SCP-2519
avaliação: 0+x
HNaJSfz.png

Exemplo de SCP-2519-1 criado no Teste 2519-24, com as letras tendo sido descobertas (na análise pós-teste) como tendo sido geradas pela Alexandra.aic

Item nº: SCP-2519

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: Uma instância de SCP-2519 deve ser armazenada em um flash drive em um armário padrão de itens eletrônicos no Sítio-15. Força Tarefa Móvel Kappa-10 ("Skynet") deve estabelecer programas rastreadores de rede para detectar o compartilhamento de arquivos de SCP-2519 e deve investigar evidências de infecção por SCP-2519 de inteligências artificiais conhecidas.

Testes adicionais de SCP-2519 estão sujeitos a permissão do Diretor do Sítio-15 e devem ser conduzidos em uma sala de testes à prova de som, hermética e protegida por Faraday.

Descrição: SCP-2519 é um arquivo digital de áudio chamado "Babylon.mp3", que codifica a obra composta por três partes "By the waters of Babylon", baseada na música escrita por Philip Hayes (1738-1797) e definida no texto do Salmo 137. Análise do áudio indica que a música gravada é tocada por uma pequena caixa de música de cilindro.

Aparelhos eletrônicos usados para reproduzir o arquivo, ou sistemas mecânicos expostos à reprodução do áudio do arquivo estão sujeitos a um ou mais dos seguintes efeitos:

  • redução na velocidade e eficiência de operação
  • vazamento de óleo e outros fluidos
  • cessamento de funcionamento

Estes efeitos continuam ao longo da duração da exposição e são conhecidos por se repetirem em intervalos posteriores. SCP-2519 não foi observado tendo qualquer efeito sobre organismos vivos.

SCP-2519 apresenta os seguintes efeitos adicionais onde as capacidades do dispositivo exposto permitam:

  • duplicação e distribuição automática de SCP-2519 para outros dispositivos em qualquer rede disponível
  • geração de dados adicionais que compreendem novas linhas de música (designadas como SCP-2519-1) com harmonias baseadas na obra original; estas são adicionadas ao arquivo de SCP-2519

Enquanto esses efeitos são típicos para certos tipos de malware, o arquivo de SCP-2519 não contem dados ou código que produziriam esses resultados.

A existência de SCP-2519 foi descoberta através do monitoramento de comunicações da dark net pela Fundação sobre um vírus codificado em um arquivo MP3 que, caso contrário, seria totalmente normal. Seguindo o isolamento do arquivo original, 6,997 instâncias adicionais de SCP-2519-1 foram também identificadas e contidas. Registros de teste selecionados estão abaixo.

Teste SCP-2519-09 - 14/11/2016

Cobaia: Computador de testes isolado padrão da Fundação, equipado com alto-falantes.

Procedimento: SCP-2519 foi carregado no computador de testes e reproduzido no volume mais alto.

Resultados: Primeiro teste envolvendo a reprodução do áudio de SCP-2519. Perda de 30% da velocidade de processamento no computador de testes, consistente com testes anteriores. Câmera de monitoramento na câmara de testes parou de gravar durante o experimento, com funcionamento retornando espontaneamente na conclusão do teste. Repetição do teste providenciou evidencias de que exposição ao áudio de SCP-2519 tenha sido a causa da perda de função da câmera.

Teste SCP-2519-12 - 17/11/2016

Cobaia: Motor a gasolina de 1.3L de quatro cilindros.

Procedimento: O motor foi iniciado e então exposto ao áudio de SCP-2519 reproduzido do computador de testes.

Resultados: Computador de testes e a câmera apresentaram reduções esperadas na funcionalidade. Após 45 segundos de exposição a SCP-2519. o motor parou e não ligou novamente. Inesperadamente, o tanque do motor começou a vazar, com a perda de aproximadamente três litros de óleo. O óleo vazado formou padrões no chão da câmara de testes, que foram fotografados para análise.


Após a aprovação do Diretor de Sítio, SCP-2519 foi liberado para testes cruzados com inteligências de máquinas de classe Segura.





Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License