SCP-188-PT
avaliação: +1+x

Item n°: SCP-188-PT

Nível de ameaça: Azul

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: O item SCP-188-PT atualmente localizado no Sítio PT██, deve ser mantido dentro de uma gaiola em uma câmara selada que deve ter sua porta fechada em todos os momentos. A saída da câmara deve ser construída de uma forma específica que impeça a saída de luz. Observação do objeto por pesquisadores durante experimentos deve ser conduzida via cameras de vigilância com filtros para luz excessiva. Se Evento α acontecer, Todas as vítimas devem ser inspecionadas para que o objeto seja recontido (referir-se ao adendo 188-PT-B para mais detalhes).

A câmara de contenção deve ser higienizada uma vez por semana, entretando, cada funcionário designado para essa função deve estar equipado com um cronômetro e não deve ficar mais de cinco minutos próximo ao objeto. Devido ao tempo limitado, um número maior que o comum de funcionários deve ser designado para essa função. Funcionários e D-Class que entrarem na câmara de SCP-188-PT devem usar óculos escuros especiais da fundação com proteção de 1600 lumens. Qualquer pessoa flagrada tentando danificar SCP-188-PT será detido e propiamente punido, se o objeto for danificado de alguma forma, uma área de 315 metros quadrados tendo o objeto como centro deve ser evacuada.

Descrição: SCP-188-PT é um abajur de 8 x 8 x 24 cm com uma base cilindrica possuindo uma lâmpada de formato semelhante a um coração humano. No seu estado inativo, o objeto emite uma constante luz vermelha que embora seja muito intensa para os olhos, ela parece não transmitir nenhuma forma de radição ou calor, motivo de tal ocorrências ainda é desconhecido. O objeto não contem interruptores, fios ou espaço para baterias, assim, o modo que SCP-188-PT produz energia é desconhecido para a Fundação. O objeto tambem possui um pequeno adesivo na parte inferior de sua base, nele está escrito: Hoje, meu amor, é teu meu coração.

No seu estado inativo, a luz emitida por SCP-188-PT, ilumina uma área de 10 metros quadrados, porém quando um ser humano se encontra proximo dessa área, SCP-188-PT começará a aumentar sua luminosidade, assim aumentado a área de influência de sua luz para o máximo de até ██ metros, na tentativa de fazer o humano entrar em contato com sua luz. Todos os efeitos anômalos produzidos por SCP-188-PT somente são ativados por huamanos, porem cachorros e gatos já foram vítimas do Evento α em multiplas ocasiões, mesmo que não tenham uma estrutura cardiaca apropiada para a replicação.

SCP-188-PT ficará no seu estado ativo se um humano permanecer em contato com a luz que o objeto produz, por mais de 5 minutos. No seu estado ativo o objeto irá pulsar sincronizadamente com o coração da pessoa mais proxima, em certas ocasiões, o objeto pode gerar cicatrizes e deformações características do coração da pessoa sendo copiada por SCP-188-PT. Esta anomalia pode ser explorada, já que qualquer alteração do artefato no estado ativo afeta a pessoa que o ativou. Isso facilita consideravelmente o tratamento do coração humano, já que: reduz o risco de contaminar o corpo do paciente por bactérias e vírus (pelo fato de não ser necessário uma cirurgia) e acelera a recuperação do paciente significamente. Quando multiplas pessoas estão em contato com sua luz, SCP-188-PT irá mimicar o coração da primeira pessoa estar presente em sua volta por mais de 5 minutos, o objeto voltará a seu estado inativo se a pessoa que estiver sobre sua influência cessar contato com sua luz, pórem o objeto irá levar aproximadamente 70 minutos até poder ser ativado novamente.

Quando SCP-188-PT fica extremamente danificado ele gera o Evento α, em que o objeto criará um raio de luz extremamente forte que pode atravessar qualquer objeto sólido, afetando uma zona de 315 metros quadrados tendo o objeto como centro. Qualquer humano presente dentro desta zona será vítima do evento α e fará parte da seleção de replicação do objeto (referir-se ao adendo 188-PT-B para mais detalhes), por causa disso, o objeto é trancado em uma gaiola que impede o acesso direto com o artefato, a abertura da gaiola deve ser autorizada por um funcionário de nível 2 ou superior.

Adendo 188-PT-A: SCP-188-PT foi descoberto em uma cidade no estado do Rio de Janeiro após a fundação receber um relato de uma luz intensa que se originava de um apartamento. Agentes usando o prótotipo dos óculos com proteção de 1600 lumens foram despachados para a investigação do evento. Quando eles chegaram ao local, tiveram que se depararar com 22 vítimas do Evento α e uma versão do objeto quebrado em vários pedaços no chão e, em outro andar do apartamento, foi encontrado uma versão em perfeitas condições emergindo de uma das vítimas do Evento α. Todas as testemunhas foram interrogadas e a Fundação disfarçou o evento como um raro fênomeno de discarga eletrônica.

Adendo 188-PT-B: A execução do Evento α , faz com que os corações de suas vítimas pulsem em velocidades muito altas, chegando a 210 BPM (batidas por minuto), que leva suas vítimas a morte. Porém o objeto usa este evento como um processo de seleção para escolher um substituto adequado para sua proxima reencarnação, que servirá para substituir sua antiga forma danificada. Quando SCP-188-PT obtém sucesso no processo de substituição, ele conterá características do coração da vítima e uma nova frase aparecerá no adesivo em sua base.

Variações da frase encontrada no adesivo de SCP-188-PT são as listadas a seguir: Amor é ferida que dói mas não se sente, Quero-te apenas porque a ti eu quero; e Tu partiste mais do que meu coração, partiste minh'alma.

« SCP-187-PT | SCP-188-PT | SCP-189-PT »

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License