SCP-193-PT
avaliação: +12+x

Item nº: SCP-193-PT

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-193-PT deve ser alocado em uma cela de contenção de humanoides padrão, no Sítio-42. SCP-193-PT deve receber uma dieta rica em ferro e fósforo. Em sua cela deve ser colocada um vaso sanitário e uma pia com espelho. A cela deve ser modificada para atender aos gostos atuais de SCP-193-PT. Todo mês uma entrevista deve ser realizada com SCP-193-PT por um psicólogo.

Descrição: SCP-193-PT é uma entidade humanoide de 41 anos, pele cinzenta e sem pelos corporais, salvo a presença de cílios e sobrancelhas. O indivíduo possui tatuagens por seu pescoço e braços, fazendo alusão a circuitos e engrenagens. Do lado direito de seu corpo, as tatuagens apresentam uma pigmentação amarela cinzenta desbotada pelo tempo. Ao lado esquerdo, a cor muda drasticamente para um vermelho escuro.

O objeto apresenta duas personalidades distintas, cada uma ocupando um lado do rosto e corpo, o que causa um conflito nos movimentos do mesmo, denominadas SCP-193-PT-1 (direita) e SCP-193-PT-2 (esquerda). As personalidades de SCP-193-PT, permanecem durante um ano e acabam por ser totalmente alteradas no dia 15 de janeiro, onde darão seu lugar a outras duas personas que ocuparão o mesmo corpo.

Abaixo há uma lista de personalidades que habitaram SCP-193-PT:

Nomes Características Pessoais Data
Jeff e Sandy Jeff: Introspectivo e tímido, Sandy: Otimista e hiperativa 15/01/2007
Reuben e Chloe Reuben: Animado e curioso, Chloe: Irritada e orgulhosa 15/01/2008
Hayato e Linda Hayato: Fã de futebol americano, guloso e inocente, Linda: Calma e leitora 15/01/2009
Vladimir e Patrícia Vladimir: Fanático por musculação, propenso a ser violento, Patrícia: Narcisista, arrogante e manipulável 15/01/2010
Clayton e Laurel Clayton: Piadista, sensível, gourmet (pediu para preparar a própria comida), Laurel: Audaciosa, quieta, séria e pensativa 15/01/2011
Josh e Robin Josh: Ansioso, falastrão e pervertido, Robin: Adoradora de doces, brigava constantemente com Josh 15/01/2012
Dante e Isuka Dante: Poeta, pensativo, recitava Shakespeare, Isuka: Pediu livros em japonês, primeira a ter uma relação boa com a outra personalidade 15/01/2013
Mohammed e Betty Mohammed: Religioso, sério, conservador, Betty: gostava de cantar, liberal, discutia constantemente com Mohammed 15/01/2014
Henry e Gloria Henry: Histérico, frequentemente se assustava, Gloria: Sádica, impulsiva, gritava para assustar Henry 15/01/2015
Phineas e Sadie Phineas: Controlador, costumava reclamar de estar preso, Sadie: Agressiva, recusou ser entrevistada 15/01/2016

Quando as novas personalidades "entram" no corpo, dois números serão marcados em um contador atrás das costas que mostra quantas personas já houveram naquele corpo.

Todas a personalidades compartilham memórias. de modo com que seja possível questionar sobre acontecimentos que aconteceram antes do período de posse corporal atual. No dia 15 de Janeiro também é possível que outra pessoa possa hospedar as antigas personalidades, ao entrar em contato com o indivíduo, entretanto, o período máximo em que estado pode durar é um período de 24 horas. Após isso, o sujeito irá entrar em um estado de coma e deixará de enviar sinais psíquicos.

SCP-193-PT foi encontrado em uma pequena igreja, situada na Cidade de Cerritos, México. O indivíduo estava mal nutrido e preso em uma cela pequena escondida nos fundos do local. Quando um soldado tentou entrar em contato com o objeto, a metade direita de seu rosto demonstrou preocupação e gritou: “Não encoste em mim, é dia 15!”. Sem saber o porquê de tal ação feita pelo mesmo, o soldado puxou a mão de volta e chamou os reforços para levá-la até a Fundação.

Adendo: Registro de conversa entre o psicólogo Dr. Santos e SCP-193-PT, no momento da gravação, SCP-193-PT-1 apresentava uma natureza tímida e emotiva, que denominava-se “Clyde”, enquanto SCP-193-PT-2 possuía uma natureza impulsiva e sem inibição, nomeando-se de “Bonnie”.

Entrevistado: SCP-193-PT

Entrevistador: Dr. Santos

<INÍCIO DO REGISTRO>

Dr. Santos: Bom dia, SCP-193-PT, estou aqui para fazer apenas perguntas.

SCP-193-PT-1: Tudo bem (relutante).

SCP-193-PT-2: Vá em frente, doutor. Temos todo o tempo do mundo.

Dr. Santos: Primeiro de tudo, vocês tem alguma ideia de quem alterou seu corpo?

SCP-193-PT-2: Eram uns caras esquisitos, um deles tinham um braço de metal que não
parava de fazer barulho. Era um "tik, tik" que saía do braço. Outro cara tinha dito algo sobre "falar com nosso deus de metal", eu não entendi direito.

SCP-193-PT-1: Nosso corpo pertencia antes a um homem chamado Ruan, uma pessoa simples e de bem com a vida… não havia motivo para fazerem isso com ele; (Pausa) eles só o fizeram… só o fizeram…

SCP-193-PT-2: Ah meu deus Clyde, é sério isso? Você mal falou e já está quase em prantos. Olhe, eles fizeram aquilo por que quiseram, não é culpa nossa, nós só estávamos caminhando pelo infinito quando fomos puxados para cá.

Dr. Santos: Um minuto, quando você se refere a "infinito", o que você quer dizer?

SCP-193-PT-2: Quero dizer que estávamos mortos, caminhando pelo nada sem um rumo
aparente. De onde você acha que poderiam vir tantas pessoas distintas? O contador já está no 22, poxa.

Dr. Santos: Perdoe minha falta de respeito. Eu não tinha ideia de que vocês se encontravam em tal situação.

SCP-193-PT-1: Bonnie, pare de tentar mudar de assunto, eu sei que você está tentando
esconder do doutor.

SCP-193-PT-2: Cala sua boca Clyde, eu não quero falar sobre esse assunto.

Dr. Santos: SCP-193-PT-2, devo lhe avisar que você deve me falar tudo o que sabe. Sua colaboração é extremamente necessária para que consigamos reunir informações.

SCP-193-PT-1: Bonnie, por favor, fale com o doutor. Ele precisa saber.

SCP-193-PT-2: Está bem, eu falo. Francamente, eu não gosto desse assunto. Eles também disseram que nós seríamos "os pés de Deus". Disseram que eu deveria andar pelo mundo e espalhar a palavra do Deus Quebrado. Você pode por favor me falar o que isso significa?

Dr. Santos: Infelizmente estou proibido de dividir informações com vocês.

SCP-193-PT-2: Maldito seja. Quer que a gente fale mas não quer falar de volta.

Dr. Santos: Tenho só mais uma pergunta. Por qual motivo vocês trocam de personalidades no dia 15 de Janeiro?

SCP-193-PT-1: 15 de Janeiro é o dia em que essa "coisa" foi feita ao nosso corpo. O dia fatídico onde esse homem perdeu seu corpo.

Dr. Santos: Entendo. Sem mais perguntas.

<FIM DO REGISTRO>

Nota: Após a gravação, SCP-193-PT se sentou de volta em sua cadeira de madeira discutiu consigo mesmo durante aproximadamente 50 minutos, SCP-193-PT-1 parecia abalado emocionalmente após a entrevista.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License