SCP-1382
avaliação: 0+x
1382.jpg

SCP-1382-1

Item nº: SCP-1382

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-1382 é mantido fora do sítio nas coordenadas [REMOVIDO], Lago Michigan. SCPS Seastar permanecerá em missão permanente a 1 quilômetro de SCP-1382, aparentando ser a embarcação SS Lobster Trap dos Associados de Pesquisa de Naufrágios de Michigan. Os operativos da fundação integrados na Guarda Costeira local devem redirecionar o tráfego aéreo e marinho longe do sítio de contenção. Qualquer tráfego civil que se aproxime de SCP-1382 será detido, interrogado e administrados amnésicos classe B pendente os resultados do interrogatório.

Descrição: SCP-1382-1 é uma boia salva-vidas vermelha, idêntica aos modelos produzidos por ████████ ██████. Registros confirmam um modelo existente fabricado em 19██, mas nenhum comportamento anormal foi registrado até o dia 7 de julho de 2012. SCP-1382-1 sofreu danos estruturais indicando um impacto em alta velocidade, provavelmente de uma embarcação civil, fora isso mostra-se funcional e intacta. A Fundação foi alertada sobre SCP-1382 após um padrão nos relatórios de pessoas desaparecidas levou até as coordenadas. Em condições de clima escuro ou noturno, SCP-1382-1 emite o sinal internacional S.O.S em código morse em intervalos de dez segundos.

SCP-1382-1 está ancorado a SCP-1382-2, que está localizado no fundo do lago a uma profundidade de ██ metros. SCP-1382-2 são os destroços de █████████ Airlines Voo 441, um voo comercial de passageiros desaparecido sobre o Lago Michigan em 2 de julho de 1973. A aeronave sofreu um dano estrutural extenso e degradação relativa a um pouso forçado na água e uma prolongada imersão.

Junto de SCP-1382 encontra-se 56 instâncias de SCP-1382-3: restos mortais humanos que acredita-se ser dos passageiros e da tripulação de SCP-1382-2. Os vestígios de três pessoas desaparecidas atribuídas ao SCP-1382-1, assim como D-49581 (ver Incidente 1382-C-2), também está junto de SCP-1382-2. O paradeiro de dois passageiros e dois membros da tripulação do Voo 441 são atualmente desconhecidos.

Quando SCP-1382-1 se torna ativo, todas as instâncias de SCP-1382-3 despertam, registrando uma temperatura de 37,0 ºC (98.6 ºF) segundo os escâneres de imagem térmicos. Primeiras observações indicaram que SCP-1382-3 estava “revivendo” o acidente do Voo 441: a maioria de 1382-3 aparentavam estar aflitos e assumindo posições de preparo para o impacto em seus assentos. Uma observação contínua revelou um número de discrepâncias, Dr. Salvia concluiu que os passageiros estavam aflitos pelos eventos ocorridos paralelamente ao acidente, e não ao acidente em si.

  • Sujeito nº 1 (SCP-1382-3-1) ergue-se do assento do piloto e parece estar se defendendo de um atacante desconhecido antes de cair sobre o painel de controle do SCP-1382-2 e parar de se mexer.
  • Sujeito nº 9 cai de joelhos e levanta os braços, sugerindo uma postura de suplica e/ou oração.
  • Sujeito nº 12 tenta empurrar seu polegar direito contra o olho esquerdo do Sujeito nº 13, sentado ao seu lado. Nº 13 não oferece nenhuma resistência mas parece estar gritando.
  • Sujeito nº 18 se inclina sobre o encosto de sua poltrona, agarra e tenta consumir a mão esquerda do Sujeito nº 19 pretendendo desprender e engolir as falanges intermediárias e distais dos dedos indicador e médio (ossos das falanges podem ser vistas dentro da caixa torácica do nº18). Nº19 aparenta estar gritando enquanto Sujeito nº 20, sentado próximo a ele, ataca nº 18 com os punhos.
  • Sujeitos nº 22, 23 e 24 estão gesticulando na janela do lado esquerdo dos passageiros, seus movimentos sugerem algo próximo à asa do avião.
  • Sujeitos nº 44 e 45 dominam os Sujeitos nº 46 e 47 (ambos jovens, com idade estimada de 8 e 6 anos, respectivamente) e começam a consumi-los.
  • Sujeitos nº 53, 54 e 55 são identificados sendo █████ █████████, ████████ ██████, e ███ ███████, relatados desparecidos durante um período de três meses antes da descoberta de SCP-1382. Cada um em estágio de decomposição compatível ao seu ambiente e tempo submerso. Quando reanimados, todos os três expressam confusão e angústia ao seu redor e deterioram até a condição atual de seus corpos.
  • Sujeito nº 56 são os restos de D-49581, absorvido para SCP-1382 durante o Incidente 1382-C-2. Está em um estágio inicial de decomposição. Nº 56 expressa confusão e angústia ao seu redor, assim como lucidez e nenhuma ação “repetitiva” demonstrados pelos outros SCP-1382-3. Nº 56 realizou diversas tentativas para escapar de SCP-1382-2. Até o momento nº 56 tentou libertar-se através de uma janela aberta, se comunicar com os SCP-1382-3 por perto, e correr ou nadar até as saídas de emergência. Cada tentativa foi mal sucedida no tempo previsto. Solicitações para contato e/ou remoção do nº 56 estão pendentes de aprovação.

Após 13 segundos de atividade, todas as instâncias de SCP-1382 voltam-se para SCP-1382-1. Eles permanecem nessa posição até SCP-1382-1 cessar o chamado de S.O.S, ponto em que eles colapsam e se tornam inertes.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License