SCP-1145
avaliação: +2+x
SCP-1145.jpg

Imagem de SCP-1145 contido em uma Unidade de Recuperação de Borossilicato

Item n°: SCP-1145

Classe do objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-1145 deve ser contido em recipiente de vidro-borossilicato com espessura de quinze (15) centímetros. Esse recipiente deve ser posto em uma câmara de contenção de no mínimo 50m × 50m × 29m, qualquer sujeito que entre na zona de cinco (5) metros da câmara deve ser monitorado. Dentro dessa câmara deve haver duas celas de contenção para humanoides com necessidades básicas à dez (10) metros do recipiente de contenção do objeto. (câmaras designadas como 1145-2 e 1145-3, respectivamente) Um sujeito de Classe-D deve ocupar as duas celas a toda hora para que eventualmente SCP-1145 adentre em seu estado ativo.

O recipiente de borossilicato deve estar preenchido por água em todos os momentos. Deve haver uma troca da água a cada um semestre. O uso de sujeitos de Classe-D para realizarem o protocolo de reabastecimento deve ser aprovado por O5-6, assim minimizando o risco em pesquisas.

Sob nenhuma circunstância pesquisadoras são autorizados a entrar na câmara de contenção de SCP-1145 sem um traje NBQ. Na ocorrência de exposições, sujeitos devem receber descontaminação imediata e serem transferidos à outra área. Oito (8) lâmpadas xênon de arco-curto devem ser operadas durante o reabastecimento do recipiente de borossilicato. Essas lâmpadas devem ser repostas anualmente. Em nenhum momento o objeto deve deixar de ser iluminado com mais de 20 lúmens, com exceção em testes autorizados. Após Incidente #1145-4 (consulte Registro de Experimentos #1145), nenhum funcionário acima da Classe-D tem autorização de entrar na zona de quinze (15) metros do objeto. Testes com SCP-1145 devem ser autorizados somente por funcionários de Nível 4 ou superior, e conduzido por funcionários de Nível 3 ou superior. [TODOS OS TESTES ENVOLVENDO SCP-1145 FORAM CANCELADOS POR ORDEM DE O5-6]

Descrição: SCP-1145 é um urso de pelúcia de aproximadamente 30cm de altura que foi recuperado em Nagasaki, no Japão em 19██. Seu tecido exterior consiste inteiramente de pele retirada e tratada da espécie Ursus thibetanus. As costuras são feitas utilizando um fio de linha pesado, esta sendo de um tecido fibroso conectivo ainda não-identificado. Nenhuma tentativa foi feita de violar seu revestimento exterior, pelo fato de seus procedimentos de contenção não autorizarem contatos com SCP-1145 com o intuito de retirar uma amostra de seu interior. Com exceção de um focinho rudimentar, SCP-1145 não apresenta de mais características faciais. SCP-1145 pesa 9,4 kg, o que é consideravelmente pesado em comparação com pelúcias de urso similares ao seu tamanho; a razão dessa óbvia diferença em peso continua desconhecida.

SCP-1145 emite radiação, com doses entre 2,7 e ████ PBq. Em seu estado inativo, o objeto emite radiação consistente a um decaimento em cadeia de Pu-239 (Pu-239 -> U-235, decaimento Alfa) e de Pu-241 (Pu-241 -> Am-241, decaimento Beta). Diferentemente de outras amostras de Pu-293 e Pu-241, estes não emitem quaisquer tipos de radiação gama que sejam normalmente associadas ao decaimento radiativo.

A quantidade se radiação emitida por SCP-1145 em seu nível base é 2,7 PBq. Este aumenta em uma taxa de ████ MBq/seg se o objeto não estiver sendo iluminado. A presença de água em seu recipiente é suficiente para absorver qualquer radiação emitida pelo objeto. Devido aos efeitos da radiação Cherenkov, a água também tem um efeito colateral que fornece iluminação suficiente para conseguir evitar que SCP-1145 acabe transitando entre estados.

Após ser deixado sem iluminação por um período acima de 3 segundos, o objeto adentra seu estado ativo. Nesse estado, o objeto emite radiação gama. SCP-1145 irá mover-se na direção do ser humano mais próximo. Seus meios de locomover-se continuam desconhecidos. Entretanto, testes mostraram que o objeto move-se em uma velocidade de cerca de 45m/seg. Nesse estado, o objeto pode passar por qualquer substância, deixando as superfícies que esse passa extremamente irradiantes, mas não provocando danos estruturais perceptíveis.

Imediatamente após chegar à 1m de seu alvo, SCP-1145 começará a aumentar suas emissões em uma taxa de ████ PBq a cada 30 segundos. Essas emissões continuarão a aumentar até que o objeto seja segurado pelo alvo. Ao ser segurado por seu alvo, as emissões voltarão ao seu nível base de acordo com tempo que o sujeito mantenha contato físico não-protegido com o objeto. Após a expiração do alvo, SCP-1145 irá adentrar em seu estado inativo. No caso do sujeito expirar enquanto o objeto não esteja sendo iluminado, SCP-1145 irá imediatamente retornar ao seu estado ativo.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License