SCP-1737
avaliação: +1+x

Item nº: SCP-1737

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Até que a posição de SCP-1737 possa estar estabilizada em uma localização especifica por mais de 3 minutos por rastreador GPS, a equipe FTM mais próxima disponível será enviada para o local, a fim de levá-lo em custódia. Embora SCP-1737 para de se-manifestar após a conclusão de qualquer evento esportivo que atende, a apreensão permite que a Fundação possa evitar o restante das atividades anômalas de SCP-1737.

No caso do pessoal da Fundação não conseguir chegar ao local de SCP-1737 antes do início de suas atividades anômalas, deverão ser administrados os amnésticos de Classe-C a todas as testemunhas, adquirir os produtos resultantes do local em que foram depositados e disseminar um falso relatório sobre o que afetou indivíduos e o que fez eles morrerem no caminho para atendimento médico.

Descrição: SCP-1737 é um humanoide do sexo masculino de etnia indeterminada. SCP-1737 aparece em eventos esportivos amadores como um substituto para um árbitro do jogo, onde o árbitro ausente é inesperadamente doente, ferido ou até mesmo detido ou impedido de chegar ao local esportivo. A aparência de SCP-1737 varia ligeiramente entre manifestações, mas SCP-1737 geralmente tem a altura mais alta que a altura média da população local, tem cabelos e olhos escuros e está sempre mastigando continuamente uma substância desconhecida sem remover da boca ou cuspir.

SCP-1737 invariavelmente conhece todas as regras do jogo que está arbitrando, incluindo minúcias detalhadas e variações locais sobre regras padrão. Em algum momento durante o jogo de arbitragem, pelo menos dois jogadores sofrerão simultaneamente ferimentos potencialmente fatais que requerem tratamento médico de emergência imediato. Independentemente do fato de que os participantes do jogo terem ou não contatado os serviços de emergência locais, uma ambulância chegará ao local esportivo em até quatro minutos após o ferimento.

Exatamente dois dos jogadores feridos serão carregados e levados até a ambulância por SCP-1737, que os acompanhará na ambulância. Quaisquer indivíduos feridos adicionais serão informados de que a ambulância está cheia e terão que aguardar a chegada da próxima ambulância. O equipamento de vigilância audiovisual colocado na ambulância durante este tempo sofre por corrupção de dados ou falha de hardware consistente com o fluxo eletromagnético extremo, embora os rastreadores de localização por GPS não sejam afetados. A razão para esta exceção é desconhecida, mas foi explorada pelo estabelecimento de rastreadores GPS dentro dos efeitos pessoais de SCP-1737.

A ambulância dirigirá até o hospital ou centro de trauma mais próximo e, na chegada, SCP-1737 produzirá uma maca única com um indivíduo que parece ser os dois jogadores fundidos que estavam sendo carregados na ambulância. Isto implica a reparação de quaisquer ferimentos sofridos por qualquer jogador com carne do outro, e inclui tais extremos como transplantes de órgãos parciais ou totais, enxertos ósseos, transfusões de sangue e transplantes de tecido cerebral. A criatura resultante normalmente expira dentro de duas semanas devido a choque sistêmico e rejeição de órgão.

Além da criatura híbrida, SCP-1737 produzirá uma caixa de armazenamento de plástico similar àquelas usadas para transferências de órgãos, denominada como "TECIDO REJEITADO". Essa lixeira conterá todas as partes de cada participante do jogo original que não foram usadas para produzir os jogadores fundidos e mostrar sinais de ferimentos, queimaduras e traumatismo contuso. A análise do tecido revela a mistura quimérica das células, bem como um grande número de bactérias responsáveis pela fascite necrosante. Uma exceção a isso é que a quantidade de cartilagem presente representa apenas aproximadamente um terço da quantidade de cartilagem "em excesso" que deve ser esperada, e as amostras recuperadas exibem uniformemente os danos por arrancamento dessas partes do corpo.

Depois de transferir a criatura hibridizada para a assistência médica, SCP-1737 declarará que deve retornar ao seu jogo para continuar a arbitragem e tentar abandonar as instalações por qualquer meio necessário. Se permitido sair, ele retornará ao evento esportivo por meios não-anômalos e tentará continuar a arbitragem, e desaparecerá entre os quadros das câmeras após a conclusão do jogo.

Se forçadamente impedido de regressar ao local do jogo, terminará por usar qualquer método disponível, incluindo deliberadamente engolir e engasgar com a substância que mastiga ou prender a respiração até que asfixie. Quando SCP-1737 é morto, seus restos se dissolverão em uma quantidade de tecido celular humano indiferenciado. A análise de DNA deste tecido coincide com a dos indivíduos mais recentemente fundidos em aproximadamente 37% de todos os casos.

Futuras manifestações de SCP-1737 retêm cópias de quaisquer objetos que estavam em sua posse durante sua última manifestação, incluindo duplicatas de dispositivos de rastreamento de emissão da Fundação. Embora os objetos originais não sejam afetados por SCP-1737, essas cópias também degeneram no caso da manifestação atual.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License