SCP-2290

avaliação: +2+x

Item nº: SCP-2290

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Uma área de aproximadamente 1km² ao redor da área de efeito primária de SCP-2290 deve ser isolada de tráfego desnecessário. Se um indivíduo testemunhar qualquer comportamento anômalo ou conflitos físicos entre instâncias SCP-2290-1, o mesmo deve ser restringido de sair da área de efeito de SCP-2290 até o evento de reinício 0500.

Indivíduos que entram na área de efeito de SCP-2290 em um intervalo regular e saem antes do reinício 0500 não devem acumular conhecimento da existência de SCP-2290. Amnésticos Classe B são aprovados para uso com o objetivo de eliminar tais conhecimentos.

Ligações de telefone originadas da residência de SCP-2290 para serviços de emergência devem ser redirecionadas para linhas de telefone seguras da Fundação. Em nenhuma circunstância funcionários da Fundação ativos devem ser permitidos na área de efeito de SCP-2290 entre 0300 e 0500 do horário local. Todo o monitoramento de instâncias de SCP-2290-1 durante esse período de tempo deve ser feito utilizando indivíduos locais ou drones autômatos.

Descrição: SCP-2290 é um efeito que está centrado ao redor de uma casa em Stockbridge, Massachusetts que é ocupada por uma família de três elementos (identificados como instâncias SCP-2290-1). As 0500 do horário local, as instâncias de SCP-2290-1 serão imediatamente realocadas para essa casa independente da sua localização atual. Adicionalmente, ferimentos infligidos a qualquer das instâncias serão imediatamente curados (incluindo morte).

Qualquer indivíduo que estiver em uma área aproximada de 1 km² ao redor da residência primária de SCP-2290 irá, as 0500, perder todas as memórias a respeito das instâncias SCP-2290-1 além do conhecimento basal. O conhecimento basal sobre as instâncias SCP-2290-1 são as seguintes informações:

  • É uma família de três indivíduos vivendo em Stockbridge, Massachusetts.
  • Esses indivíduos são Jonathan Jenkins (SCP-2290-1-A), Sophie Jenkins (SCP-2290-1-B), e Josie Jenkins (SCP-2290-1-C).
  • Esses indivíduos viveram 3 anos no seu endereço atual.
  • SCP-2290-1-A tem 43 anos e está empregado como pedreiro em uma companhia de construção.
  • SCP-2290-1-B tem 36 anos e é uma mãe do lar.
  • SCP-2290-1-C tem 9 anos e é um estudante em uma escola primária local.

Apesar da anomalia estar contida há 15 anos, as instâncias de SCP-2290-1 invariavelmente aparentam ter uma idade consistente com esses detalhes. Acredita-se que isso é devido ao evento de reinício.

As propriedades anômalas de SCP-2290 foram inicialmente documentadas durante um incidente envolvendo os Serviços de Proteção de Crianças que resultou na remoção de SCP-2290-1-C da residência. Na manhã seguinte, SCP-2290-1-C já não se encontrava na casa de proteção em que havia sido colocado. Os Serviços de Proteção de Crianças removeram a criança mais três vezes até que um agente da UIU implantado no SPC trouxe a situação para a atenção da Fundação.

Uma falha nos atuais procedimentos de contenção ocorreu em 15 de novembro de 2005. A polícia foi contata por um vizinho sobre um evento de abuso originado de SCP-2290-1-A. A polícia entrou na casa e SCP-2290-1-C foi retirado das premissas. A entrevista seguinte com funcionários da Fundação aconteceram antes do evento de reinício subsequente.

Data e Hora: 5 de Novembro, 2005 às 19:04

Entrevistador: Agente Melissa Malcolm

Sujeito: SCP-2290-1-C

Localização: Um sítio adjunto da Fundação previamente estabelecido fora da área de efeito de SCP-2290.

Transcrito:

Agente Malcolm: Olá, pequenina. Eu sou o Agente Malcolm.

SCP-2290-1-C não responde. Agente Malcolm produz um boneco de um elefante de pelúcia e coloca na mesa de frente para SCP-2290-1-C.

Agente Malcolm: Ele não pode machucar você aqui. Eu prometo.

SCP-2290-1-C pega o boneco e o segura pelo restante da entrevista.

SCP-2290-1-C: Sim, ele pode.

Agent Malcolm: Por que você diz isso?

SCP-2290-1-C pausa por vários segundos.

SCP-2290-1-C: Ele não quer que eu fale com você.

Agente Malcolm: Eu te prometo, eu estou aqui para ajudar.

SCP-2290-1-C: Você vai fazer eu esquecer?

Agente Malcolm: O que você quer dizer?

SCP-2290-1-C: Eu acho que eu escrevi uma nota pra mim mesma. Dizia que eu vou esquecer o que ele fez quando o amanhã chegar.

Agente Malcolm: Josie, o que mais a nota dizia?

SCP-2290-1-C: Dizia que era pra eu brincar com a mamãe o dia todo até ele chegar em casa.

Agente Malcolm: Nós estamos trabalhando duro para tirar você e sua mãe de lá, Josie.

SCP-2290-1-C: A nota disse que você esqueceria também.
Agente Malcolm: Eu prometo que eu não vou, Josie.

SCP-2290-1-C: Eu não me importo. Eu quero esquecer. Eu só estou feliz que nós dois podemos acordar felizes.

Agente Malcolm concluiu a entrevista nesse ponto. SCP-2290-1-C foi administrado com um sedativo e dormiu até o evento de reinício 0500.

O boneco dado para SCP-2290-1-C pelo Agente Malcolm desapareceu com a instância na manhã seguinte. Monitoramento atual concluiu que o boneco está na posse da instância SCP-2290-1-C e persiste aos reinícios.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License