SCP-2574
avaliação: +1+x

Item nº: SCP-2574

Classe do Objeto: Keter

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-2574 está atualmente fora de contenção, assim como os meios físicos de contenção praticados pela Fundação também se mostraram incapazes de interferir no progresso de SCP-2574. O uso de amnésticos em grande-escala está atualmente autorizado para combater os efeitos de SCP-2574. O conhecimento de SCP-2574 se espalhou ao ponto do tramamento com amnésticos em grande-escala ser insuficiente, e as áreas que são muito povoadas previstas para as manifestações de SCP-2574 ocorrerem deverão ser evacuadas pelo menos uma semana antes que SCP-2574 chegue na referida área. A Fundação está atualmente colaborando com os governos afetados para reparar os danos causados por SCP-2574 e evitar a violência direta e indiretamente relacionada a ele. Os governos devem ser desencorajados a legalizar ataques militares a SCP-2574, já que qualquer ataque ao SCP-2574 invariavelmente será mais prejudicial para militares e civis do que para o próprio SCP-2574.

A Coalizão Oculta Global e a Fundação concordaram em colaborar com o único propósito de construir uma medida memética de grande-escala que contrabalançaria os efeitos de SCP-2574 no estado psicológico global, que não pode ser replicado por nenhum dos dois grupos para evitar a possibilidade de uma grande guerra memética. O Protocolo LAST FALCONER (ÚLTIMO FALCOEIRO) resultante foi colocado em prática como uma medida preventiva para lidar com a agitação política em massa, e lidar com as tendências anárquicas geradas quando SCP-2574 chegar ao seu destino.

Descrição: SCP-2574 é uma grande criatura leonina com 12 metros de altura composta por arenito e um suave tecido muscular1. SCP-2574 sempre é cercado por uma grande quantidade de aves de rapina2. Essas aves que cercam SCP-2574, designados como instâncias de SCP-2574-1, são aparentemente focadas em atacar SCP-2574, e não responderão a nenhum outro estímulo. SCP-2574 é capaz de regeneração rápida, podendo se recuperar constantemente do dano causado pelas instâncias de SCP-2574-1.

SCP-2574 é capaz de locomoção a uma taxa de 3-5 km por dia, e estará se movendo de forma constante para a sua localização de destino. SCP-2574 mostrou ser persistente a vários obstáculos, seja o obstáculo feito pelo homem ou de ocorrência natural. SCP-2574 consegue nadar a uma taxa de 2-3 km por dia e poderá destruir obstáculos terrestres ou passar por cima deles. Atualmente, SCP-25743 é estimado de ter causado 25,3 milhões de dólares em danos, mais de 112 casualidades, e 625 indivíduos gravemente feridos. É atualmente teorizado que o destino de SCP-2574 seja a cidade de Sarajevo.4 Os efeitos de SCP-2574 começaram a se manifestar em 24 de Dezembro de 2012, e SCP-2574 permanece ativo até hoje.

SCP-2574 parece ter uma grande variedade de efeitos anômalos. SCP-2574 afeta fisicamente sua localização atual, transformando-a temporariamente em um fac-símile de uma zona de combate da Primeira Guerra Mundial. Materializações de ataques aéreos, produtos químicos anormais, áreas de instalações militares feitas pelo homem e uma variedade de armas foram observadas na presença de SCP-2574. SCP-2574 também causará a geração de anomalias temporais, produzindo alucinações historicamente precisas de combate durante a Primeira Guerra Mundial e a Guerra da Independência Irlandesa, e causando manifestações temporárias e/ou permanentes em quaisquer indivíduos envolvidos no conflito.

Além do mais, SCP-2574 tem um efeito global nas atitudes sociopolíticas, embora o efeito seja mais pronunciado nos países envolvidos na Primeira Guerra Mundial ou na Guerra da Independência Irlandesa. SCP-2574 provoca um aumento mensurável da agitação civil, descontentamento civil, brutalidade policial e decisões de política extremamente belicosas. A efetividade desses padrões é inversamente proporcional à distância de SCP-2574 de sua localização de destino.5

Localização de SCP-2574 Distância do Sarajevo Efeito Anômalo Data
Leste de Astana6 5013 km Trabalhos publicados em Russo e Cazaque começam aleatoriamente a incluir trechos do trabalho do poeta Irlandês William Butler Yeats. O comprimento destas manifestações varia desde uma frase para poemas inteiros. Os trabalhos parecem ser afetados independentemente do autor ou gênero do trabalho. 3 de Fevereiro de 20██
Rússia 3006 km Nas áreas rurais de toda a Europa, várias nuvens de gás se manifestam ao nascer do sol e não podem ser dispersadas pelos próximos 2-4 dias. 21 de Março de 20██
Rússia 2759 km Aves de rapina começam a migrar em direção à 2574 para se juntarem ás instâncias de 2574-1. A Rússia inicia uma série de ataques aéreos, causando tensões com os países vizinhos quando vaza a informação de que a Rússia planeja tentar um ataque nuclear. 1 de Junho de 20██
Rússia 2016 km Várias instâncias de papoulas começam a crescer em grande número em locais onde normalmente não são encontradas, especialmente em áreas urbanas. Cultos religiosos centralizados em SCP-2574 começam a surgir. 30 de Dezembro de 20██
Ucrânia 1752 km Descendentes de veteranos da Primeira Guerra Mundial começam a ter alucinações correspondentes à experiência de seus ancestrais durante a guerra. 19 de Fevereiro 20██
Ucrânia 1657 km A formação de plantas e rochas começa a formar espirais cónicas, independentemente das condições ambientais ou padrões normais de crescimento. Os suicídios em massa tornam-se uma ocorrência quase mensal. 4 de Maio de 20██
Romênia 1404 km Bombardeios aéreos começam a ocorrer em campos rurais abandonados em áreas rurais da Europa Central e Oriental. Os civis relatam ter visto as aeronaves derrubando os explosivos, mas nenhuma aeronave é detectada em imagens de vigilância ou radar durante os eventos. A prevalência da guerra aérea muda de um simples aspecto para um dos principais aspectos do combate durante a Primeira Guerra Mundial. 28 de Julho de 20██
Romênia 1228 km As taxas de violência de policias civis aumentam em 50% e 75% na Irlanda. Catorze casos de incêndio ocorrem nas cidades Irlandesas de Cork, Dublin e Belfast. Paralisações do governo ocorrem na França, Grã-Bretanha e Itália, levando a grandes distúrbios generalizados. 12 de Setembro de 20██
Hungria 1111 km Partidos que defendem os sentimentos anarquistas começam a aumentar exponencialmente na popularidade em pesquisas. 24 de Outubro de 20██
Hungria 981 km Tentativas de assassinato contra políticos aumentam em frequência à 60%. 10 de Dezembro de 20██
Hungria 875 km Os discursos políticos televisionados começam com vários trechos de discursos proferidos por líderes políticos durante os anos 1910. Os EUA se recusam a enviar ajuda à ONU para ajudar países europeus e se retiram da ONU pouco tempo depois. 7 de Janeiro de 20██
Hungria 756 km Países com relações hostis estão enfrentando vários conflitos em fronteiras com uma frequência média de uma altercação a cada duas semanas. 4 de Abril de 20██
Hungria 558 km O surgimento anômalo de pacientes com identificação igual à dos soldados da Primeira Guerra Mundial. Estes pacientes são trazidos para hospitais com grandes ferimentos que eram comuns na guerra da referida época. Os pacientes morrem universalmente durante a cirurgia e seus corpos desaparecem quando não estão mais sob observação. 14 de Junho de 20██
Sérvia 285 km O conflito Irlandês-Inglês começa a se tornar mais violento, surgindo um aumento do nacionalismo da Irlanda do Norte. O Secretário de Estado está no processo de propor uma pesquisa para a criação de fronteiras. 22 de Agosto de 20██
Bósnia e Herzegovina 108 km Ocorrências de indivíduos tendo sonhos com SCP-2574 tornam-se mais frequentes. A maioria dos indivíduos afetados no local relataram que SCP-2574 estava tentando se comunicar de alguma maneira com eles durante o sono. Vários sites de Internet foram criados para documentar SCP-2574 aparecendo em sonhos. 30 de Setembro de 20██

SCP-2574 foi descoberto em Belém, Israel, depois que vários vídeos de uma grande esfinge apareceram no noticiário israelense. SCP-2574 ignorou todas as tentativas de contato com agentes da Fundação, COG e Mão da Serpente, e causou a destruição de um caminhão armado do COG que tentou provocar uma resposta bloqueando seu caminho.

Uma gravação de SCP-2574 encontrada no YouTube em Debrecen, Hungria, de 12 de Setembro de 20██:

<INICIO DO REGISTRO>

00:00 A gravação começa com a Grande Igreja Reformada de Debrecen, uma atração turística popular.

00:17 SCP-2574 aparece em um quadro do vídeo. As pessoas no local começam a fugir.

00:20 SCP-2574 corre em direção a igreja, não mostrando nenhum sinal de desaceleração quando se aproxima da igreja.

00:25 Ao chegar na igreja, SCP-2574 continua se movimentando, vendo que a igreja estava bloqueando seu caminho, SCP-2574 causa a destruição da igreja. A torre esquerda da igreja permanece intacta, porem sem equilíbrio e acaba caindo diretamente sobre a cabeça de SCP-2574, o corpo de SCP-2574 não apresenta sinais de dano e ele permanece ativo.

00:31 SCP-2574 continua com o seu caminho e some do quadro da gravação.

<FIM DO REGISTRO>

  • Primeira menção de mídia conhecida de SCP-2574, da rede internacional de mídia ███ em 9 de Fevereiro de 20██
    • O que uma vez foi considerado uma lenda agora é considerado muito, muito real, com múltiplos avistamentos verificados…
  • O caso civil de uma ocorrência da anomalia gerada por SCP-2574 - Zholymbet, Cazaquistão, 9 de Fevereiro de 20██
    • A primeira bomba caiu a cerca de sessenta metros de distância. As aeronaves de bombardeio eram pequenas e estavam voando baixo. O segundo atingiu algumas das minhas ovelhas. Deus, o jeito que elas gritaram. As bombas assoviavam enquanto caiam, além de ter estilhaços por todos os lados - pareciam ser umas coisas bem velhas, de uma época antiga, tudo era bem pesado também. Eu estava levando o meu filho para dentro quando a terceira bomba caiu. E eu olhei para cima e vi no horizonte. Era uma grande silhueta, aquilo era imenso. Apenas andou e continuou. As bombas caíam ao seu redor - a explosão de uma das bombas começou até a queimar a sua pele - mas ele continuou em movimento. Aquela coisa não era rápida. Apenas continuou andando. Parecia uma criatura autômata. Ela nem se virou para olhar, apenas olhou e continuou em frente. A criatura tinha olhos mortos. Sem expressão.
  • Um trecho da transcrição de negociações políticas vazadas recentemente - 14 de Abril de 20██
    • Líderes Austríacos e Húngaros estão em negociações há algum tempo, mas hoje recebemos a notícia de uma aliança militar com a intenção de ocupar certas nações dos Bálcãs e do Leste Europeu, incluindo Sérvia, Ucrânia e Bielorrússia… Não há nenhuma palavra sobre se a própria Rússia é um alvo… Rumores do envolvimento Alemão não estão confirmados, mas as recentes mortes de civis em Nice podem dar a eles um inimigo comum na França…
  • A comunicação entre os Representativos do COG e da Fundação - 26 de Julho de 20██
    • Estou propondo um sistema que permite que nenhum dos grupos recrie a fórmula por conta própria - não podemos permitir que disputas mesquinhas deixem que essa anomalia cause uma grande destruição. Essa coisa - está nos levando de volta para outra Guerra Mundial - de volta às condições que fizeram com que o poema fosse escrito em primeiro lugar. Yeats acreditava que a história era cíclica. Se isso for verdade, não há nada que possamos fazer para impedir que a criatura chegue até Sarajevo. Só podemos nos preparar para o que vai acontecer quando a criatura chegar lá. E a única maneira de nos protegermos é cooperando. Então, espero que vocês pelo menos pensem nisso.
  • Trecho de uma carta da Fundação ao Chanceler Alemão:
    • Entendemos que a situação atual em relação à essa agitação civil dentro de sua nação tornou-se insustentável. Recentemente, nós obtivemos alguns tratamentos em grande escala que agirão como um agente conciliatório em massa que reduzirá as tensões e permitirá que alguma manifestação de ordem seja restaurada. Não podemos garantir mais de três meses de fornecimento, por isso eu digo que vocês usam isso com inteligencia. A dosagem parcial durante longos períodos de tempo é altamente recomendada.
  • Trecho de um discurso dado pelo Presidente da Federação Russa antes de um ataque com drones contra SCP-2574 resultar numa falha:
    • A criatura que vimos é um enigma. Nós não temos nenhuma concepção de seus objetivos, seus pensamentos, suas intenções. Nós não sabemos se a criatura pensa. Não sabemos se a criatura sente, ou odeia, ou se quer algo. Mas se ela colocar em perigo a vida de um único cidadão Russo, nós a confrontaremos com força.
  • Uma postagem realizada num fórum de um site dedicado a registrar sonhos com SCP-2574:
    • eu vi a criatura de novo. bem, eu vi ele novamente. foi ele, o poeta… a criatura era o poeta, se isso faz sentido. ele está preso, ele estava implorando para ser libertado. ele estava soluçando, e suas lágrimas pareciam ter queimado seu rosto, e aquilo também queimou o meu rosto. ele chamou vários pássaros para ele, eu acho, mas ele continuou se movendo. ele me disse que essa era sua punição. este ciclo. ele queria parar de se mexer. mas ele não podia. ele nunca, nunca pôde. e então ele me esmagou, com aquela pata gigante, e ele chorou por mim. e foi aí que acordei.
  • Trecho do sermão de uma das muitas organizações religiosas criadas na sequência dos encontros de SCP-2574 com o público:
    • Venha até nós e aceite a sua salvação! Descubra as palavras do profeta Yeats, que falou a verdade sagrada de que toda a história é uma espiral, e que nós estamos indo em direção à espiral do caos! Aprenda a verdadeira natureza da Segunda Vinda! Ensinaremos o ciclo do tempo e o caminho para o eterno arrebatamento em meio aos pecados do sofrimento! Não à degeneração! Evite seus pensamentos sobre o futuro! Sabemos que somos todos como marés em um oceano, nunca em frente, nunca verdadeiramente para trás! Aceite o seu ciclo crescente!

Documentação Histórica

  • Trecho do do testemunho de Gavrilo Princip
    • Você está vendo? O ciclo? A espiral? A criatura está apertando, apertando, apertando a gente por tanto tempo. Nos sufocando. Nos restringindo. Somos limitados por suas maquinações, tornados imóveis por seus vínculos intermináveis. Toda a vida está lutando contra isso, esforçando-se para ser livre. A espiral deve mover-se para fora, para o caos, para a vida, para a liberdade! Ele era o ápice, e no minuto em que coloquei a bala na cabeça dele, libertei-nos. E agora podemos fugir para fora, para o calor primitivo, e vagar e ser livres novamente. Eu salvei a gente. Eu libertei a gente.
  • Trechos de anotações manuscritas feitas por Yeats em seu diário nos dias anteriores à sua morte:7
    • 23 de Dezembro de 1938
      • Eu não suporto mais estes puxões. Não é apenas a minha mente, não mais - é a minha própria carne, querendo ser livre, afastando-se dos meus ossos. Eu acordo na noite e me vejo voltado para aquele lugar sagrado. Há uma peregrinação a ser feita. Mas o que vou encontrar no final disso? Onde isso vai me levar? Toda manhã eu acordo com as bombas assoviando aos meus arredores? A guerra ainda está em andamento? Acho que pra sempre. Vi em jornais, no rádio, os incêndios em vários campos rurais. Eles me dizem que isso ocorreu em 1938. Eles estão mentindo. Isso aconteceu em 1918. Sempre foi 1918. Eu não posso fazer isso por muito mais tempo. Eu me segurei pelo tempo que pude, você sabe que eu fiz. Mas eles me criaram, as multidões, em toda a sua loucura e ganância, eles me pegaram e me moldaram como barro. Me esculpiram como pedra. Eles não sabem o que fizeram. O mundo do espírito e da alma corre através de mim e deseja liberdade. Eu estendendo as minhas garras. O povo abusou dos outros e da terra por muito tempo, eu não vou permitir isso. Eu vejo os desastres do passado e as tragédias do futuro e o monstro que eles criam. Em breve, eu estarei entre eles.
    • 2 de Janeiro de 1939
      • Belém, Belém, Belém. Eu devo nos levar ao nosso fim. Eu não posso fazer isso. Eu não posso, não posso, não posso. Mas eu ando em espirais quando não estou pensando, e sinto o cheiro do gás de mostarda onde quer que eu vá, e a pele das minhas costas se torna cada vez mais pedregosa, e temo o que acontecerá se eu não seguir. Eu tenho que andar na espiral. Eu devo. Por favor, por que você não pode escolher outra vassalo! Eu sou o Caos, eu sou a Morte, eu sou os gritos e as trincheiras e oh deus isso dói.
    • 28 de Janeiro de 1939
      • Eu estou aqui agora. Belém. É mais difícil escrever, andar, pensar. Eu não posso sentir qualquer parte de mim. Eu não preciso mais piscar - eu olho para o Sol sem dor ou medo. Estou com tanto medo. Eu não sou humano. Não mais. Eu gritaria quando eu me olhasse no espelho se ainda me importasse. Eu me escondo, e eu fico cada vez maior, e os falcões enxameiam em frente a minha porta. Eu estou me perdendo. Eles me farão andar na espiral. A atração ainda está lá, mas é mais fraca, e para um lugar diferente - Sarajevo. Maldito Sarajevo. Não de novo, por favor, eu imploro, não de novo. Mas primeiro preciso dormir. Dormir por décadas. Completar a maldição, mudar-me completamente. Vou virar um monstro. Só posso esperar que me tenha perdido o suficiente quando acordo para não ter consciência. Sinto muito. Eu sinto muito. Eu tenho que andar na espiral. Eu devo seguir o caminho que eles me levam. Sinto o cheiro do sangue, ouço os gritos e sempre o cheiro de gás de mostarda. Com a brutalidade deles, eles me levarão de volta. De volta a Sarajevo. Seja qual for o caos que eu faço - não é culpa minha. Eu estou fora de controle. Eu estou apenas andando na espiral. Você liberou o meu caminho, você me guiará e agora eu ando. Eu ando.

Estima-se que SCP-2574 vai chegar até a sua localização de destino em aproximadamente um mês.

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License