o objeto não seja sapiente e simplesmente re-traduza pensamentos de outro mundo em que filósofos e pensadores chegaram a ter idéias diferentes. Um estudo mais aprofundado com SCP-1138 é necessário.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License