SCP-2253
avaliação: +2+x
2253.jpg

SCP-2253.

Item nº: SCP-2253

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: O edifício que demonstrou ser semelhante a SCP-2253 foi designado como uma área de pesquisa da Fundação. SCP-2253 é legalmente disponível como uma cervejaria que também é uma organização de fachada da Fundação, com as cervejarias disponíveis apenas a funcionários com credenciais de Nível 2. Um laboratório de pesquisa subterrâneo foi construído sob SCP-2253, com o objetivo de estudar amostras coletadas das bebidas alcoólicas previamente criadas dentro de SCP-2253. Quaisquer bebidas anômalas produzidas por SCP-2253 devem ser armazenadas na Área-77.

Descrição: SCP-2253 é uma cervejaria anômala localizada em Springfield, NJ, EUA. Sempre que bebidas alcoólicas são preparadas no local, as bebidas têm 5% de chance de serem misturadas com uma substância protoplasmática. Além disso, uma entidade humanoide espectral reside dentro de SCP-2253 com uma capacidade limitada de manipular os seus arredores.

Esta entidade incorpórea (SCP-2253-1) identifica-se como Stephen Crane, um político americano que se serviu como um delegado ao Congresso Continental de 1774 a 1776.1 Aparentemente, está em estado perpétuo de intoxicação. SCP-2253-1 é capaz de exercer até 20N de força e excretar vários fluidos protoplásmicos. Essas excreções geralmente se manifestam como SCP-2253-1, que simulam funções corporais.

As bebidas alcoólicas contendo fluidos protoplásmicos de SCP-2253 não são anômalas, com análises químicas revelando que é idêntica à Hexanoato de etila2. O consumo das bebidas mostrou ter gosto e sabor aprimorados, embora os testes tenham mostrado desconforto abdominal de leve a grave quando consumidos após consumir alimentos como chá, peixe e batatas fritas e outras culinárias britânicas.

SCP-2253-1 mostrou ser cooperativo e os pesquisadores são incentivados a conversar com ele sempre que possível, a fim de aprender mais sobre suas origens e propriedades.

História: As propriedades de SCP-2253 foram inicialmente observadas após serem compradas por uma fabricação artesanal. Não se sabe se SCP-2253 teve seus efeitos antes disso devido a registros preexistentes sendo destruídos por um furacão. Inicialmente, SCP-2253-1 tentou afugentar os novos ocupantes de SCP-2253. No entanto SCP-2253-1 cessou o seu assédio depois de saber que eles pretendiam a fermentação de bebidas alcoólicas. Em seguida, as substâncias protoplásmicas começaram a se manifestar dentro de SCP-2253.

Devido ao nome da cervejaria,3 agentes do Marshall, Carter, e Dark Ltd. começou a investigar logo após a abertura inicial, acreditando ser a Fundação. Os agentes MC&D fizeram várias ofertas para adquirir SCP-2253, todas recusadas pelos proprietários. O ato de recusar as ofertas foi parcialmente motivada pelo desagrado de SCP-2253-1 em relação a uma corporação britânica. MC&D, por sua vez, acreditava que seus negócios seriam uma fachada para a Fundação monitorar suas atividades na Nova Inglaterra.

MC&D tentou apreender SCP-2253 em ██/██/████. Após o sucesso inicial em assegurar a propriedade e deter todos os ocupantes, SCP-2253-1 tornou-se hostil e começou a usar utensílios de cozinha, equipamentos usados na fabricação de cerveja e balcões como armas de projétil contra os agentes MC&D. A polícia local começou a responder aos relatos de um tiroteio em andamento e chamou a atenção da Fundação. Três agentes MC&D foram capturados e quinze policiais locais receberam amnésicos de Classe-B.

Em ██/██/████ SCP-2253 foi classificado como uma anomalia.

Adendo: A investigação sobre o relacionamento de SCP-2253-1 com Stephen Crane tem sido contínua, devido ao fato da entidade fazer declarações incorretas ou impossíveis sobre a vida do Sr. Crane. SCP-2253-1 atribuiu isso à intoxicação e à idade, criando uma propensão ao exagero, mas outras teorias sobre pessoas que morreram na propriedade ou poderiam ser consideradas candidatas por outras razões.

  • Samson Crane - Residente de Springfield de 1765 a 1781, quando sua cabeça foi pisoteada por uma mula proxima a uma taverna. Notavelmente, várias fontes históricas primárias da época indicam que ele tinha pelo menos uma semelhança parcial com Stephen Crane, e possivelmente era um primo.
  • Samuel Chase - Signatário da Declaração da Independência. SCP-2253-1 alegou ser um juiz no passado, frequentemente quando os proprietários de SCP-2253 estavam discutindo procedimentos legais e impostos. SCP-2253-1 identificou-se como "Sam" e "Sammy" em várias ocasiões.
  • Desconhecido - Obituários de 1915 indicam que um jovem que frequentou a faculdade na área bateu a cabeça em uma fonte de concreto e foi morto em uma festa de fantasia que estava ocorrendo na área. Notavelmente, a festa foi aparentemente organizada por uma sociedade histórica local.
Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License