SCP-2101
avaliação: 0+x

Item nº: SCP-2101

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Dada a natureza altamente pública da localização atual de SCP-2101, a contenção deverá focar na campanha de desinformação voltada para o público. A Fundação tem atualmente negociado com o governo chinês para suspender todo o financiamento para a escavação pública de SCP-2101. Quaisquer doações privadas destinadas a completar a escavação de SCP-2101 devem ser interceptadas e redirecionadas.

Reconstruções de fragmentos ou instâncias de SCP-2101-1 inteiras devem ser ocasionalmente emprestadas a museus externos e outras fontes, a fim de manter a campanha de desinformação. Um mínimo de 8000 instâncias de SCP-2101-1 deve ser mantido dentro do mausoléu em todos os momentos.

A comunicação com SCP-2101-1 deve ser aprovada previamente em um formulário de solicitação, para evitar esforços desnecessários. Em nenhuma circunstancia, SCP-926 ou objetos semelhantes a devem ser expostos a SCP-2101.

Descrição: SCP-2101 se refere a um efeito emitido de uma área esférica localizado em 34.3849° N, 109.2731° E, a localização do Mausoléu do Primeiro Imperador Qin. (秦始皇陵及兵马俑坑) (transliteração: Qín shǐ huáng líng jí bīng mǎ yǒng kēng) O ponto de origem de SCP-2101 está localizado a cerca de 8 metros abaixo do atual nível mais baixo do mausoléu1.

O efeito anômalo de SCP-2101 é desencadeado atualmente em todos os indivíduos que entram em uma faixa de 10 metros do objeto. Dada a posição de SCP-2101, isso afeta apenas os indivíduos que estão localizados no mesmo nível do andar principal de escavação, onde as instâncias de SCP-2101-1 estão localizadas. SCP-2101 fará o discurso diretamente nas mentes dos indivíduos. O conteúdo do discurso gira em torno de tentativas de liberar SCP-2101, com várias referências a “riquezas” e “grandes extensões de terra” para indivíduos que ajudam na liberação de SCP-2101 a partir de sua localização atual.

SCP-2101-1 refere-se a uma coleção de estátuas construídas de terracota, comumente conhecidas como “Exército de Terracota” (兵马俑) (transliteração: bīng mǎ yǒng). Essas estátuas lembram soldados da dinastia Qin, na historia chinesa. Foi notado que cada estátua é única em sua aparência. Todas as instâncias de SCP-2101-1 estão atualmente localizadas no andar mais baixo do mausoléu.

As instâncias de SCP-2101-1 são capazes de fala e movimento, mas afirmaram que é difícil. Somente uma instância de SCP-2101-1 fala de cada vez. O discurso é muito lento e empolado, e tem sido percebido como difícil de entender às vezes.

As instâncias de SCP-2101-1 afirmam que contêm ativamente SCP-2101. Várias instâncias reiteraram sua necessidade de permanecer em sua localização atual para manter adequadamente a contenção de SCP-2101. A veracidade dessas afirmações não pode ser determinada neste momento. Em incidentes passados, a remoção de instâncias de SCP-2101-1 até o ponto em que menos de 8000 instâncias estavam presentes causou atividade sísmica de pequena escala, medindo entre 2 e 4 na escala de magnitude de momento. A magnitude da atividade sísmica aumenta quanto mais tempo as instâncias são mantidas longe do andar mais baixo.

Caso a cabeça de uma instância de SCP-2101-1 seja destruída, ou se mais de 50% do corpo em massa não estiver mais em conexão com a cabeça, a instância de SCP-2101-1 é considerada como removida da área. A reconstrução de instâncias de SCP-2101-1 através da reconexão de partes destruídas é o único método de recuperar a instancia.

Relatório da Recuperação do Objeto 2101-A: O seguinte é uma transcrição do registro de vídeo compilado pela equipe de contenção que fez o primeiro contato com SCP-2101. O diálogo foi traduzido do mandarim original.

Data da Recuperação: 12/1/1974

Equipe de Contenção: Bravo-20
Comandante: Agente Yizhong Liao

[Vídeo começa]

[A gravação começa retratando a equipe de contenção usando uniformes do Exército Popular de Libertação com o equipamento padrão de uma pequena equipe de bombeiros. A equipe está sendo abaixada em um buraco no chão.]

Liao: Relatório inicial de contenção da Anomalia Circunstancial A9012. A equipe de contenção está entrando no nível subterrâneo para alcançar a entidade. Seja recomendado, o conhecimento da anomalia que espalhou-se na área. Protocolos de contenção mais complexos podem ser necessários.

[A equipe de contenção atinge o nível que aonde as instâncias de SCP-2101-1 estão localizadas. A equipe desarma as cordas e encontra instâncias de SCP-2101-1.]

Liao: Oh céus…o que é isso?

Agente Hua: Isso parece ser algo do histórico lián xù jù2.

Liao: Nota registrada: Equipe fez contato e encontrou o que parece ser milhares de estátuas parecidas com soldados antigos. Relatos iniciais de vozes “demoníacas” não corro-

[Os membros da equipe de contenção param de repente. De acordo com uma entrevista de acompanhamento, SCP-2101 começou a falar com a equipe neste momento. Uma transcrição sobre o que a equipe lembra que SCP-2101 disse foi incluída aqui.]

SCP-2101: Bem-vindo, seja bem vindo. Parece que algumas boas almas finalmente chegaram para me libertar do meu aprisionamento.

Liao: Identifique-se.

SCP-2101: Eu sou seu imperador. Curve-se diante de mim e liberte-me desta prisão. Eu te recompensarei com as riquezas dos reis e senhores.

Liao: Não existe nenhum imperador. Identifique o local que está localizado.

SCP-2101: O que você quer dizer com isso? Certamente minha dinastia continua viva até agora. Esses senhores da guerra não são páreo para o poder do meu império. Eu estou abaixo de você, preso nessa terra e pedra por esses soldados infernais.

Liao: Que soldados?

SCP-2101: Esses malditos argilosos. Eu sei que eles ainda estão lá, senão eu estaria livre agora. Rapido, cave através desta camada para que eu possa fugir.

[Agente Hua anda até uma estatua.]

Hua: Eles são feitos de argila. Como eles poderiam-

[A instância de SCP-2101-1 (designada como SCP-2101-1-1) agarra o braço do Agente Hua.]

SCP-2101-1-1: Não escuta ele. Não interfira.

Liao: Solte ele!

SCP-2101-1-1: Prometa que não vai interferir.

Liao: Solte ele primeiro. Eu não posso fazer promessas.

SCP-2101-1-1: Você deve prometer primeiro

Liao: Abrir fogo!

[A instância de SCP-2101-1 é atingida com tiros, em sua cabeça. Outras instâncias de SCP-2101-1 são atingidas pelos tiros, causando mais destruição. SCP-2101 começa a rir.]

SCP-2101: Sim! Sim! Eu posso sentir! Eles estão perdendo! Continuem destruindo eles!

[A atividade sísmica começa. Uma nova instância de SCP-2101-1 (designada como SCP-2101-1-2) avança.]

Liao: Cesar fogo! Cesar fogo!

SCP-2101-1-2: Ajude na recuperação dos destruídos. Não podemos permitir que ele escape.

Liao: Que lugar é esse? O que vocês estão tramando?

SCP-2101-1-2: Difícil falar ou se mexer. Nós éramos homens uma vez, mas sacrificados para conter o imperador. Ele se tornou perigoso. Tivemos que detê-lo. Estamos no caminho certo. Por favor, nos escute.

SCP-2101: E traiu seu imperador e soberano! Uma monstruosa traição, uma feita por covardes e ladrões, os servos daqueles malditos senhores da guerra! Um exército inteiro, se levantando contra mim! Você deve corrigir este erro e destruí-los!

SCP-2101-1-2: Você não pode ouvir ele. Suas mentiras mataram muitos.

SCP-2101: Eu trouxe paz e riquezas para todos na terra! Lapido, você não deve ouvir esses mentirosos! Libertem-me agora e eu tomo meu trono novamente. O império precisa de mim. Eu sou seu verdadeiro fundador e líder. Eles não têm o direito de me prender aqui.

Liao: Por que aqui está tremendo?

SCP-2101-1-2: Ele está escapando. Precisamos fazer algo.

Liao: Precisamos chamar os reforços e descobrir o que fazer. Desligue essa câmera, Ting.

Após este incidente, foi feito acordo em um voto de 7 a 6 pelo Comando O5 que a contenção seria seguida pelo auxílio das instâncias de SCP-2101-1, devido à violação implícita causada pela liberação de SCP-2101.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License