SCP-1262
avaliação: +1+x

Item nº: SCP-1262

Classe do Objeto: Keter

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-1262 deve ser mantido em estado dormente indefinido na Área de Armazenamento-33 dentro de um cubo de gelo seco medindo 3m x 3m x 3m a 205 Kelvin (-68 graus Celsius). O cubo deve ser suspenso dentro do Silo-4. Dois desumidificadores de força industrial funcionarão continuamente para manter um ambiente seco dentro do Silo-4. Os emissores de nêutrons banharão o interior com radiação o tempo todo para impedir os orgânicos indesejados. Silo-4 também deve ser preenchido com gás argônio à pressão atmosférica padrão.

No caso de uma falha catastrófica do sistema de contenção primária ou uma brecha no próprio cubo, 6 brocas pneumáticas se estenderão das paredes e penetrarão em cada face do cubo para fornecer uma poderosa auxina sintética (2,4,5-T) diretamente em SCP-1262. Se este sistema secundário falhar, 50% do Silo-4 será preenchido com paraquat em ebulição e SCP-1262 será liberado no líquido. Se este sistema terciário falhar, uma série de explosões incendiárias controladas usando uma combinação de termite, napalm, fósforo branco e TNT serão usadas para suprimir SCP-1262. Em qualquer caso, a Força Tarefa Móvel Theta-4 (também conhecida como "Jardineiros") responderá e permanecerá no local para fornecer segurança adicional durante o restabelecimento/reconstrução do(s) sistema(s) de contenção.

Em nenhum momento deve ser introduzido no Silo-4 água, vapor de água, tecido orgânico ou luz visível (com frequência entre 400-790 THz). Fora da contenção, SCP-1262 é extremamente letal em contato direto com organismos e só deve ser abordado após ser totalmente suprimido de volta a um estado dormente.

Descrição: SCP-1262 é uma massa de aproximadamente 30 cm de diâmetro que é composta de matéria vegetal verde capaz de crescimento altamente acelerado quando deixada na presença de luz, umidade ou tecido orgânico. Sua área superficial é composta por uma densa cobertura de raízes finas. Essas raízes podem se espalhar para fora por crescimento e movimento a uma taxa de 0,22 metros por segundo. As raízes de SCP-1262 podem atingir até um quilômetro de comprimento para buscar água e nutrição mineral do ambiente circundante ou de outros organismos vivos.

SCP-1262 tem uma capacidade regenerativa rápida que dificulta sua erradicação. SCP-1262 também possui uma resistência inata à maioria dos tipos de radiação, temperaturas extremas e pressões extremas. No entanto, temperaturas extremas (>1.470 Kelvin ou <213 Kelvin) ou grandes quantidades de herbicidas agressivos parecem ser os métodos de supressão mais eficazes. Atualmente não há nenhum método conhecido para exterminar completamente SCP-1262. Se não for controlado, SCP-1262 crescerá para formar estruturas complexas. Essas estruturas são suportadas por fibra de celulose endurecida e revestimento de cera de lignina formado em padrões hexagonais. Essas estruturas também incluem mecanismos biológicos defensivos/ofensivos que variam de flechettes de carbonato de cálcio descarregados pneumaticamente a cápsulas de liberação de fumaça alucinógena.

Dentro dessas estruturas, SCP-1262 é capaz de produzir muitos sistemas orgânicos que funcionam independentemente para capturar e converter o ambiente em uma escala enorme. Revise o resumo do Incidente 1262-2010-4.2 para obter mais informações sobre a atividade de SCP-1262 e o nível de ameaça.1

Resumo do cronograma do incidente 1262-2010-4.2:

12/04/2010

  • Dr. ███████ (um vulcanologista proeminente) e seu assistente estavam coletando amostras na calota de gelo de Eyjafjallajökull na Islândia quando inadvertidamente desenterraram SCP-1262 do gelo denso. Dr. ███████ pediu a seu assistente para recuperá-lo. Quando o assistente entrou em contato físico com SCP-1262, ele foi rapidamente engolido e absorvido por um crescimento excessivo, resultando em morte em segundos. Dr. ███████ escapou de volta para seu veículo e relatou às autoridades locais. A polícia local chegou horas depois para encontrar uma árvore grossa como uma estrutura crescendo. Três dos oficiais foram enredados e absorvidos por raízes debaixo deles e outro foi morto por um aerossol tóxico. O único sobrevivente não relatou o incidente, mas fugiu do país, onde mais tarde foi detido no exterior. SCP-1262 cresceu substancialmente e praticamente despercebido pelas próximas 12 horas.

13/04/2010

  • Às 4:00 da manhã, SCP-1262 cresceu em uma estrutura de celulose endurecida cobrindo quase 20.000m2 com três torres proeminentes cada uma com aproximadamente 100m de altura. Na base, uma coleção de bexigas gasosas, cada uma inflando e desinflando independentemente, estava espalhada ao redor da massa central, junto com raízes grossas que penetravam profundamente no gelo. A estrutura estava processando o ar ambiente e outros nutrientes em monóxido de carbono aquecido, que estava sendo exalado das torres da estrutura como nuvens espessas. Duas cidades próximas foram evacuadas depois que cinquenta pessoas morreram por inalação.
  • Por volta das 12h30, mais duas torres brotaram e toda a estrutura aumentou em 160%. A Fundação SCP foi então notificada e um apagão de perímetro/mídia foi estabelecido para proteger os civis. A Força Tarefa Móvel Sigma-9 (também conhecida como "Valquírias") foi chamada com autorização de Nível 5 para estabelecer fogo de supressão em torno de SCP-1262 usando destruidores de bunker com █████████ ogivas.

14/04/2010

  • A primeira rajada do ataque aéreo começou às 1:00 da manhã e conseguiu penetrar na calota de gelo sobre o vulcão adormecido. SCP-1262 ficou preso na caldeira em colapso por um curto período de tempo. Durante esse tempo, três aeronaves são destruídas por SCP-1262. Uma segunda rajada foi direcionada diretamente para o centro de massa da estrutura. As explosões subsequentes foram capazes de desestabilizar o vulcão abaixo a ponto de desencadear uma erupção violenta como planejado. Um ataque aéreo final de bombardeios foi feito nas áreas circundantes da calota de gelo Eyjafjallajökull, efetivamente demolindo as cidades de ██████████ e █████████ junto com █████ █████████ de testemunhas do acampamento █████████████.
  • Todo o local foi monitorado de perto para garantir que tivesse sido incinerado com sucesso na erupção. Todo o conhecimento público do incidente foi eliminado e o espaço aéreo de 20 países próximos foi posteriormente fechado até novo aviso até que amostras de cinzas atmosféricas confirmassem uma neutralização completa.

██/██/20██

  • O voo ████ caiu em uma área isolada da Groenlândia enquanto viajava de Reykjavík, Islândia. Transmissões interceptadas antes do acidente deram uma forte indicação de que SCP-1262 estava envolvido. Após uma investigação mais aprofundada dos destroços, a seção da cauda que havia quebrado no ar foi encontrada coberta pelo crescimento excessivo de SCP-1262. Ainda em estágios iniciais de desenvolvimento, SCP-1262 foi rapidamente suprimido e teve as camadas circundantes de crescimento retiradas. SCP-1262 foi então levado diretamente para a Área-33 para armazenamento indefinido.
Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License