SCP-1236
avaliação: 0+x
haringfinalweb.jpg

Escaneamento Digital de SCP-1236 1-4

Item n°: SCP-1236

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-1236 1 a 4 devem ser cobertos com um tecido preto, que bloqueie a luz, e guardados em malas fechadas quando não estão a ser estudados. Estas malas podem ser guardadas na mesma área de armazenamento. Os fechos que trancam cada mala devem possuir chaves diferentes. Ao retirar da mala, qualquer SCP-1236 1 a 4 será colocada sobre um cavalete montado no chão, ainda coberto no tecido preto. A cobertura de tecido preto só pode ser retirada quando a equipe de montagem estiver em segurança atrás das pinturas

Descrição: SCP-1236 é uma série de 4 quadros, etiquetados SCP-1236 1 a 4. Cada um tem 100cm de altura por 75cm de largura e são emoldurados com molduras de madeira lisa e preta. São pintadas num estilo que lembra Keith Haring, embora assinadas no verso com o nome "Serl". Quando vistas através de um dispositivo de visualização remota, como uma câmara de monitor, através de um espelho, através de uma cobertura de vidro, ou uma imagem gravada, como imagens de vídeo ou imagens fixas, as imagens apresentam um fundo colorido com uma figura de cor diferente no centro da imagem. A figura tem uma forma humanoide, sem outras características físicas para além da cabeça, braço, perna e tronco, como é típico do trabalho de Haring.

Quando vista diretamente, no entanto, cada imagem assume uma características específica, dependo do espectador. A imagem original não é visível para o espectador, e em vez disso, é vista uma imagem alternativa.

Após investigação de 4 suicídios de funcionários e múltiplos problemas emocionais/sociais relatados aos funcionários psicólogos, o pessoal não pertencente á Classe-D é impedido de ver diretamente qualquer um dos quadros do conjunto SCP-1236.

SCP-1236-1: Esta tela mostrará um retrato completo de uma pessoa que é ideal de perfeição física do espectador, com base na orientação sexual. Esta não é uma imagem de qualquer pessoal real, mas é uma representação de cada desejo e impulso subconsciente reunido num único individuo. Este individuo representa a última palavra em atração física e sexual para o telespectador. Esta impressão funciona até ao nível mental/pessoal, sendo o espectador capaz de descrever em detalhes vívidos aspectos da personalidade e traços de carácter do retrato que os tornarão ainda mais atraentes para o espectador.

SCP-1236-2: Esta tela irá mostrar uma imagem do próprio espectador como um espécime fisicamente perfeito. Eles veem-se a si próprios como a ultima palavra em atratividade e desejo. Independentemente da aparência real, e de quão extrema a mudança para se tornar "perfeito", o espectador ainda se reconhecerá como o sujeito da imagem. Mais uma vez, isto funciona ao nível da personalidade, quaisquer falhas de personalidade são removidas e traços mais desejáveis são incluídos.

SCP-1236-3: Esta tela apresenta um retrato do atual ou mais recente parceiro amoroso do espectador. Esta imagem, tal como as duas anteriores, projeta uma imagem de perfeição física e mental. O espectador vê o parceiro demonstrado da forma física e mentalmente mais apelativa possível. Quaisquer imperfeições reais são eliminadas e o sujeito é visto na "melhor luz possível".

SCP-1236-4: Esta tela revela outro retrato do espectador, mas neste caso, na "pior luz possível". Cada imperfeição é ampliada e as falhas de carácter são óbvias e horrendas. Ao ver esta imagem, o espectador fica com a impressão de que é uma pessoa horrivelmente repulsiva e que não há forma alguma de qualquer pessoa poder ser atraída a ele.

Adendo 1236-A
Todos os quatro quadros foram encontradas em Agosto, [DADOS EXPURGADOS] numa galeria de arte em Nova Iorque.
Quando entrevistado, o proprietário da galeria não se lembrava onde os tinha adquirido, mas tinha 6 quadros da série. Apenas os expôs durante parte de um dia e relatou que os quadros deixavam as pessoas "muito desconfortáveis". O proprietário, que usa óculos devido à grave miopia, relatou ter retirado os quadros da exposição, mas não antes de vender dois deles a um comprador sem nome por vários milhares de dólares cada. Os restantes quadros foram transferidos para a Fundação, mas não existem registros de galerias para mostrar quem possa ter comprado os outros dois quadros da série. O proprietário da galeria relatou que informação a respeito do comprador tinha de alguma forma sido apagada da sua base de dados, juntamente com todas as outras informações relacionadas com os seis quadros.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License