SCP-2111
avaliação: +4+x

Este arquivo e todos os documentos associados são unicamente destinados à Divisão Contraconceitual. Se é capaz de se lembrar de ter lido isto, você recebeu condicionamento Y-M e está atualmente sob tratamento mnéstico de Classe W. Se é capaz de ler isto, mas não é autorizado, agentes meméticos e contracognitivos mortais foram implementados para que você não viva o suficiente para lembrar disso.

Item n°: SCP-2111

Classe do Objeto: Keter

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-2111 está atualmente fora de contenção. Todos os funcionários atualmente sob tratamento mnéstico estão vulneráveis. Funcionários devem ser monitorados para que qualquer perda súbita de memória seja detectada e, no evento de suspeita de ataque por SCP-2111, amnésticos de Classe-B devem ser administrados imediatamente. A Força-Tarefa Móvel Epsilon-7 ("Não-Me-Esqueças") deve monitorar continuadamente e interromper qualquer desenvolvimento civil de mnésticos.

O programa RED TALISMAN do Departamento de Memética deve ser monitorado para que qualquer influência externa possa ser descoberta, e REVENANT THEORY deve ser desencadeado se uma ameaça for detectada.

Casos de glifos de Classe-Golf em estruturas da Fundação devem ser documentados e removidos por funcionários da Divisão infiltrados nas Infraestruturas e na Manutenção cada vez que serem descobertos.

Este arquivo deve ser protegido com Camuflagem Contraconceitual de Classe-Bravo, junto às medidas de segurança de rede padrão.

Descrição: SCP-2111 é uma entidade antimemética hóstil que intenta atacar funcionários sob o efeito de um tratamento baseado em drogas mnésticas a longo prazo. Vítimas sofrem significante amnésia retrógrada de longo prazo e perdem entre três meses e vinte e um anos de lembranças. Devido à perda de memória, nenhum sobrevivente foi capaz de descrever a entidade ou o ataque. Tratamento imediato com amnésticos de Classe-B mostrou capacidade em parar ataques em progresso.

A primeira vítima conhecida foi a Dra. Victoria Taylor, uma pesquisadora da Fundação que trabalhava na Divisão Contraconceitual. As lembranças da pesquisadora Taylor regressaram até pouco tempo antes que esta seja recrutada pela Divisão Contraconceitual em 1974. O último trabalho conhecido da pesquisadora Taylor fora sobre um objeto classificado como SCP-2111. Depois dela ter publicado o relato SCP em 21/04/1981, todo o seu trabalho sobre o objeto fora corrompido por meios desconhecidos e substituído por riscos cognitivos letais e conteúdo antimemético. Funcionários que haviam lido o relato dentro das três horas em que este ficara disponível relembram que ele descrevia pesquisas preliminares sobre um infovoro antimemético de um tipo previamente desconhecido.

SCP-2111 ataca e afeta funcionários diretamente, de maneira consistente com vários mecanismos infovoros conhecidos, assim como deixando glifos antimeméticos e que contêm riscos cognitivos em superfícies murais próximas às suas vítimas. Essas armadilhas são protegidas por Camuflagem Contraconceitual de Classe-Golf1 e por consequência visíveis somente a funcionários sob tratamento mnéstico.

Pelo menos trinta-e-seis funcionários da Divisão sofreram ataques de SCP-2111. O último ataque direto atribuído a SCP-2111 ocorreu em 01/03/1994. Enquanto glifos camuflados ainda estão sendo detectados, estes não contêm mais quaisquer efeitos perigosos. É atualmente desconhecido se SCP-2111 ainda está ativo ou se a atual criação de Classe-Golfs é o resultado de fenômenos independentes.

Três meses após o incidente que envolvia a pesquisadora Taylor, o Departamento de Memética da Fundação reivindicou a pasta SCP-2111 no banco de dados e começou a miná-lo para o seu programa de armas baseadas em riscos cognitivos RED TALISMAN. Pesquisas encobertas sobre a relação entre SCP-2111 e o Departamento Memético estão sendo feitas pela Divisão Contraconceitual. Um plano de contenção, codinome REVENANT THEORY, foi desenvolvido no evento em que se descubra que o Departamento de Memética foi comprometido por SCP-2111. REVENANT THEORY irá inserir um agente memético complexo na interface usuário de RED TALISMAN. O agente REVENANT THEORY é vetor de um contragente antimemético de longo alcançe, assim como um complexo memético preciso que melhora lealdade organisacional e remorso pessoal. Isto desencadeará uma caça às bruxas institucional dentro do Departamento de Memética, que começará pelos que tenham mais chances de terem sido expostos a qualquer contaminação.

[4.63%] ls -la
-rwx2r--- MEME 2/2111 18 KB 14 Jul 2015 SCP-2111(RED TALISMAN)
-rwx2r--- AMEM 2/2111 20 KB 17 Jan 2015 SCP-2111(RIDDEN TONGUE)
-rwx2r--- CCON 2/2111 21 KB 13 Ago 2015 SCP-2111(REVENANT THEORY)
-rwx2r--- OZER 2/2111 21 KB 1 Nov 2015 SCP-2111(READ THIS)
drwx3RTrwx--- MEME 3/2111/RT 10 GB Nov 1 2015 scp-2111.arquivosdados.avisoriscog

[4.63%] cd..

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License