SCP-116-PT

avaliação: 0+x
blank.png

Nível de Ameaça: Amarello

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-116-PT deve ser mantido dentro de uma caixa de alumínio de 20 cm de comprimento por 20 cm de largura, numa sala de anomalias padrão da classe . Qualquer contacto com SCP-116-PT deve ser monitorizado por dois guardas adicionais ao pessoal científico responsável da experiência. Durante as experiências com Classes-D, os guardas encarregados do controlo terão o direito de abater os Classes-D se se desviarem das ordens dadas pela equipa científica.

Durante experiências com SCP-116-PT, as Classes-D utilizadas serão obrigadas a transportar equipamento especializado de comunicação inter-dimensional.

Para evitar mais perdas de Classes-D em consequência das experiências realizadas no SCP-116-PT-Alpha (mais de ███ no total), todos os testes terão agora de passar pelo CL5 para aprovação. Além disso, o acesso à dimensão SCP-116-PT-Alpha é agora formalmente proibida após o aparecimento de instâncias de SCP-116-PT-0 em várias praias do territorio lusófono.

Descrição: SCP-116-PT é uma bússola que fixa o norte feita de cobre e que data do período dos Grandes Descobrimentos (cerca de 1500). Na bússola parecem estar gravados vários símbolos e no verso as inscrições "Mar e Horizonte" podem ser lidas. Durante a descoberta da anomalia, foi também encontrado um diário pertencente a um certo ███████ ████████, revelando-o como um membro da frota de Magalhães a bordo do Trinidad (um dos navios de Magalhães).

A bússola entra num estado activo quando uma pessoa a pega e começa a seguir a direcção indicada. SCP-116-PT causará uma distorção da realidade à volta do operador por razões ainda desconhecidas. Cinco minutos após o início da distorção, o corpo do operador da bússola será movido para uma dimensão chamada SCP-116-PT-Alpha com SCP-116-PT na sua mão. De acordo com as experiências levadas a cabo depois de várias Classes-D terem sido enviadas para lá, a dimensão seria semelhante a um mar supostamente infinito e sem fundo com um céu estrelado acompanhado por uma Lua de sangue1. A atmosfera dentro do SCP-116-PT-Alpha é similar à da Terra, apesar da presença de uma Lua mais próxima do solo.

A bússola que permite a passagem para SCP-116-PT-Alpha também pode entrar num estado de sono se estiver descansada antes de passar para a dimensão acima mencionada. A bússola terá então o mesmo efeito que um estabilizador da realidade e anulará a distorção criada.

Ao entrar no SCP-116-PT-Alpha, SCP-116-PT não verá qualquer alteração no seu comportamento, continuando a apontar para norte como antes. No entanto, uma mensagem aparecerá então na forma de uma garrafa de vidro contendo um pergaminho no interior, sendo este supostamente um ponto de ancoragem da realidade que aparece a cada teste bem sucedido com múltiplas Classes-D e o conteúdo da mensagem no interior do pergaminho é sempre o mesmo. A mensagem faz a pergunta "Bem-vindo ao Mar do Horizonte, será a sua viagem curta ou longa?"2.

Dependendo do tempo passado no SCP-116-PT-Alpha, vários eventos irão ocorrer. Aqui está uma lista não exaustiva dos eventos que aparecem com os seus tempos de ligação e o número de Classes-D que assistiram a esses eventos:

Tempo passado dentro de SCP-116-PT-Alpha : Evento que ocorre dentro de SCP-116-PT-Alpha : Quantidade de Classes-D que assistiram ao evento :
10 minutos passados dentro de SCP-116-PT-Alpha. Aparição de instâncias denominadas SCP-116-PT-0. Estas instâncias são criaturas humanóides com características que se assemelham a animais marinhos. São extremamente agressivas para com o utente de SCP-116-PT chegando ao ponto de devorar os membros vivos do utente a fim de se alimentarem e de os fazer largar SCP-116-PT3. Quase todas as Classes-D enviadas dentro de SCP-116-PT-Alpha afirmam ter visto aparecer instâncias de SCP-116-PT-0. Das ███ Classes-D enviadas, as perdas estimadas ascendem a mais de 40.
20 minutos passados dentro de SCP-116-PT-Alpha. Aparição de correntes semelhantes a ondas de maré que podem ter mais de 5 metros de altura e viajar a mais de 1200 km/h4. Das ██ Classes-D que assistiram ao evento, apenas 15 escaparam incólumes.
30 minutos passados dentro de SCP-116-PT-Alpha. Aparição de barcos de pesca, caravelas e galeões encalhados à volta do utilizador da bússola. Ao contacto com estes, o utente verá a composição do seu corpo mudar pouco a pouco para o material do objecto tocado. O utilizador não será capaz de se destacar do objecto e será assimilado pelo objecto.5. Das █ Classes-D que assistiram ao evento, não foram registados sobreviventes.

Não é conhecido nenhum evento que tenha durado superior aos 30 minutos dentro de SCP-116-PT-Alpha, apesar do número de Class-D enviadas para o lugar.

Devido às muitas perdas materiais por tão pouca informação acrescentada ao relatório e por ordem do CL5, a partir de agora as experiências sobre SCP-116-PT e PT-Alpha terão de ser aprovadas pelo Conselho.
CL5-█


Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License