SCP-172
rating: +3+x
19768_wE.JPG

Raio X inicial de SCP-172

Item n°: SCP-172

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Qualquer funcionário que deseje acessar SCP-172 deve receber aprovação por escrito e passar por uma sessão de treinamento de uma hora. Toda interação com SCP-172 deve ser supervisionada por pelo menos um operativo classe 4, que pode terminar a sessão a seu critério. Todos e quaisquer registros, desenhos ou correspondências produzidos por SCP-172 devem ser enviados imediatamente ao Dr. █████ para revisão. Pedidos razoáveis ​​feitos por SCP-172 devem ser concedidos após aprovação do Dr. █████. SCP-172 é permitido fora de sua área de contenção com aprovação, desde que seja acompanhado por um operativo de classe 4 armado.

Funcionários armados devem ser estacionados na porta de SCP-172. Caso SCP-172 tente escapar, este deverá ser solicitado para que que cesse e desista, e então ser levado de volta à sua área de contenção. A área de contenção deve ser mantida abastecida com papel, lápis e qualquer componente adicional solicitado por SCP-172. Mesas, cadeiras e qualquer mobília adicional solicitada por SCP-172 devem ser fornecidas pendentes à aprovação do Dr. █████. Ao entrar em seu estado dormente, SCP-172 deve ser colocado em sua caixa de transporte até ser enrolado novamente.

Descrição: SCP-172 parece ser um ser humano, 34 anos de idade, 185 cm de altura, cabelo preto e bigode, 175,5 kg e descendência russa. A personalidade de SCP-172 é muito amigável e inteligente, se um pouco aborrecida e repetitiva. SCP-172 prefere vestimeta da década de 1860 e sempre usa uma chave grande e ornamentada em um longo colar. SCP-172 nunca se identificou por nenhum nome e não se incomoda por ser referido pelo seu número de designação.

Internamente, SCP-172 é um autômato incrivelmente complexo, com mais de dois milhões de peças móveis e dezoito milhões de componentes na última contagem. As partes componentes parecem ser feitas de vidro, seda, madeira, aço, latão, borracha e várias outras substâncias. A semelhança entre esta construção e a de SCP-2776 sugere um criador ou criadores semelhantes. SCP-172 também possui vários “módulos” que podem ser instalados através de uma escotilha no peito. Estes parecem alterar o comportamento, fala, movimento e vários parâmetros com base na posição na cavidade do corpo e nos componentes do módulo. SCP-172 tem 46 módulos em contagem atual, tendo construído três deles enquanto estava sob custódia da Fundação. Atualmente, SCP-172 é carregado com o módulo "engenheiro". Os módulos foram identificados por SCP-172 como "zelador", "soldado", "médico", "mãe" e "rei", embora isso não seja uma lista abrangente (consulte o Documento # 172-2). Em hipótese alguma os módulos serão substituídos sem autorização do nível O5.

SCP-172 é alimentado por uma mola principal, que é enrolada com a chave na posse de SCP-172, após inseri-lo em um buraco na base do pescoço. SCP-172 pode operar por oito horas em um único “wind-up” completo. SCP-172 parece totalmente humano quando em operação e é capaz de todas as funções humanas básicas. O SCP-172 não precisa comer, respirar ou dormir, mas executará todas essas funções se for permitido fazê-lo. SCP-172 é extremamente obediente e seguirá as instruções que lhe forem dadas com a melhor de sua capacidade.

SCP-172 não vê sua existência como estranha, e afirma que é humano mesmo quando mostra seus componentes internos. SCP-172 também é extremamente delicado e deve-se tomar muito cuidado para preservar e manter sua função. SCP-172 também mostrou um nível de habilidade mecânica nada menos do que milagroso. SCP-172 é capaz de analisar e copiar qualquer dispositivo mecânico com o qual entre em contato. Isso foi mostrado pela primeira vez quando ficou evidente que bloqueios de qualquer tipo não podem conter SCP-172. Ele também fez várias cópias ou versões “atualizadas” da tecnologia SCP, todas baseadas em um relógio incrivelmente complexo. Mais notavelmente, [DADOS EXPURGADOS].


Documento nº 172-4R: Notas sobre a recuperação de SCP-172

SCP-172 foi recuperado após a Grande Guerra, em uma câmara abaixo de uma antiga casa de férias dos Czares. Exposta devido ao bombardeio, a câmara e seu conteúdo foram seriamente danificados, mas SCP-172 foi encontrado intacto em uma caixa de ferro, junto com muitos “módulos” e sua chave. Item foi removido por operativos e "encerrado" nas instalações de teste. SCP-172 pareceu acordar de um sono profundo e começou a cumprimentar todos os presentes em russo. Quando um agente gritou surpreso, SCP-172 encostou-se no peito e repetiu suas saudações em inglês. SCP-172, quando questionado, afirmou que sua última lembrança era brincar com um menino. O garoto foi embora e SCP-172 começou a ficar “muito cansado”, então voltou para a caixa. Ele tem memória de sua criação, criador ou nome.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License