SCP-1432
avaliação: +2+x
1432.jpg

Uma cena aos 12:31 de SCP-1432

Item nº: SCP-1432

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Instancias recuperadas de SCP-1432 devem ser colocados em um registros de arquivos na câmara de contenção. Um televisor e leitor de DVD serão fornecidos para fins de teste. O pessoal não é permitido de remover instâncias de SCP-1432 de sua câmara de contenção em nenhuma circunstancia.

Comunicações com a delegacia de polícia devem ser monitoradas por assassinatos envolvendo um DVD incomum. No caso de tal relatório, uma equipe de recuperação será enviada para recuperar quaisquer instâncias de SCP-1432 e quaisquer indivíduos potencialmente expostos aos efeitos de SCP-1432. Um funcionário de Classe-D deve exibir uma instância suspeita de SCP-1432 em sua totalidade e, em seguida, ser avaliado em busca de indicações dos efeitos de SCP-1432. Após o teste, qualquer indivíduo afetado por SCP-1432 deve ser reclassificado como funcionário de Classe-D e colocado em confinamento solitário.

O monitoramento das instâncias de SCP-1432 que foram publicadas online deve ser conduzido regularmente. Tais instâncias de SCP-1432 devem ser eliminadas imediatamente e seu endereço IP deve ser rastreado, se possível.

Descrição: SCP-1432 é uma gravação de 17 minutos que foi encontrada em vários DVDs genéricos em uma variedade de locais dentro dos EUA. A(s) fonte(s) desses DVDs atualmente permanece desconhecida. Os DVDs são colocados em caixas de correio de um indivíduo, aparentemente selecionados aleatoriamente.

O vídeo consiste em uma boneca anormalmente grande que persegue uma mulher Caucasiana com um vestido branco e curto e sapatos de salto alto por meio de uma série de salas e corredores com diferentes níveis de iluminação. O tamanho da boneca é inconsistente ao longo do filme, com a boneca sendo retratada como maior ou menor, a fim de passar por diferentes áreas (embora a boneca nunca seja mostrada mudando de tamanho). Perto do final do vídeo, a boneca encurrala a mulher em uma sala grande. Há então uma pausa no vídeo por 44 segundos antes que o corpo da mulher seja visto imóvel no chão da sala. A câmera se move gradualmente para cima do corpo e revela que a cabeça da mulher foi substituída pela cabeça da boneca, quando o vídeo termina.

Os indivíduos que visualizarem pelo menos cinco minutos do vídeo, serão afetados por SCP-1432. SCP-1432 faz com que os indivíduos acreditem que tanto eles como todos os outros seres humanos e animais são bonecos artificialmente construídos. Os indivíduos acreditam que tanto os corpos quanto as principais características de sua personalidade (ou, em casos extremos, toda a sua personalidade) foram artificialmente construídos por um ser desconhecido ou grupo de seres. Este efeito provou ser imune a todos os amnésicos atualmente pertencentes a Fundação.

Este efeito resultará em depressão clínica em aproximadamente 89% dos indivíduos. Além disso, 73% dos indivíduos tentarão matar pelo menos um outro indivíduo. Se bem sucedidos, eles irão desmembrar sistematicamente e/ou estripar o(s) cadáver(es) daqueles que mataram para provar aos outros que todos eles são brinquedos artificialmente construídos. Indivíduos não-psicopatas exibirão intenso sofrimento emocional durante essa ocorrência, mas invariavelmente acreditarão que esse sofrimento foi implantado em sua personalidade por seu(s) criador(es). Atualmente, não está claro se essa compulsão por matar outros é um efeito direto da exposição ao SCP-1432 ou uma reação psicológica natural ao efeito de SCP-1432.

A instancia inicial de SCP-1432 foi descoberta pelos policias locais em ███████, Ohio. Em 11/5/███████ foi registrado um relatório policial sobre um menino de doze anos de idade (referido como Indivíduo 1432-01) havia assassinado e, em seguida, estripou ambos os membros da família depois de assistir o DVD. A Fundação recuperou o DVD e o Indivíduo 1432-01, que foi reclassificado como um funcionário de Classe-D depois de várias entrevistas e testes extensivos.

Entrevistado: Indivíduo 1432-01

Entrevistador: Pesquisador ███████

Prefacio: Esta entrevista foi a primeira feita com o Indivído 1432-01 após a sua contenção inicial.

<Inicio do Registro>

Pesquisador ███████: Por favor, indique seu nome e idade.

Indivíduo 1432-01: ███████ . Eu tenho 12 anos de idade.

Pesquisador ███████: Muito bom. Agora, você acredita que você é um brinquedo artificial, correto?

Indivíduo 1432-01: Eu sou. Você é. Todo mundo… Todo mundo que eu conheci é. Provavelmente todo mundo é, Eu não sei. Eu…

Pesquisador ███████: Está tudo bem. Quando você descobriu quer era um brinquedo?

Indivíduo 1432-01: Eu assisti um vídeo. Não lembro muito disso. Sobre uma boneca, eu acho, ou algo assim. Mas depois disso eu soube. Quero dizer, era óbvio, como eu não poderia souber disso antes? Todos eram. Todos, apenas brinquedos, tudo o que eu senti, aquela vez que eu tinha ganhando numa partida de basebol pela primeira vez, meu amor por minha família, meu cachorro… tudo apenas alguém brincando com seus brinquedos.

Pesquisador ███████: Mas se você não pensa assim até depois de ver o vídeo, não acha que é possível que o vídeo tenha feito você se sentir assim? Afetou sua mente de alguma forma?

Indivíduo 1432-01: (O indivíduo exibe sinais de raiva) Não! O cara que fez o vídeo, ele estava alertando as pessoas, não entendeu? Ele descobriu, e ele queria que outras pessoas soubessem! Porque as pessoas precisam! Eles não merecem apenas existir para que em algum lugar alguém dê uma boa risada ou seja o que for…

Pesquisador ███████: Tudo bem, eu entendo. Então, você tentou contar aos seus pais o que descobriu?

Indivíduo 1432-01: (O individuo exibe sinais de sofrimento emocional) Eu… eu contei. Eles não acreditaram em mim, eu continuei explicando para eles, mas eles não entenderam, eu… eles… eu tive que mostrar, mostrar a alguém. Eu tive que deixar as pessoas saberem. Eu, a única maneira era, não poderia ter sido apenas mais ninguém, eu não teria a oportunidade como eu fiz com eles, mas…

Pesquisador ███████: Compreendo. Você tinha que fazer o que achava que era certo…

Indivíduo 1432-01: (O individuo continua a exibir sinais de sofrimento emocional) Eles são tão espertos. Eles sabem, eles sabem que a única maneira de descobrir é mostrar às pessoas o que realmente está dentro. Então eles colocam isso, eles, eles programam você para que você não faça isso com alguém. Eles fazem isso de uma maneira tão difícil, foi, todas aquelas memórias, mas eu tive que, eu… eu…

Pesquisador ███████: Eu entendo, está tudo bem.

Individuo 1432-01: (O individuo continua a exibir sinais de sofrimento emocional) Eu sou uma boa pessoa, certo? Eu tive que, eu realmente fiz…

Pesquisador ███████: Você é uma boa pessoa. Vai ficar tudo bem, eu prometo.

<Fim do Registro>

Declaração de Encerramento: O indivíduo foi levado a sua câmara de contenção. Pesquisador ███████ solicitou e recebeu um amnésico de Classe-C.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License